Paulo Consentino e um senhor que já foi titular do Santos

Fiquei extremamente feliz, ontem à noite, no lançamento da exposição “Santos, 100 anos de futebol arte”, do artista plástico Paulo Consentino. O evento, no aconchegante Shopping Pátio Iporanga, em Santos, apresentou o projeto de pintura do CT Rei Pelé, que se tornará o maior mural ao lar livre do mundo e será uma das atrações das comemorações do Centenário do Santos.

Fiquei feliz porque o Consentino, filho do doutor Ítalo, médico do clube por tantos anos, é um abnegado, um idealista, que se manteve firme lutando por seu projeto mesmo quando a nova diretoria assumiu e brecou tudo o que estava sendo feito pelo Centenário Santista.

Foi bom ver, ontem, vários diretores do Santos prestigiando o evento. A persistência do artista e seu trabalho pelo time que tanto ama venceu todas as barreiras. Enfim, as idiossincrasias políticas – ainda infelizmente normais nos clubes brasileiros – foram, mais uma vez, vencidas pelo trabalho e pela dignidade.

Parabéns também ao Shopping Pátio Iporanga, que se abriu totalmente ao evento e deu tratamento exemplar ao trabalho de Consentino e aos vídeos produzidos por esta turma muito competente da TV Santos F.C. – que, aliás, colocam a TV Santos como a mais assistida entre todas de clubes de futebol no país.

Consentino explicou que o muro do CT Rei Pelé será pintado com cerca de 300 imagens, pois alguns jogadores importantes serão repetidos. “Serão dez painéis, em ordem cronológica, mostrando todas as gerações de craques santistas, desde Urbano Caldeira, que dá nome ao estádio de Vila Belmiro, até os novos Meninos da Vila Neymar e Paulo Henrique Ganso.”

A Exposição “Santos, 100 anos de Futebol Arte” ficará aberta ao público de 6 a 24 de julho no Shopping Pátio Iporanga, na avenida Ana Costa, número 465. O evento tem os patrocínios de Porto Seguro, Rossi Residenciais, Incorporadora AMC e Shopping Pátio Iporanga, com o apoio do Santos Futebol Clube. Realização N2PP.

Fico feliz que o Paulo Consentino tenha convencido a nova diretoria do Santos da importância de seu trabalho, que já estava aprovado e encaminhado pela diretoria anterior quando foi interrompido com a eleição de Luís Álvaro. Aos poucos os novos dirigentes do clube estão aprendendo que o revanchismo político não leva a nada. Ou melhor: só prejudica o Santos.

E como o primeiro dos eventos programados para o Centenário já está sendo encaminhado, tomo a liberdade de lembrar que há muitos outros que podem ser iniciados imediatamente. Aliás, neste mesmo blog, em 14 de fevereiro, portanto há quase cinco meses, eu já listava a pintura do muro do CT como a uma das ações do Centenário que deveriam ser iniciadas imediatamente. Quem sabe agora as outras também possam ser tocadas, comoa ópera que Gilberto Mendes quer fazer nas arquibancadas da Vila Belmiro.

Quer saber tudo que estava programado para o Centenário do Santos. Vá à “Busca” no canto superior direito da home deste blog e tecle “Centenário”.