Como se esperava, o Santos não deixou o Vitória respirar e 2 a 0 foi pouco pelas muitas chances de gol que criou. Se jogar com a mesma determinação, ganha de novo em Salvador, ou no mínimo empata, o que já lhe dará o primeiro título da Copa do Brasil de sua história.

Nesta quinta-feira muitos dirão: o título já estaria praticamente definido se Neymar não cismasse de dar uma cavadinha no pênalti… Mas a verdade é que só houve o pênalti graças à habilidade de Neymar, que ainda fez o primeiro gol, de barriga. Crucificar o garoto é burrice. Ele aprendeu e sorte que a lição não custou tão caro.

Continuo achando que Robinho seria um atacante ainda mais perigoso se arrematasse tão bem como faz todo o resto. Por que ele não treina mais este fundamento? Mas um dos motivos pelos quais o Santos só criou tantas chances e não deu oportunidades ao Vitória é porque Robinho se movimentou demais e também ajudou na marcação.

Bem, mas para resumir, farei algo que não costumo. Analisarei cada um dos jogadores do Santos:

Rafael: Não foi exigido, mas saiu bem do gol em alguns cruzamentos.

Pará: Muito bem. Deu um belo passe para o primeiro gol. Teve outras boas oportunidades no ataque e ainda foi bem como marcador.

Bruno Aguiar: Substituiu muito bem a Edu Dracena.

Durval: Mais seguro do que nas últimas partidas. Acabou fazendo boa dupla de zaga com Bruno Aguiar.

Alex Sandro: Sua melhor partida no Santos. Marcou muito bem e também apoiou com perigo.

Arouca: Seu retorno foi importante para devolver o poder de marcação ao meio-campo do Santos.

Wesley: Rápido, onipresente, voltou a fazer grande partida.

Paulo Henrique Ganso: Desata o jogo, clareia as jogadas, vê mais do que ninguém.

Neymar: Jogou bem e poderia sair consagrado se fizesse o gol de pênalti. Deve ter aprendido que cavadinha é frescurinha e coisa de maluco. Espero que não repita nunca mais.

Robinho: Lutou demais. Errou chutes que poderiam ter resultado em mais gols, mas sua presença apavora a defesa adversária e ainda teve fôlego para ajudar na marcação. Fez linda jogada ao driblar três e servir Pará.

André: O único que não jogou bem, apesar de ter lutado e também ajudado na marcação da saída de bola do Vitória.

Marcel: Entrou no lugar de André, mas pouco ou nada fez.

Marquinhos: Substituiu Ganso, o que parecia inexplicável, mas salvou Dorival Junior com o gol de falta que deixa o Santos com 80% de chances de ser campeão da Copa.

Zé Eduardo: Deu mais movimentação ao ataque e quase marca o terceiro. Faltou calma na hora de concluir.

Dorival Junior: Substituiu André por deficiência técnica e Robinho e Ganso por cansaço. Mas tirar Ganso do jogo foi temerário, apesar de Marquinhos ter feito o gol.

Notas negativas: Essa fumaça de sinalizadores só prejudica o Santos, pois tira a visão dos jogadores e atrapalha na respiração. Por favor, torcedores, não usem mais! Jogar um copo de água no gramado também foi péssimo. Em 2004 o Santos foi punido com perdas de mandos de campo por atitudes assim Parece que já se esqueceram…

Método Científico OC para o jogo de volta, em Salvador

Se na partida de volta o Vitória jogar o máximo que pode, chegará a 90 pontos. Se o Santos jogar 65% do que pode, atingirá 91 pontos, o que deverá provocar um empate – resultado que dará o título da Copa do Brasil ao Santos.

Porém, é preciso lembrar que na única vez que jogou fora do Estado após a Copa do Mundo, o Santos foi amplamente dominado pelo Atlético Paranaense, que estava na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, e perdeu por 2 a 0, fora o baile.

Portanto, para que consiga jogar ao menos 65% do que mostrou ontem, o Santos terá de se empenhar em Salvador, onde o Vitória costuma abafar seus adversários da mesma forma que o Santos faz na Vila Belmiro.

Em Porto Alegre deu a esperada vitória do Internacional, mas por apenas 1 a 0, o que deixa o confronto mais aberto para São Paulo. O problema é que o Tricolor paulista não tem mostrado poder ofensivo e mesmo jogando no Morumbi deverá ter dificuldades para marcar. Inter é favorito para chegar à final da Libertadores, mas não tanto quanto o Santos para ser campeão da Copa do Brasil.

O que você achou dos jogos de ontem e o que acha que acontecerá quarta-feira que vem, em Salvador e em São Paulo?