Veja todos os gols de Keirrison no Campeonato Brasileiro de 2008, em que foi o artilheiro, com 21 gols, empatado com Kléber Pereira e Borges.

Animado por voltar a trabalhar com Dorival Júnior, técnico que o projetou no Coritiba; com a possibilidade de reencontrar o futebol que o levou à artilharia do Campeonato Brasileiro de 2008, e, mais do que tudo, de conseguir uma vaga na renovada Seleção Brasileira que iniciará o trabalho para a Copa de 2014, Keirrison aceitou de bom grado trocar a Fiorentina pelo Santos, em empréstimo de um ano.

Em uma equipe que joga para a frente e ao lado de jogadores habilidosos e criativos, como Paulo Henrique Ganso e Neymar, Keirrison sairá do ostracismo a que se viu jogado na Europa para ganhsr novamente as manchetes e ter a visibilidade necessária para ser incluido nas próximas convocações da Seleção.

Na verdade, o jogador era para ter vindo para o Santos há quatro anos, antes de ir para o Coritiba. Seu representante entrou em contato com José Carlos Peres, superintendenete do Santos na capital paulista, e ofereceu o jogador pela bagatela de 100 mil reais. Consultada, a diretoria santista resolveu não apostar no garoto, que no ano seguinte já se tornaria ídolo no Paraná.

À primeira vista, porém, desta vez o Santos fez um mau negócio ao trocar André por ele. André jogava cada vez melhor e estava afinado com os companheiros, enquanto Keirrison não mostrou nada na Europa e era reserva na Fiorentina, depois de ter sido reserva no Benfica e de nem ter feito uma partida sequer pelo Barcelona, que comprou seu passe do Palmeiras por 14 milhões de euros.

Outros detalhes desfavoráveis à “troca”: Por menos dos 160 mil reais de salário que pagará para Keirrison, o clube teria mantido André, um jogador disciplinado dentro e fora do campo, ao contrário do novo contratado, que já estava ficando com fama de baladeiro em Florença.

E se o Santos recebeu quatro milhões de euros para vender o passe de André e deu 2,8 milhões para apenas contratar Keirrison por um ano, então perdeu patrimônio e só lhe sobrou 1,2 milhão de euros.

Então, em princípio não foi mesmo bom negócio trocar um pelo outro. Mas a análise não pode ser tão simples…

Algo evidente é que o Santos negociou André porque precisava de dinheiro na mão. Não só para administrar as dívidas, mas para evitar a debandada de outros jogadores, como Arouca, que caiu como uma luva no meio-campo do time. Entre Arouca e André, imagino que Dorival Junior tenha preferido perder um atacante do que seu melhor marcador, além de essencial na saída de bola da defesa para o ataque.

Carinho, esta é a receita para o novo Menino fazer sucesso na Vila

Estou convicto de que a história de Keirrison no Santos será bem diferente daquela que deixou de escrever pelos times europeus pelos quais passou e mesmo pelo Palmeiras, no qual estreou muito bem, mas foi caindo, caindo, e se tornou apenas uma sombra daquele jogador que encantou o Brasil com a camisa do Coritiba.

Não se pode esquecer que Keirrison, matogrossense do sul, de Dourados, tem apenas 21 anos (fará 22 só em 3 de dezembro), um porte físico invejável de 1,84m e 80 quilos e grande capacidade de finalização. Não é habilidoso, não sai da área para driblar ou fazer tabelas, mas conclui muito bem as jogadas – justamente o que falta a este Santos em muitas partidas.

Não é preciso ser psicólogo para detectar que o grande problema do garoto é a motivação. Sem preparo suficiente, foi jogado na Europa e passou por três equipes e três países em uma temporada. E nas três oportunidades foi rejeitado. Imagino o problema de auto-estima deste rapaz.

Quanto a festas, quem não gosta, ou não gostou, aos 21 anos? O segredo é não permitir que a diversão atrapalhe a profissão, pois aí não se tem nem uma, nem outra. Claro que tudo dependerá dele, de sua dedicação e profissionalismo, mas me arrisco a dizer que Keirrison voltará a jogar bem no Santos e marcar gols porque se sentirá em um ambiente familiar, cercado de amizade e carinho, em um clube que, historicamente, respeita, quase venera, os jovens.

Orientado pelo técnico e amigo Dorival Junior, que confia muito em seu futebol, rodeado por outros garotos bons de bola e recebido com o afeto que o torcedor santista dedica a seus ídolos, Keirrison tem tudo para ocupar, no coração do santista, o lugar deixado por André.

Bem, esta é a apenas a minha opinião. E você, acha que Keirrison se dará bem no Santos?