O Corinthians continua comemorando o seu Centenário e prossegue a bajulação da mídia ao alvinegro da capital em busca das migalhas do ibope. Mas há muito exagero em que tudo que se escreve e fala. Como o currículo corintiano é bem inferior ao de muitos outros, os bajuladores concentram-se, então, na força da torcida “que é uma religião” e outras baboseiras que não resistem a uma análise mais fria. E se eu provar, por exemplo, que a torcida do Santos é mais fiel?

Na verdade, não dá para dizer que torcida é mais fanática ou mais maluca. Toda torcida tem a sua cota de malucos e fanáticos. O que importa mesmo são os números, as façanhas, as provas de grandiosidade, como a do Corinthians em 1974, ao invadir o Maracanã, mas também como a do Santos em 2004, quando lotou estádios na caminhada pelo título brasileiro.

Se os corintianos são em tão maior número, por que os santistas dividiam o Morumbi com eles entre os anos 70 e 80, e por que o Santos ainda chega a levar mais público nos jogos do Pacaembu, que são a casa do Corinthians? Será que é porque a torcida do Santos, mesmo menor, é mais participativa? E se é mais participativa, ou seja, se uma porcentagem maior de santistas vai aos jogos, então ela não é mais fiel?

Na verdade, antes que eu mostre que os números comprovam a superioridade da torcida do Santos em São Paulo, eu só gostaria de lembrar que torcida fiel mesmo é a do Bahia, que continua lotando estádios e mantendo uma média de público maior do que qualquer outro time no país, apesar de o tricolor baiano estar há anos longe da Série A do Brasileiro.

Santos detém os recordes de público em São Paulo

Como prometi, vamos aos recordes de público do Santos em São Paulo. Se você não é santista e não acompanha a história do futebol, deve estar estranhando este post, pois pelo que a imprensa esportiva diz o Santos tem a quarta torcida do Estado, não é mesmo?

Pra que time você torce? O Palmeiras? Bem, se você torce para o glorioso Alviverde, fique sabendo que o jogo de maior público já disputado pelo seu Palmeiras ocorreu em 15 de outubro de 1978, no Morumbi. O Palmeiras ganhou do Santos por 2 a 0, diante de 123.318 pessoas, a maioria santistas.

Você é são-paulino? Ótimo. Pois fique sabendo que o jogo do São Paulo com maior público, em toda a história do bravo tricolor, aconteceu em 16 de novembro de 1980, no Morumbi, válido pela decisão do Campeonato Paulista daquele ano. O São Paulo venceu por 1 a 0, gol de Serginho, diante de 122.209 pessoas, a maior parte delas torcedoras do Santos.

Ah, você é torcedor da Portuguesa? Ótimo. Então já deve saber que, em toda a sua história, o jogo de maior público do qual fez parte a valente Lusa ocorreu em 23 de agosto de 1973, na decisão do Campeonato Paulista. Nada menos do que 116.156 pessoas, 90% santistas, superlotaram o Morumbi naquele dia. Eu, meu irmão Marcos, os amigos Paulinho Alemão, Plínio, Junior, estávamos naquela partida que por muitos anos foi o recorde de público em São Paulo – e olhe que o Morumbi já tinha tido decisões de título entre São Paulo e Palmeiras.

E se você é corintiano já conhece a força da torcida do Santos, pois este é o clássico de São Paulo que mais vezes atingiu um público de 100 mil pessoas ou mais. Em sete oportunidades Santos e Corinthians jogaram para um público superior a 100 mil pessoas. Corinthians e São Paulo jogaram seis vezes e Corinthians e Palmeiras, tido pela mídia como o jogo de maior rivalidade, só em quatro oportunidades ultrapassou a marca dos 100 mil.

Na lista dos 20 maiores públicos de jogos entre times brasileiros, o Santos aparece quatro vezes, mesma quantidade do Corinthians. O jogo de maior público é Flamengo 3, Santos 0, no Maracanã, pela decisão do Campeonato Brasileiro de 1983. No mesmo ano o Santos atraiu mais de 110 mil pessoas, 90 santistas, nos dois jogos que fez contra o Flamengo no Morumbi: Santos 2 114.481 em 12 de maio, quando venceu por 2 a 1, e 111.111 em 27 de fevereiro, quando também venceu, por 3 a 2. Ainda em 1983 Atlético Mineiro e Santos jogaram para 113.479 espectadores no Mineirão, em 15 de maio de 1983.

Quem já foi o mais popular, pode voltar a ser

Quando se trata de torcidas, nada é definitivo – por mais que boa parte da mídia tente fazer com que o público acredite que há reservas de mercado para determinados times. Assim como o Santos foi o de maior torcida no país no final dos anos 60, nada impede que possa voltar a ser.

A lista dos 10 maiores públicos do Torneio Rio-São Paulo, aquele que reunia os maiores times do país na era de ouro do futebol brasileiro, mostra bem como o Santos era popular e como seus jogos atraiam muito mais público do que as outras equipes, principalmente as de São Paulo. Perceba que dos 10 jogos de maior público, o Santos este presente em seis deles, enquanto Corinthians e São Paulo só aparecem em uma partida:

10 maiores públicos do Torneio Rio-São Paulo

1.Flamengo 3 x 2 Santos (132.500 espectadores) – Maracanã – 01/05/1964
2.Flamengo 1 x 1 Vasco (120.165) – Maracanã – 29/03/1958.
3.Botafogo 3 x 1 Santos (102.260) – Maracanã – 31/03/1963 (*)
(*) Jogo válido também para a Taça Brasil de 1962
4.Flamengo 1 x 7 Santos (87.868) – Maracanã – 11/03/1961
5.Vasco 3 x 1 Santos (81.421) – Maracanã – 28/02/1999 (público total: 94.500)
6.Vasco 1 x 0 Corinthians (77.881) – Maracanã – 31/05/1953
7.Vasco 2 x 1 Santos (74.155) – Maracanã – 13/04/1961
8.São Paulo 2 x 1 Botafogo (71.668) – Morumbi – 07/03/2001
9.Flamengo 2 x 2 Santos (70.729) – Maracanã – 06/02/1997
10.Botafogo 3 x 0 Vasco (69.960) – Maracanã – 27/03/1966

E você, duvida da força da torcida do Santos, ou os números provam que ela é muito maior do que parece?