Ontem a diretoria do Santos foi obrigada a demitir o técnico Dorival Junior, que insistia em manter Neymar fora do clássico de hoje à noite na Vila Belmiro. Se com o time completo e jogando em casa não daria para dizer que o Santos seria favorito contra o líder do campeonato, o que dirá se jogasse sem o seu melhor atacante?

O tempo mostrará quais foram os reais motivos que levaram Dorival Junior a insistir em uma improvável suspensão de 15 dias para Neymar. Há fortes indícios de que já estava acertado com a diretoria do São Paulo. Uma coisa é certa: a pena ao craque de 18 anos, se cumprida à risca, selaria a sorte do Santos neste Brasileiro.

Uma vitória, hoje, e o Santos voltará a sonhar com o título. Uma derrota e o sonho estará desfeito. Há quem aposte que o time entrará em campo desanimado pelos últimos acontecimentos. A maioria, porém, acredita que agora é que o Santos voltará a mostrar o seu verdadeiro futebol – aplicado, irreverente, ofensivo.

Se eu fosse o técnico – que deverá ser o Marcelo Martelotte –, eu passaria aos jogadores os dois vídeos abaixo e perguntaria: Que Santos e Corinthians vocês preferem para hoje? Um em que o time, sem vibração, foi humilhado e sofreu uma goleada vergonhosa, ou outro em que decidiu um título em um Morumbi lotado e conquistou uma vitória heróica, no último segundo, na decisão mais emocionante de um Campeonato Brasileiro?

Pois aquilo que vocês quiserem, acontecerá.

E você, que Santos x Corinthians espera para hoje?