Acabei de simular os resultados até o fim do campeonato e cheguei à conclusão de que o Santos será o campeão se vencer todos os oito jogos que lhe restam; continuará com boas chances de vencer sete e empatar um; e também poderá ficar com o título com sete vitórias e uma derrota. Há ainda outras combinações, mas são improváveis.

Para ter chances reais de ficar com o título, o Santos terá de vencer todos os quatro jogos que fará em casa (Grêmio Prudente,Vitória, Grêmio e Flamengo) e triunfar em mais três dos quatro que fará no campo do adversário: Internacional, Atlético Mineiro, Goiás e Avaí.

O caminho de cada um

Comparei o caminho de Cruzeiro, Fluminense, Corinthians e santos até o fim do Brasileiro e constatei que:

O Santos será aquele que enfrentará menos adversários dos mais tradicionais do futebol brasileiro: quatro. O Cruzeiro enfrentará seis, enquanto Fluminense e Corinthians, cinco.

Enquanto o Santos ainda terá pela frente Internacional, Atlético Mineiro, Grêmio e Flamengo; o Cruzeiro terá de se defrontar com Atlético Mineiro, São Paulo, Corinthians, Vasco, Flamengo e Palmeiras.

O Corinthians enfrentará Palmeiras, Flamengo, São Paulo, Cruzeiro e Vasco, e o Fluminense jogará contra Grêmio, Internacional, Vasco, São Paulo e Palmeiras. Outro jogo dificílimo do time carioca deverá ser contra o Atlético Paranaense, em Curitiba, já na próxima rodada.

O fato de alguns times estarem lutando desesperadamente para fugir do rebaixamento também pode tornar dramáticos compromissos aparentemente fáceis.

O Santos será visitante nas partidas contra Goiás e Avaí; o Cruzeiro sairá para jogar contra Grêmio Prudente e Vitória, e o Corinthians jogará contra o Vitória, em Salvador, e na última rodada ainda terá de ir a Goiânia enfrentar o Goiás, que poderá depender deste jogo para se manter na Série A.

Por outro lado, te-o-ri-ca-men-te, sem nenhum menosprezo a estas equipes que estão bem abaixo na tabela, os times que pegarão os jogos mais fáceis, ou menos difíceis até o final do campeonato, são: Santos (Grêmio Prudente e Vitória em casa), Corinthians (Avaí em casa) e Fluminense (Goiás e Guarani em casa).

Se a sorte ajudar…
Como já discutimos em outro post deste blog, a sorte influi no futebol. Na próxima rodada, por exemplo, dependendo dos resultados, o Santos pode terminar o fim de semana na terceira posição, a três ou quatro pontos do líder Cruzeiro.

Para isso, basta que vença o Grêmio Prudente, na Vila Belmiro; o Corinthians não vença o Palmeiras, o Fluminense perca ou empate com o Atlético Paranaense, em Curitiba, e o Cruzeiro perca ou empate com o Atlético, no clássico mineiro. Todos resultados lógicos, na verdade.

Detalhe importante: se vencer o Grêmio Prudente e o Corinthians não vencer o Palmeiras, o Santos assumirá a terceira posição, pois, mesmo no caso de empate do alvinegro da capital, os dois times ficariam com 51 pontos, mas o Santos passará à frente pelo maior número de vitórias (15 a 14).

Se a sorte que faltou no finalzinho do jogo contra o São Paulo, assim como no final do jogo contra o Botafogo, recompensar o Santos nesta reta final de Brasileiro, o time poderá assumir a liderança daqui a três rodadas, desde que vença Grêmio Prudente, Internacional e Vitória, e…

O Cruzeiro só faça no máximo três pontos nos jogos contra Atlético Mineiro, Grêmio Prudente e São Paulo; o Fluminense também só marque três pontos contra Atlético Paranaense, Grêmio e Internacional; e o Corinthians tenha ao menos um empate nas partidas contra Palmeiras, Flamengo e Avaí.

Sacudir a poeira e jogar ponto a jogo…

É por isso que concluo com a máxima usada no tênis por quem está bem abaixo do marcador: Jogue ponto a ponto, não se angustie em olhar para o fim da partida, entregue-se cem por cento a cada etapa da competição e terá toda a chance de vence-la.

Primeiro passo: derrotar o Grêmio Prudente no próximo domingo, às 18h30m, na Vila Belmiro. Estou certo de que o ânimo do santista após esta provável vitória apagará a tristeza pela derrota contra o São Paulo e deixará o título mais perto do que nunca.

Você gostou desta análise? Tem algo a acrescentar no caminho dos quatro primeiros até o final do campeonato?