Santos é um dos três times mais votados pelos milhões da Timemania

Tenho defendido que a pesquisa de torcidas mais fidedigna que existe é a Timemania, pela quantidade de pessoas que apostam e que indicam o seu time do coração. São milhões, ao contrário de poucos milhares e até de alguns gatos pingados que são ouvidos pelos chamados institutos de pesquisa. Os erros grosseiros cometidos nas pesquisas nestas eleições provam que não se pode confiar nelas.

Até a pesquisa de boca de urna falhou feio, acima da margem de erro. Artigo interessante sobre isso foi escrito pelo cientista político Jairo Nicolau na página H18 do jornal O Estado de São Paulo desta segunda-feira.

Sob o título Eleições presidenciais saíram da margem, Jairo escreve: Os resultados das eleições presidenciais de ontem foram surpreendentes. Sobretudo, para aqueles que, de maneira equivocada, interpretam os resultados das pesquisas como se elas fossem um instrumento de precisão suíça.
Todos os institutos erraram o resultado final. Erraram no que eles consideram como erro máximo das pesquisas (margem de erro). O Ibope errou mesmo a pesquisa de boca de urna, que entrevista os eleitores no dia das eleições. A pesquisa ouviu 4.300 eleitores (a margem de erro anunciada é de no máximo de 2 pontos percentuais); todos os candidatos chegaram fora dos limites definidos.

Os resultados que circularam das pesquisas presidenciais nos estados mostram resultados muito mais discrepantes ainda. Precisam ser analisados com cuidado.

Este erro coletivo dos resultados foi o maior já cometido pelos institutos no Brasil. A partir de hoje, vamos ouvir uma série de possíveis responsáveis: as chuvas, a taxa de abstenção, as ondas de opinião nunca captadas, os erros na hora de votar.

Em 1992, todos os institutos ingleses erraram o resultado das eleições. Apontaram vitória dos trabalhistas, mas John Major, do Partido Conservador, venceu por larga margem. Após as eleições, os institutos montaram uma força-tarefa de sociólogos, cientistas políticos e estatísticos para analisar cuidadosamente o que tinha acontecido…

A propósito, ouvi a seguinte pergunta de um amigo:”se os institutos erram as pesquisas na véspera e no dia das eleições, quem pode assegurar que eles acertem durante ?”. Fiz o que podia: silenciei.

Resultado do último teste da Timemania

1º FLAMENGO RJ 90.305 5,57%

2º CORINTHIANS SP 83.377 5,14%

3º SANTOS SP 62.108 3,83%

4º SAO PAULO SP 59.262 3,66%

5º PALMEIRAS SP 58.253 3,59%

6º GREMIO RS 55.274 3,41%

7º INTERNACIONAL RS 50.391 3,11%

8º VASCO DA GAMA RJ 47.634 2,94%

9º BOTAFOGO RJ 44.759 2,76%

10º CRUZEIRO MG 42.271 2,61%

Se até pesquisa eleitoral de boca de urna erra tão feio no Brasil, dá para confiar nas pesquisas de torcidas de futebol?