O povo é sábio. Por mais que tentem puxá-lo pra lá e pra cá, ele acaba decidindo pelo coração e pelo instinto, que dificilmente falham. A notícia não é nova, mas vale a pena analisá-la. No dia 13 deste mês foi divulgada uma pesquisa feita pela Sport+Markt que apontou Neymar como o jogador mais querido do Brasil.

O Menino de Ouro da Vila Belmiro assumiu o posto que no ano passado foi ocupado por Kaká, que em 2010 caiu para o segundo lugar.

A Sport+Markt ouviu 8.198 pessoas por todo o País, em um estudo intitulado “Jogador de futebol em atividade que o torcedor mais gosta”.

Neymar liderou a lista, com 12,76% dos votos, seguido por Kaká (12,48%), Robinho (11,2%) e Ronaldinho Gaúcho (8,6%).

Mesmo entre torcedores não-santistas, Neymar é muito bem votado. Entre os corintianos, ele é o segundo preferido (10,39%), atrás apenas de Ronaldo (20,4%).

Entre os palmeirenses, o mais querido é o goleiro Marcos (11,01%), mas o Menino de Ouro do Santos aparece bem próximo, com 10,47%.

Entre os são-paulinos os mais votados foram Rogério Ceni (18,64%) e Kaká (13,26%), mas Neymar surge em terceiro, com 11,83%.

O curioso é que os santistas mostraram uma ligeira preferência por Robinho (27,86%), mas Neymar está quase empatado com o Rei do Drible, com 27,27%.

Para César Gualdani, sócio-diretor da Sport+Markt, dois fatores justificam a liderança do craque santista: “O torcedor se identifica com a habilidade, com o jeito descontraído dele jogar”, explicou.

Eu completaria dizendo que Neymar é, hoje, o grande ídolo das crianças de ambos os sexos e das garotas adolescentes, que o vêem como uma espécie de astro pop. O seu cabelo moicano e suas dancinhas, que tanto incomodam alguns adultos rococós, fizeram-no ser adorado por esta faixa etária mais jovem, que geralmente é mais alegre, menos preconceituosa e tem o coração mais puro.

Aliás, vou confessar uma coisa: Eu também amo o Neymar! Mas amo também o Ganso, o Rafael, o Madson, o Arouca, o Zé Eduardo, o Alex Sandro, o Durval, o Vinícius…

E pra você, quem é o jogador brasileiro mais querido? Será o Neymar? O Ganso? O Robinho? O Kaká? O Rogério Ceni? O Marcos? O Ronaldo?…