O técnico Abel Braga, que andava dizendo que seu sonho era treinar o Santos, decidiu cumprir seu contrato com o Al Jazira, dos Emirados Árabes, segundo o site do Milton Neves.

O xeique Hamdan Bin Zayed Al Nahyan teria perdoado a multa, mas disse que ficaria triste com a saída do técnico. Como nunca se sabe o que a tristeza de um xeique pode provocar, Abel Braga resolveu ficar por lá mesmo e cumprir o seu contrato até maio.

Com isso, o Santos fica sem técnico titular. A única opção no mercado para substituir o interino Marcelo Martelotte é Adilson Batista, que neste Brasileiro já treinou Cruzeiro e Corinthians. Será que ele seria uma solução para o Santos?

Nascido em Adrianópolis, Paraná, em 16 de março de 1968, Adilson Dias Batista tem apenas 42 anos, apesar de aparentar mais. Foi um bom zagueiro e trabalha como técnico há 10 anos.

Não se pode dizer que seja um vencedor na nova profissão. Seus únicos títulos foram quatro estaduais, com América de Natal (2002), Figueirense (2206) e Cruzeiro (2008 e 2009), além do Torneio de Verão, com o Cruzeiro, no Uruguai, em 2009.

Será que Adilson poderia fazer este Santos jogar melhor? Será que com ele o time teria mais chances de lutar pelo título brasileiro? E para a Libertadores, será que ele conseguiria montar uma equipe campeã?