Cristiano Ronaldo - mais de R$ 2,7 milhões/mês e querem que se preocupe com futebol...

A Espanha não só tem a seleção campeã do mundo, como é o país que melhor paga a seus astros. Dos cinco maiores salários de jogadores, quatro estão na Espanha. Confira os 20 maiores rendimentos mensais (em euros) da temporada 2009/2010, segundo o site www.futebolfinance.com

1 – Cristiano Ronaldo, Real Madrid CF, 1.083.000 €

2 – Zlatan Ibrahimovic, Barcelona, 1.000.000 €

3 – Lionel Messi, Barcelona, 875.000 €

4 – Samuel Eto´o, Internazionale, 875.000 €

5 – Kaká, Real Madrid, 833.000 €

6 – Emmanuel Adebayor, Manchester City, 708.000 €

7 – Karim Benzema, Real Madrid, 708.000 €

8 – Carlos Tevez, Manchester City, 666.000 €

9 – John Terry, Chelsea, 625.000 €

10 – Frank Lampard, Chelsea, 625.000 €

11 – Thierry Henry, Barcelona, 625.000 €

12 – Xavi, Barcelona, 625.000 €

13 – Ronaldinho Gaúcho, Milan, 625.000 €

14 – Steven Gerrard, Liverpool, 625.000 €

15 – Daniel Alves, Barcelona, 583.000 €

16 – Michael Ballack, Chelsea, 541.000 €

17 – Raúl Gonzalez, Real Madrid, 541.000 €

18 – Rio Ferdinand, Manchester United, 541.000 €

19 – Kolo Touré, Manchester City, 541.000 €

20 – Wayne Rooney, Manchester United, 500.000 €

20 – Robinho, Manchester City, 500.000 €

20 – Iker Casillas, Real Madrid, 500.000 €

20 – Victor Valdéz, Barcelona, 500.000 €

20 – Frederic Kanouté, Sevilha, 500.000 €

20 – Deco, Chelsea, 500.000 €

(1) Os valores apresentados são resultado de pesquisa efectuadas em mais de 30 publicações mundiais especializadas em futebol. Entre os quais, os maiores jornais e revistas online das maiores ligas mundiais.
(2) Os valores são oficiosos e aproximados, estando dependentes de novas contratações, ou renovações de cada contrato.
(3) Os valores dizem respeito aos salários brutos dos jogadores (antes de impostos), que naturalmente não incluem contratos de publicidade, prémios de jogo, prémios de assinatura, ou outros tipos de remunerações extra.
(4) Podem existir ao longo do tempo diferenças em relação aos valores apresentados, devido a variações cambiais, em relação a jogadores não auferem os seus salários em Euros.

Obs: Este post foi uma sugestão de Paulo Mayeda.