Diversos Livros em Promoção na Livraria do Odir

Estádio em Cubatão é economicamente inviável

Soube que a assessoria de imprensa do Santos programa uma entrevista coletiva do presidente Luis Álvaro em que ele anunciará o projeto – com orçamento inicial de R$ 650 milhões – de se construir o novo estádio do Santos em Cubatão.

Acho que o presidente deveria ouvir mais os santistas antes de fazer este anúncio, que corre o risco de entrar no rol das frases vazias, como aquela de que o Santos venderia o espetáculo e não os artistas. Estudos sérios comprovam que investir em um estádio grande e moderno na Baixada Santista corem um risco enorme de fracassar.

Estudos de quem? Estudos da construtora que faria o estádio em Diadema, projeto dos mesmos empresários alemães que construíram o Amsterdam Arena. Antes de anunciar ao mundo a proposta, os alemães encomendaram uma minuciosa pesquisa de mercado, que chegou às seguintes conclusões:

A Grande São Paulo tem 1,5 milhão de santistas, e a Baixada tem 500 mil. Um estádio como estes só se paga com a venda antecipada de camarotes. Um pouco mais de oitenta por cento dos compradores potenciais de camarotes do estádio do Santos moram na Grande São Paulo. Portanto, um estádio na Baixada Santista corre o risco de se tornar uma obra inacabada.

E mesmo que seja concluída, qual seria sua ocupação média? O que leva a crer que terá muito mais do que os sete mil pagantes da Vila Belmiro? Sua beleza? Sua proximidade com São Paulo? Bem, a verdade é que os obstáculos que reduzem o público na Vila Belmiro poderão ser até maiores em Cubatão.

Pedágio, transporte coletivo…

Além da distância, um fator que impede maior afluxo de torcedores da Grande São Paulo à Vila Belmiro é a despesa – com combustível, alimentação e, principalmente pedágio. Em Cubatão o problema continuará a existir, com o agravante de que o torcedor de fora estará distante das opções de um centro mais urbanizado, como é Santos.

Outro fator que atrapalha as rendas do Urbano Caldeira é o menor poder aquisitivo dos santistas de Santos. Se mesmo podendo ir a pé ao estádio, muitos preferem assistir aos jogos dos botecos, por que esperar que os torcedores gastarão tempo e dinheiro com transporte para deslocar-se até Cubatão?

Cadê a pesquisa?

É inadmissível que a diretoria do Santos ainda não tenha uma idéia exata do perfil de seus torcedores. A pesquisa seria simplíssima: é só perguntar aos santistas que comparecem à Vila Belmiro em que cidade eles moram. Isso feito por uns 10 jogos e já se saberia a real estratificação dos torcedores no Urbano Caldeira.

A mesma pesquisa em jogos do Santos no Pacaembu traria informações importantes que, cruzadas, mostrariam onde é melhor para o clube e, principalmente, para a maioria de seus torcedores, construir o seu estádio permanente.

Não se pode admitir que depois de assumir o clube prometendo uma gestão moderna, científica etc etc, essa diretoria, Luis Álvaro à frente, anuncie um estádio em Cubatão apenas para aproveitar a sofreguidão da Copa. De elefantes brancos o Brasil já está cheio. O Engenhão é um exemplo. Não se pode erguer uma obra gigantesca apenas por uma questão de oportunismo, sem analisar todos os prós e contras.

O barato pode sair caro

Confesso que não sei, mas, convenhamos, que esses R$ 650 milhões sejam dados de graça para o Santos e que o clube só terá de ceder seu nome para a exploração do espaço comercial e publicitário do estádio. Parecerá a todos um negócio da China, não?

Mas, mesmo que o Santos não invista um tostão, o que acho difícil, ninguém dá R$ 650 milhões sem pedir nada em troca. Assim, o Santos terá de se comprometer a realizar um certo número de jogos no estádio, mesmo que este se transforme em um ponto micado. E aí, como ficarão as opções de se jogar na cidade de Santos e em São Paulo?

Pacaembu, hoje, é a melhor opção

Superstições à parte, o Pacaembu é, hoje, o estádio de maior rentabilidade para o Santos. E será ainda mais interessante com a construção do estádio do Corinthians em Itaquera, pois os outros três grandes clubes da capital terão os seus estádios e o Paulo Machado de Carvalho poderá receber apenas jogos do Peixe, aumentando sua identidade com o torcedor santista.

Hoje a prefeitura de São Paulo está disposta a um belo acordo para ter o Santos jogando no seu estádio municipal. O aluguel que era de 12% ao dia e 15% à noite pode cair para 6% e 7%, respectivamente. O Santos também poderá fazer ações de marketing e explorar espaços do estádio durante os jogos.

O que o torcedor quer

Até o momento em que escrevo este artigo, 960 pessoas votaram na pesquisa deste blog, que pergunta “Como você gostaria que fosse o estádio do Santos”. É uma boa amostragem, já que os votos são únicos e institutos de pesquisa já fizeram enquetes ouvindo até menos pessoas.

Somando-se os que gostariam de ver a Vila Belmiro ampliada (34%), um estádio maior e moderno em Santos (27%) e a Vila Belmiro do jeito que está (3%), temos 64% dos votantes. Portanto, a maioria quer que a casa do Santos continue sendo a cidade de Santos. Eu disse Santos, e não Itanhaén, Mongaguá, Praia Grande, Cubatão…

Porém, 16% quer um estádio maior e moderno em São Paulo, 10% prefere o estádio em Diadema e 10% gosta do rodízio entre a Vila e o Pacaembu, o que dá 36%.

Se a questão envolvesse um estádio em Cubabão, qual seria a porcentagem? É uma pergunta que deveria ser inserida no site oficial do Santos, nos boletos de cobrança, na TV e na Rádio Santos, enfim, deveria ser feita exaustivamente antes de anunciar publicamente o projeto de um estádio.

Já que não será em Santos, qual a diferença de o estádio ser em Diadema, também às margens da Imigrantes, mas bem mais perto do público consumidor do Santos, que fica na Zona Sul de São Paulo e no ABCD?

Será que, além deste público, não deveria ser feita uma pesquisa com empresários e potenciais patrocinadores? Afinal, serão eles que irão viabilizar economicamente o estádio. De que adianta lançar um balão de ensaio sem ter a certeza de que ele vingará? Por que essa precipitação?

Bem, mas esta é apenas a minha opinião. Agora quero saber a sua. Você é a favor ou contra um estádio do Santos em Cubatão?

Deixe um comentário

83 Comentários.

  1. Faltou um detalhe: geralmente são times com dívidas monumentais, que vem com história de que seria um investidor externo, com muito dinheiro prá enfiar e que o clube só leva “vantagem”. O da Ponte e do Guarani ninguem comenta mais nada, só em epoca de eleição no clube ou quando o time está mal. O Santos, pelo que falaram da dívida, também está na lama. Não sai, tenha certeza!

    E ainda há o detalhe de que nesta época de eleições surge muito político falando em estádios, shopping centers e quetais para ganhar votos. Até que ponto a prefeitura de Cubatão se engajará no projeto do estádio? Ou só cederá o terreno? Pois terreno por terro, o de Diadema é bem mais valioso e bem mais próximo de regiões mais ricas e com mais santistas.

  2. eu acho importante aumentar a capacidade da vila em caso de finais ,como aconteceu com o boca 2003 e outras que tiveram que ser fora da vila.
    reformar a vila pra tender melhor o torcedor .
    E um revezamento entre vila e pacaembu 3 vila ,1pacaembu .
    Estádio em cubatão sem comentarios .
    Olha referente a administração,agora com a saída de alguns jogadores precisa mostrar a que veio ,querendo ou não o time já tinha uma base formada em 2009.
    O Santos não contratou ninguém de nome no 2° semestre um absurdo sabendo que ia perder Wesley, André e a saída de Robinho.

    Das contratações, as que deram muito certo foram o Robinho e o Arouca. Mas as que deram errado, ou mais ou menos, foram em número bem maior. Hoje, o Maikon Leite seria titular e o Robinho, aquele que está no Avaí, brigaria pela posição. O Santos emprestrou jogadores sem ter outros melhores poara escalar.

  3. Odir, gostaria de saber sua opnião sobre um nome para técnico do Santos: JOEL SANTANA. Parece-me adequado. É experiente, disciplinador, agregador, tem um um bom currículo de títulos (nenhuma de grande expressão é verdade), tem feito ótimos trabalhos ultimamente, verdadeiramente ‘tirando leite de pedra’.

    Na verdade nem eu tenho opinião sobre isso. Gostaria de ouvir voce para formar a a minha.

    Ricardo, dar opinião sobre técnico é uma das coisas mais difíceis no futebol. Porque em um time o cara pode ir maravilhosamente bem, e em outro ser um retumbante fracasso. Por isso há técnicos que sempre voltam aos mesmos times e outros cujos nomes não podem nem ser mencionados em determinadas agremiações. Joel Santana é respeitado no Rio, mas quando foi ao Internacional deixou péssima impressão. Acho que ele amadureceu muito e hoje é bem melhor do que jamais foi. Sabe trabalahr com elencos medianos e não deve ser tão caro, o que é bom. É um nome a ser analisado, sim.

  4. Não falo de Cubatão por nascer e morar aqui, falo por constatação de fatos..

    E odir, quanto ao local, não é dentro de Cubatão meu caro, é na Marginal da Rodovia dos Imigrantes, com otimo acesso e grande visibilidade, seria um portal da baixada santista esse grande empreendimento ali..

    Mas como somos todos santistas, devemos torcer para o melhor do nosso amado clube, e o que for resolvido seja de grande valia para o glorioso SFC…

    Um abraço e aguardo novidades.

    Se ficar comprovado que o empreendimento tem grande chance de sucesso, dou a mão à palmatória. Porém, estudos recentes mostrarm que é inviável fazer um estádio dessas proporções na Baixada Santista. Abraço.

  5. Excelente, Odir.

    Como atualmente moro em BH, falo com isenção.

    Concordo totalmente com a utilização do Pacaembu, principalmente se for possível um boa desinfecção após a saída dos gambás e porcos. Seria ainda melhor se houver um arrendamento (como o do Engenhão ao Botafogo). O Pacaembu tem a melhor localização em SP, com estrutura razoável e charme incomparável.

    A Vila poderia ser modernizada.

    Então poderíamos viver um novo boom de torcedores na Capital. Virei Santista por ir ao Pacaembu ver o Rei jogar em 1973 e 1974. Tinha oito ou nove anos. Dúvido que seria Santista se naquela época o Santos só jogasse na Vila, mesmo porque meu Pai não era santista, apenas anti-corinthiano (o que já é muito bom), e me levava pra ver o Palmeiras também (e olha que naquela época o porco tinha Leão, Luis Pereira, Dudu, Ademir, Leivinha…e nós Toinzinho,…acho que foi aquele manto branco que me fez apaixonar.)

    Como podes concluir, faço parte dos 10% que votaram Vila e Pacaembu.Vc também, Odir???

    Abraço

    Eu também, Juca. Acho que a Vila é importante, por ser a raiz de tudo, mas não se pode desprezar o Pacaembu, para mim um dos estádios mais bem localizados do Brasil, com uma tradição ligada também ao Santos, pois foi ali, em meados da década de 50, que começou o grande Santos, antes mesmo da vinda de Pelé.

  6. Outra coisa: que apelidos das outras torcidas o estádio ganharia numa cidade de nome CUBATÃO? Não dá né?…
    Estádio tem q estar bem situado. Aqui em Curitiba o estádio do Pinheirão fechou, pq as torcidas dos 3 times odiavam ir pra lá, pois está num bairro afastado do centro (leva-se 15 minutos pra chegar lá). Os estádios do coxinha, paranazinho e flamenguinho da baixada são centrais.
    Se nem em Santos – sede do clube – a torcida vai à vila, que dirá em Cubatão (q nome desgraçado).
    Um colega bem lembrou que nem a torcida carioca (incluindo a do fla) gosta do Engenhão, e olha q os cariocas frequentam mais os estadios q os paulistas.
    O negócio é reformar o Pacaembu, aproximando o gramado da arquibancada, tornando-o um alçapão como é a vila, como é a bombonera. Estádios assim fazem alguma diferença.

    Você lembrou bem o estádio Pinheirão, de Curitiba, abandonado só porque ficava a 15 minutos do centro. E o caso do Engenhão é lapidar. É bonito, moderno, mas ninguém quer ir até lá assistir aos jogos. Um elefante branquíssimo e caro para o Botafogo manter.

  7. Se for pra ter um estadio novo tem que ser aqui em Santos ou no maximo aqui na baixada pois o Santos é de Santos e não se pode mudar isso. O povo do topo da serra so que é um estadio perto deles por causa do conforto que eles teriam e não pelo Santos, outro fato é que no Pacaembu tem mais renda que na Vila, pra mim isso é mentira pois com o que o clube gasta de aluguel de estadio, locomoção entre outros gastos da praticamente a mesma renda que na Vila para 7.000 pagantes. Mas em um ponto eu concordo não podemos ter um gasto gigante com este novo estadio e se for fazer mesmo a diretoria teria que fazer acordo com a prefeitura para que se melhorasse a infraestrutura ao redor do estadio. Bom esta é minha opinião e parabéns Odir você é um excelente profissional. Abraços !!!!

    Obrigado, Ricardo. Grato por sua opinião. Mas eu não acho que o “povo do topo da serra” quer um estádio mais perto por comodidade. Não posso falar pelos outros, mas eu quero um estádio onde ele possa encher quase sempre, e não só de ano em ano. Um time grande não pode jogar o tempo todo para 6, 7 mil pessoas. Costumo ir aos jogos, mas se soubesse que o Santos teria um grande público cada vez que jogasse, nem faria questão de ir mais. O importante é o Santos e não o interesse de um grupo de torcedores. Abraço.

  8. Boa tarde Odir.
    Que assunto intrigante esse hein, o Santos não é de Santos como estão comentando, o Santos é dos santistas.
    Concordo que esse time deve continuar em Santos, jogando na cidade onde nasceu e onde é mais forte e quando inspirado quase imbativel e como você mesmo disse se os torcedores da capital tem mais poder aquisitivo que desça a serra para ver nosso glorioso jogar, e não concordo em fazer do pacaembu nossa casa em sampa, ja temos casa e estamos muito bem abrigados.
    Acho que a diretoria do peixe podia fazer um aumento na vila ou um estadio em Santos mesmo e mais ainda quem sabe um convenio com a ecovias para dar descontos nos pedagios em dia de jogos do peixe, fica aqui uma idéia.
    Aproveitando o espaço, sabes me informar como anda a chacara Nicolau Moran e se ainda pertence ao Santos.
    Obrigado Odir, parabens hein.
    Obs.: Nasci em Santos e atualmente moro ABCD.

    Boa tarde, Ricardo. Grato por sua opinião.

  9. Eu acho que a conta é clara, 50% maior público/renda no pacaembu do que na vila já justifica estádio em SP.

    Se for o caso mantém o dois, por que não? Um estádio em SP para encher e faz alguns jogos em Santos na vila, afinal de contas não estão falando em demolir a Vila.

    O que não da é continuar com a vila que não pode disputar titulos importantes com a sua limitação de público e ainda colocando só 7.000 pagantes.

    Concordo

  10. publico irrisório devido a esse time capengando no campeonato…vergonha total dessa presidencia e diretoria amadora ….NÃO VOU AOS ESTÁDIOS ATÉ Q MUITOS PEREBAS ENTRO E FORA DAS 4 LINHAS VAZEM DA VILA….não adianta reclamar ao papa, ao odir cunha, ao mauro elias,….só nos restou ficarmos em casa, ouvindo o radinho ou na padaria, tomando uma bela cervejinha gelada…essa getão tá igual ao final da gestão do MT …aliás, o MT ganhou 2 brasileirão…..não sou partidário dele , mas to c saudades….

  11. Odir,

    Logicamente que voce ja escreveu o post com sua opinião formada. Mas, tenho algumas ponderações de quem vive a 3 quadras da Vila belmiro.

    Quem mora em Santos e tem que se deslocar de carro ate a Vila para assistir um jogo tem que ter muita paciencia. Estacionamento mai perto (Pot. Santista) custa R$ 20,00. Deixar o carro na rua quase sempre é prejuizo. Flanelinha (R$15,00), roubos, furtos. O entorno do estadio é tomado por usuarios de drogas, que sao vistos em cada esquina, usando drogas para entrar no estadio. Policia quase inexistente. Como disse, moro a tres quadras e minha rua fica cheia de malandros, esperando alguma oportunidade de se dar bem. Ja perdi as contas de quantos carros foram roubados em dia de jogos, inclusive o meu!

    Odir, o torcedor da Baixada Santista é apaixonado pelo time, mas nao é gado. Preferem a segurança dos barzinhos, como voce disse, pois a Vila nao tem estrutura externa para receber nenhum jogo. Prefiro ir a Imigrantes assistir um jogo com toda estrutura do que andar 3 quadras para sentar no cimento umido e tomar chuva no lombo!

    Um estadio na imigrantes, como vem sendo publicado, com a estrutura necessaria para atender os torcedores, seria otimo. O Pacaembu é muito bom, mas tambem nao poderiamos jogar finais la. Jogariamos as finais no Morumbi? Nao quero isso, quero sim uma nova casa santista, moderna, estruturada, na rodovia para atender o publico do ABC, SP, etc… Mas quem escolheu torcer pelo Santos sabe que ele é da Baixada Santista e daqui nao saira. Acho que este é o nosso grande diferencial. Talvez o unico clube gigante que nao esta e nao estara localizado em nenhuma capital do pais.

    Odir, o estadio estara localizado na rodovia dos imigrantes, Cubatao é detalhe!

    Um abraço e parabens pelo blog!

  12. Faz um estádio do Santos aqui em Curitiba, hehehe!! Aqui lota também! Sobre esse assunto, sou da seguinte opinião: o que for melhor pro Santos, pra mim “tá baum”! E o que é melhor? Pelo jeito é o que os paulistanos querem, só pode! E não pe nada pessoal, nada contra não! É que é assim e pronto! Só falta fazerem beicinho… concordo que a cidade é maior, tem mais poderio econômico e tal, mas até quando? Essa cidade está a ponto de explodir.. olha que legal, explODIR! Com todo respeito que a megacidade merece, mas daqui há alguns anos São Paulo estará hiper-ultra-mega-super habitada e aí, como fica? O povo já está saindo daí, o êxodo… sei lá… com o Santos onde e como ele estiver!

    Também apoio o que for melhor para o Santos, Sassa. Mas espero que isso seja decidido depois de muita análise e discussão, pois depois será tarde demais para voltar atrás.

  13. Não tenho dúvida que teríamos que optar sem nenhuma margem de erro, a região do ABC. Com o Rodoanel, todos os Santistas do Interior/Capital da Zona Norte, teriam mais condições de ir ao estádio devido ao acesso.
    Sendo um novo estádio em Cubatão ou Santos é se apequenar. Temos é que começar a enxergar o crescimento da nossa torcida e fazê-la crescer.

    Também acho que com o Rodoanel a região do ABC seria ideal, pois ficaria mais fácil também para os santistas do Interior.

  14. Ricardo Rodrigues

    Fui na busca do tal local sugerido pelo pessoal que está mais por dentro do assunto,no Google earth e sinceramente a não ser que a imagem esteja desatualizada me parece um local ermo,não sei não,me parece que existe carências gigantescas de infra-estrutura naquele local,inclusive com relação a segurança me preocupou,aparentemente existe um pequeno bairro ao lado,é este mesmo o local pessoal?

    Lat: 23o 55′ 24,0″ S
    Long: 46o 25′ 56.4″ W

    SDS

    Fica a questão aos amigos que frequentam o blog. Ajudem o Ricardo a definir o local exato do estádio do Santos em Cubatão. As coordenadas estão aí…

  15. Odir, por algum motivo que desconheço, meu comentário enviado hoje às 10:30 da manhã não foi publicado. Vou repeti-lo, para que você possa fazer a publicaçaõ:
    Odir,
    Permita-me lhe dizer que há alguns equívocos nas suas colocações. Não vou me estender sobre todos eles, porque são muitos.
    Mas ressalto os seguintes:
    1. em primeiro lugar, o projeto do estádio só é em ‘Cubatão” por uma questão formal de limites de municipio. Na realidade, ele estaria localizado na entrada de Santos. O Quintino privilegiou “Cubatão” pq é a cidade dele, dando a entender que seria no centro da cidade. Não é. É no pé da Imigrantes, na entrada de Santos

    2. Pesquisa: há meses o Santos vem fazendo o recenseamento dos sócios. Isso aparece diariamente no blog do clube. Portanto, o Santos sabe muito bem onde moram seus associados. Quanto à decisão estratégica de onde localizar o Estádio, vc me desculpe, mas essa pesquisa não faria o menor sentido. Seria como consultar todos os torcedores sobre cada escalação do time. É inviável e não haveria como conciliar 20.000 respostas diferentes. Para esse tipo de análise é que existem especialistas. E custo a acreditar que voce pense que nosso Presidente, especialista no mercado imobiliário, e os investidores dispostos a colocar milhões no empreendimento, não tenham feito estudos. Será ingenuidade sua pensar isso, ou de alguma forma vc estaria forçando a barra a favor da sua opinião????

    3. empreendedorismo e criação de mercado; o Caio respondeu muito bem a essa questão. O fato de torcedores não irem hoje à Vila, e nem mesmo ao Pacaembu, como já aconteceu diversas vezes, não é um parâmetro para a definição de um novo estádio. Mudanças trazem mudanças. O novo estádio será uma nova situação. Trará novos desejos e novas disposições. Se não fosse assim, nenhum produto novo seria lançado no mercado, pois não haveria ainda o “hábito” de consumí-lo….

    4. “Algo a ser imposto de cima para baixo”????? O Presidente foi eleito legitimamente para adminsitrar o Santos. As decisões dele estão respaldadas pelos votos, e não são, portanto, impostas de cima para baixo. Se as decisões tivesem que ser coletivas, todas, não haveria tempo para tanta Assembléia… Você sabe me dizer de algum time que tenha consultado todos os sócios torcedores para fazer ou reformar seus estádios?

    Saudações,
    Silvia

    Silvia, em primeiro lugar, agradeço-lhe por suas explicações. Em segundo, peço desculpas por seu comentário não ter sido liberado. Por algum problema o word press não me alertou que ele estava pendente, pois costumo liberar todos, com raríssimas exceções. Mas ei-lo aqui. Quanto às explicações que você nos traz, entendo todas elas. Não sou radicalmente contra a nenhum de seus argumentos, mas pondero que: qualquer investimento de vulto exige uma pesquisa de mercado antes e não se baseia só na opinião de especialistas. E se formos nos basear em opiniões, claro que respeito a do Luis Álvaro, mas tenho de respeitar também a dos empresários alemães, que conhecem mais de construção de estádios do que qualquer um no Braisl, pois trazem no seu currículo a construção de outras grandes e modernas praças de esporte, como o belo Amsterdan Arena. Outra coisa: a consulta pode dar ao sócio e torcedor algumas opções – Cubatão, Santos, Diadema, Grande São Paulo – e ele escolheria a melhor. Sei que o Luis Álvaro é o presidente, mas não acho justo um presidente que só tem pouco mais de um ano de mandato decidiu sozinho por uma obra que comprometerá as finanças do clube por anos a fio. É minha maneira de ver as coisas. Mais do que do presidente ou de quem quer que seja, o clube é de sua massa de torcedores, é ela que lotará o estádio, que “comprará o produto”.
    É claro que a Baixada Santista poderá crescer, e muito, com o pré-sal e com outros investimentos. Digo-lhe, de todo o coração, que sou um dos que mais torce por isso. Se ficar provado que o crescimento da Baixada fará o mercado suportar um estádio para 40, 50 mil pessoas, serei o primeiro a levantar esta bandeira. No momento, porém, a realidade é outra. A ampliação da Vila ou um estádio em Diadema, ou simplesmente uma maior utilização do Pacaembu são garantias de públicos maiores do que o estádio em Cubatão. Porém, se você tem as informações e quiser enviar um estudo mais detalhado justificando a obra em Cubatão, fique à vontade. Ao invés de ser publicado como comentário, ele será um artigo na home do blog e dará aos santistas a oportunidade de analisar melhor o projeto. Abraço.

  16. Melhor comentario nº 20 do Caio , gente pelo AMOR de Deus , vamos pensar GRANDEEEE , o Santos planeja ter ate 2012 ,100 mil socios , e para isso vai planejar ter um belo Estadio de facil acesso, imaginem , a venda antecipada de 30 mil carnes para os jogos do anos todo, pensem positivo, Eu sou de Santo Andre, nao me importo de ir ate a Vila assistir o meu Peixe, ou melhor eu acho ate mais facil e rapido do que ir no Pacaembu , o que precisamos e aumentar o numero de Santistas socios que possam contribuir com o clube, muitos gostariam mais nao tem condicoes, porem MUITOS tem condicoes mais gostam de apenas Cornetar, COM O SANTOS AONDE E COMO ELE ESTIVER.

    abs

    Bem lembrado Alexandre. Sem ume stádio maior não dará para ter tantos sócios, pois só uma pequena parte conseguirá assistir aos jogos.

  17. Pô……Cubatão é brincadeira, ninguém sai as ruas depois que escurece pois o perigo de assalto é constante, seria uma festa pra bandidagem que lá tem, qualquer lugar menos lá e continental de São Vicente.

    Não sabia que a criminalidade lá era tão alta. mais um motivo para afastar o torcedor.

  18. CLAYTON SILVESTRE

    Odir, sou santista , morador da cid. dutra(você conhece)e como é fácil ir ao pacaembu. Peguei o trem na estaÇão jd. primavera e levei 25min para chegar a est. hebraica/rebouças ,peguei um onibus com meu bilhete único e desci perto do cem. consolação,em 45 min cheguei ao pacaembu e assisti santos e goiás,2,70 da conduçâo,10,00 ingresso tobogã e mais um churrasquinho2,50 e curti meu jogo2a 0 pro peixe.Esta histórinha simples relata o quanto é importante o santos mandar os seus jogos no pacaembu, com o término das obras do metrô ficaramais fácil ainda ir ao pacaembu, entâo como eu votei pacaembu e vila reformada para 30.000 pessoas e fechou a questâo.

    Que delícia, hein, Clayton. E esse trenzinho é muito bom, tem até ar condicionado. Realmente, a estrutura de transporte para o Pacaembu já está pronta. Também acho que Vila reformada e Pacaembu suprem as necessidades de estádio do Santos.

  19. Nem cubatão, Nem Diadema, Nem São Paulo, Nem Santos já temos a vila, Vamos construir um estádio no mar!! fazer uma ilha ou até talvez o emissário!!
    Odir digo isso, que parece um absurdo por que acho que a idéia de ter um estádio, ou como o Ademir noticiou um super time de futsal, vai acabar nos tirando o foco do que importa que é o mundial 2011!

    Também acho. Prioridade é ter um time forte em 2011.

    • Não sei o absurdo em colocaro mar como local de um novo estádio. O Japão constrói aeroportos no mar.

      Mas uma coisa vc tem razão, o prioridade tem que ser elenco, não só para este mundial mas para manter a média de títulos dos últimos anos.

      Em um clube de futebol o maior patrimônio são os troféus conquistados na sua história.

  20. (66. luiz cláudio), Odir, acreditava na sua seriedade a respeito deste assunto, mas é um absurdo você endossar os comentários esdrúluxos deste cidadão !! Quer dizer que Cubatão virou Rio de Janeiro em crime??? Diadema ou o próprio Pacaembu deve ser uma Suíça em questão de segurança!!

    Josué, todos as condições devem ser avaliadas. Confio nas informações que meus leitores passam. Um erro não justifica o outro. Sabe-se que no Rio a falta de segurança, principalmente em jogos noturnos, atrapalha, sim, a frequência ao Maracanã e ao Engenhão. No Morumbi esta questão também é complicada. No Pacaembu o maior problema são os flanelinhas. De qualquer forma, este é um fórum de livre debate. Se você tem dados que comprovam a inveracidade de um comentário, por favor, fique à vontade para expô-los.

  21. Parabens pelo blog, um assunto dificil com opiniões divergentes, bom sou da capital e entendo que deva ter jogos aqui ( menoria ), melhorar e ampliar a Vila ou construção de uma nova arena em Santos com parceria com prefeitura e empresarios de Santos, tomara que nosso presidente que entende deste ramo imobiliario consiga algo de concreto. Entendo que para a cidade de santos o clube com uma estrutura melho para os jogos, atrairia turistas. Um plano simples daria um desconto maior aos sócios de outras cidades nos dias de jogos, qdo jogos na capital a mesma regra. Por outro lado sou taxista e tenho ponto em um hotel, em dia de feiras e grandes eventos, pessoas do Brasil inteiro procuram ir aos jogos principalmente a noite e meio de semana, é necessario uma consulta sobre eventos para explorar isso. Entendo que é neccessario mostrar a prefeitura e empresarios de santos, que o clube disperta interesse de outras cidades para iniciar a parceria. Um abraço a todos e fico na torcida para uma decisão sábia para nosso peixe.

    Tem razão. Se é para fazer estádio em Santos, que seja em Santos, em parceria com a prefeitura. Por que não? É ter um objetivo e ir atrás dele e não esperar pelas chances que aparecem.

  22. Amigo vc fala como um estadista e não estuda as coisas antes de falar,hoje cubatão pode não ser a melhor cidade do mundo mas tem muito espaço para evoluir sem contar que é uma cidade transito(vc não chega a santos se não passar ppor cubatão),so ai ja encurtei a distancia entre são paulo e vila e o local é no pe da serra todos que decem a serra pela imigrantes passam ao lado ,imagine na temporada um centro cultural com restaurantes ,shopings,museu etc…,como não ficaria lotado ,devido aos enormes conjgestinamentos que ficam na descida da serra na temporada todos poderiam passar no local e fazer uma visita ao clube e curtir o shoping e outras atrações do local(temporda é novembro até março,epoca em que os campeonato ainda não estão rolando ou estão ainda bem frios)seria uma grande area de distração para os que procuram a praia no final de ano iriam passar em frente ao estadio olimpico do santos e porque não fazer um pit stop ,otima ideia do preisdente.

  23. Se os presidentes passados tivessem tido visão, teriam comprado pouco a pouco os imóveis no entorno da Vila Belmiro.

    Hoje, de um modo simplista, seria derrubá-los e permutá-los com a prefeitura “pelas ruas do entorno”.

    Mesmo assim, com um projeto arquitetônico mais espartano, o mesmo terreno comporta um público maior (40/50 mil fechando anéis) e o estacionamento, com quatro ou cinco pavimentos debaixo do campo.

  24. usiel maceia gomes

    na minha opinião ,Diadema seria amelhor opção pra se construir o tão sonhado estadio para o nosso SANTOS FC.Diadema faz parte do grande ABC,aonde o SANTOS muitos torcedores e por estar colado com a capital.

  25. Diadema é uma boa pra construção da arena moderna pro nosso santástico o qual ele pela sua grndesa merece.por pertencer a grande ABCDM,e nossa torcida ser enorme na região.mais Cubatão não pode ser descartado,um estadio as margens da imigrantes com uma bela vista pra serra do mar,apesar Cubatão não ser uma cidade taõ grande, é uma cidade rica,com muito emprego e quem muitos santistas.sem contar que Cubatão pode abrigar tocedores da baixada e da grande São Paulo. o unico problema de Cubatão seria os pedagios pra quem vem da grande São Paulo.

  26. O Santos tem que fazer sim uma arena multiuso, mas não em Cubatão, não em Santos, mas sim em São Paulo, onde esta a maior torcida do Santos, que enche os estadios.

    O Santos Futebol Clube pertence ao mundo, e não a cidade de Santos, as maiores rendas do time vem de jogos no pacaembu, isso por si só ja mostra que não tem outro lugar alem de São Paulo, para construir uma arena santista.

    O Santos precisa e merece uma arena que de lucro.

  27. Na minha opinião o Santos deve construir um estádio maior e moderno exatamente na cidade de Santos, pois lá é que está a história do clube. Se o estádio ser contruido em outra cidade o Santos perderá sua identidade e exclusividade, e isso não pode acontecer com um clube grande como este, se formos escolher a melhor localização de acordo com o número de torcedores que terão mais fácil acesso esse estádio vai parar em São Paulo e isso concerteza seria um fiasco, porque estaria priorisando a parte financeira e ignorando a força que tem o nome do clube.

    • Cara na boa, clubes vivem de renda, se não tiver dinheiro fecha, não adianta ter um estadio pra 50 mil pessoas em Santos, e 8 mil pessoas por jogo, é loucura, tem sim que ir onde da retorno financeiro ao clube, se é em São Paulo que esta a maior torcida, que se faça o estadio em São Paulo, não se vive só de romantismo.

  28. A Vila não enche porque está elitizada. É simples ver isso. Veja o que o setor Visa faz.

    Sou a favor da ampliação da Vila. Afinal, por que fazer estádios novos???

    Os clubes já sabem quais serão os custos disso tudo no futuro?

    Eu já estive em La Bombonera e é o estádio mais visitado da América Latina.

    O Santos deveria fazer o mesmo e ampliar a Vila. O alçapão faz a diferença.

  29. joao victor rosa lara

    queria reforma na vila belmiro,mas como ha casas ao redor e os donos se recusam a vender,eu queria que o estadio fosse no mar,como o odir da cunha sugere em outra pagina…

  30. joao victor rosa lara

    quero que o santos faça algo rapido,eu ser que nao é facil falar isso,mais o pelé nao é eterno,uma hora ele se vai,e por tudo que ele fez pelo santos,deveriamos realizar seu sonho de o santos ter um estadio a altura de sua grandeza…

Comente à vontade. Sua opinião é importante mesmo. Mas não ofenda, não escreva palavrões, não use apenas letras maiúsculas. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>