Relevante
Vencer o Grêmio na Vila Belmiro foi muito relevante, pois com o triunfo incontestável, por 3 a 1, o clube se classificou pela primeira vez para a final da Copa do Brasil e está a um adversário – o Vitória/BA, muito bom, por sinal – para chegar à Copa Libertadores da América de 2011. Ou seja, com o título paulista e uma vaga na final da Copa do Brasil, o Santos já garantiu o seu melhor primeiro semestre desde os anos 60.

Irrelevante
Perder para o Corinthians, no Pacaembu. Perder um clássico é normal e fora de casa, mais ainda. Porém, em uma competição de pontos corridos, na qual ainda faltam 33 rodadas, com a de hoje, a recuperação é plenamente possível.

Relevante
Manter a harmonia entre a comissão técnica e os jogadores, nem que seja preciso a intervenção da diretoria e da presidência. A importância dos jogadores é incontestável, mas não se pode esquecer que com este mesmo elenco técnicos anteriores não fizeram nem metade do que o Dorival tem feito.

Irrelevante
Bate-bocas, manifestações públicas de descontentamento, provocações, indisciplinas, esse disse-me-disse que só alimenta a ala “fofocas esportivas” da imprensa.

Relevante
Transformar a boa imagem do time em recursos financeiros duradouros, capazes de manter um elenco forte e competitivo para depois da Copa.

Irrelevante
Fechar contratos de patrocínio pontuais, apenas para uma ou outra partida.

Relevante
Ganhar a Copa do Brasil e prosseguir em busca, no segundo semestre, dos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-americana.

Irrelevante
Achar que só uma vaga na Libertadores pode satisfazer os santistas, torcedores que a história acostumou a pensar grande.

Bem, a lista deve ser grande. A minha para por aqui, mas tenho certeza de que há muito mais a acrescentar. Com a palavra, você, amigo leitor e leitora…