Diversos Livros em Promoção na Livraria do Odir

Quem lê este blog sabe porque o Santos foi cabeça de chave e pegará um grupo menos difícil da Libertadores


Coutinho comemora gol contra o Boca, no Maracanã, na decisão de 1963

Quem lê este blog viu, no post de 7 de outubro, que o Santos é o número um do ranking brasileiro de 2010. Por isso, foi escolhido como um dos cabeças de chave da Copa Libertadores da América de 2011, ao lado do Internacional, atual campeão da Libertadores.

Leia matéria deste blog sobre a liderança do Santos no ranking da CBF

Se me perguntarem se o critério é justo, responderei que não. Acho que o número um do ranking nacional deveria ser o campeão brasileiro. Porém, como já expliquei no referido post de 7 de outubro, o ranking da CBF dá mais valor ao título da Copa do Brasil do que ao Brasileiro.

Engraçado é que muitos que discordam da unificação dos títulos brasileiros a partir de 1959, apoiando a negligência da CBF sem ao menos se darem ao trabalho de estudar a história do nosso futebol, agora se revoltam com a questão do sorteio da Libertadores, questão provocada pela mesma CBF.

Para ser coerente, acho que o Santos não deveria ser cabeça de chave da Libertadores, da mesma forma que deve haver o reconhecimento, por parte da CBF, dos campeões brasileiros a partir de 1959. Não dá para criticar uma coisa e aprovar a outra.

Como será a Libertadores 2011

Campeão da Copa do Brasil, o Santos estará no Grupo 5, junto com o Deportivo Tachira, da Venezuela; o segundo representante do Chile e o vencedor do jogo entre o terceiro representante paraguaio e o Deportivo Petare, da Venezuela. Aparentemente, é uma chave menos difícil, pois não terá adversários de países mais tradicionais do futebol sul-americano.

O Internacional de Porto Alegre pegará, no Grupo 6, o Jorge Wilsterman, da Bolívia, o segundo representante do Equador, e o ganhador do jogo entre Jaguares Chiapas, do México, e o terceiro representante do Peru.

O campeão brasileiro, título que está mais para o Fluminense, mas ainda pode ser de Corinthians e Cruzeiro, terá vida teoricamente mais difícil: fará parte do Grupo 3, com o Nacional do Uruguai, o América do México e o Argentinos Juniors.

Já o vice-campeão brasileiro, posição hoje ocupada pelo Corinthians, terá uma pedreira pela frente: jogará no Grupo 7, com o segundo representante da Argentina, o segundo do Paraguai e o vencedor do confronto entre o terceiro lugar do Brasileiro e o terceiro representante da Colômbia. Ou seja: tudo indica que segundo e terceiro colocados do Campeonato Brasileiro se enfrentem já na primeira fase da Libertadores.

Por fim, o Goiás, se for campeão da Copa Sul-americana, ou o quarto colocado do Campeonato Brasileiro (hoje o Grêmio) enfrentarão o Liverpool, do Uruguai, na repescagem. Se vencerem, entrarão no Grupo 2, com Atlético Junior, da Colômbia, mais os segundos representantes de Bolívia e Peru.

Os jogos desta fase de grupos serão realizados de 10 de fevereiro a 21 de abril de 2011. As duas melhores equipes de cada grupo avançarão para as oitavas de final, a partir da qual as disputas serão em jogos eliminatórios, com a contagem do valor maior para os gols marcados fora de casa.

Reveja como Pelé, Coutinho & Cia calaram La Bombonera e retribuíram com gols os pontapés dos argentinos em 11 de setembro de 1963, dando ao Santos o bicampeonato da Libertadores:


O que você achou do sorteio? Acha que o Santos terá um time forte para brigar pelo terceiro título da Copa Libertadores?

Deixe um Comentário

37 Comentários.

  1. O Santos só precisa torcer para o Colo-Colo não ser vice chileno que o nosso grupo é o mais fácil de todos e dá para passar de fase tranquilamente em primeiro lugar na classificação geral.

  2. Então estava olhando os outros times…..
    Universidad Catolica ou Colo-Colo (Chile 2)o campeonato lá tá pegando fogo
    e o outro adversário (P3 – Paraguai 3 x Dep Petále ) acredito que o Cerro Porteño já que o Libertad ganhou o apertura, e o club Guaraní ganhou clausura, o Cerro ficou em 2º no dois turnos e o Dep Petále, não sei não.
    junto com o Deportivo Tachira, da Venezuela….
    Na minha opinião é um grupo médio, nada que o Santos possa reclamar. Vai pra cima deles Santos. Rumo à 3ª estrela!!

    É isso aí, Wesley.

  3. Caraca ! Tenho 30 anos e só vi as últimas partidas do Pelé, nessas imagens mais uma vez percebi pq o Rei é considerado tal.

    O cara sempre mata a bola já matando o adversário, incrível !

    Abraços aos amigos santistas !

    Abraço Kobano!

  4. Realmente Odir é complicado entender tal ranking, mas graças a ele o glorioso alvinegro foi agraciado com um grupo muito mais fácil e tranquilo, rumo ao TRI, se Deus quiser.
    Abraços e um ótimo final de semana.

    Abraço Rodrigo. Bom fim de semana pra você também.

  5. Luiz Tomaz - Santista de corpo e alma!

    Bom dia, meu caro Odir.

    Grande e exemplar sua postura, caro amigo, de criticar, por não ser a melhor solução, até o que, neste momento, nos beneficia.

    Sua credibilidade e o respeito que recebe, por merecer, de todos que freqüentam o blog, e também daqueles que, mesmo não freqüentando, o conhecem, com certeza, se deve, em parte significativa, à sua capacidade e coragem de “cortar na própria carne”, de fazer o “mea culpa”, de não “jogar chantili sobre o lixo”, parabéns, caro Odir.

    Veja que, dia 07/10, foi exatamente o dia em que viajei para São Paulo, a trabalho, e não tive a oportunidade de ler e participar do post. Mas, a verdade já está exposta, doa a quem doer.

    Acredito que esse sagrado uniforme branco que encantou o mundo do futebol como nenhum outro, Odir, está imantado de sua própria história, que, revigorando o que está latente no seu DNA, mas esteve ausente,no cenário real, durante muito tempo, despertou, voltou e permanecerá para todo o sempre, como diria o poeta, nos píncaros das glórias de conquistas intermináveis e imorredouras.

    Eita, que o Santos me inspira o coração, caro Odir, me perdoe o amor “exagerado” e extravasado aqui, neste ambiente tão querido.

    Outro dia, você fazia uma afirmativa, em resposta ao comentário de um colega, dizendo que “o passado não entra em campo”. É a pura verdade, caro Odir.

    Mas deveria…

    Quem assistiu ao filme AMISTAD, do grande STEVEN SPIELBERG entenderá do que falo.

    A defesa que o ex-presidente americano, advogado dos negros, até então escravos, faz, para conseguir sua vitória e liberdade, é comovente, caro Odir.

    E, como costuma acontecer, o argumento utilizado na tribuna, ele sorveu dos próprios negros, em conversas, nas quais eles, negros, demonstravam toda sua insatisfação e violência de que foram vítimas, desde seus ancestrais, até aquele momento.

    Em estudos esotéricos, também tive a oportunidade, caro Odir, de me emocionar e até me valorizar mais como ser humano, quando, em outras circunstâncias e ambiente, recebi o mesmo ensinamento, que considero lindo, do ponto de vista humano, e verdadeiro, quanto à constatação que nos foge, não sei por que, que é a seguinte:

    QUANDO VOCÊ TOCA SEU CORPO, ESTÁ, LITERALMENTE, ENTRANDO EM CONTATO COM TODA A HISTÓRIA DA HUMANIDADE, E, PRINCIPALMENTE, ESTÁ TOCANDO, ENTRANDO EM CONTATO, REAVIVANDO E CONFIRMANDO A SUA HISTÓRIA E A DE SEUS ANCESTRAIS…

    Então, eu não sou apenas eu, o que já não seria pouco, modéstia à parte; sou eu e todos aqueles que possibilitaram minha presença aqui.

    Quando luto, não o faço apenas por mim, mas também, por todos aqueles que lutaram para que hoje eu possa, lutando, continuar e perpetuar nossa história DE LUTA…

    Neste sentido, meu caro Odir, e só neste sentido, e, pelo amor de Deus, que todos compreendam, Val Baiano, Kleber Pereira, têm o mesmo valor que Pelé, Edu, Clodoaldo, Cláudio…ou seja, devo reverenciar, por serem meus ANCESTRAIS, todos aqueles que um dia, ainda que só por um segundo, contribuíram com sua presença em campo para que se mantivesse viva, atuante, a instituição Santos Futebol Clube.

    De forma sonhadora e ilusória, a mim me parece que devemos repassar, diuturnamente, aos que estão chegando, seja como torcedor, seja, principalmente, como jogador de futebol profissional, a incrível história do INCOMPARÁVEL Santos Futebol Clube, a fim de que, estes jovens, encarnando o espírito vencedor, e envergando o manto sagrado e imaculado do esquadrão do TEMPLO SAGRADO, invoquem e possibilitem que TODO NOSSO PASSADO ESTEJA SEMPRE PRESENTE, E EM CAMPO, ONDE QUER QUE JOGUE O SANTOS FUTEBOL CLUBE.

    Pois é, Odir, o passado não entra em campo, mas deveria…

    Aliás, quanto à grave responsabilidade de manter o passado vivo e na alma dos Santistas, ao menos dos torcedores, Sr. Odir Cunha, seu trabalho é irretocável, de modo que, talvez nem o senhor mesmo tenha se dado conta, sem nenhum desprezo às suas consciência e sensibilidade, do quão importante é sua função de “ELO”, unindo passado ao presente, e contribuindo, decisivamente, para que tenhamos a certeza de que estaremos vivíssimos no futuro, nas pessoas dos que nos sucederão, e que, quando tocarem em si, estarão, também, fazendo um carinho em nós próprios…

    Veja que para nós, torcedores do Santos, o passado sempre está em campo. Daí não aceitarmos que certos jogadores (?), tenham usado nossa camisa 10, nem aceitamos que os jogadores de hoje deixem de, ao menos lutar, como fizeram seus ancestrais. Nossa referência e esperança vem do passado, meu amigo Odir Cunha….e que passado.

    Desculpe pela viagem, mas esse time extrai de mim sentimentos que eu próprio desconhecia.

    Viva o Santos Futebol Clube, o INCOMPARÁVEL!

    Viva Odir Cunha, a história ambulante, e grande ELO, do Santos Futebol Clube no planeta.

    Um dia teremos em campo um time com 11 mil jogadores, pois que não apenas o presente, mas também nosso incomparável PASSADO estará, novamente, pisando o solo do TEMPLO SAGRADO DE VILA BELMIRO.

    Grande abraço, Odir.

    Luiz Tomaz

    Amigo Luiz, você é tão elegante nas palavras, que me critica de maneira indolor. Se escrevi que o passado não entra em campo, certamente foi para me referir a algum jogador veterano, que por mais que tenha realizado em sua carreira, não poderá repetir seus feitos caso suas pernas e seu fôlego não suportem o ardor da partida. Quanto ao passado do Santos, deveria estar, sempre, empregnado na alma de cada santista, pois ele dá forças para o presente e abre perspectivas maravilhosas para o futuro. Este passado histórico do clube entra em campo a cada partida, claro. Mas o passado que reduz as forças físicas do homem, este é inexorável e pode fazer um craque ser passado para trás por um cabeça de bagre mais veloz. Abração meu amigo.

  6. Odir,
    a libertadores é um campeonato diferenciado mesmo, veja só: na minha opinião o nível técnico é horroroso, porém, difícil de ganhar, pois quando afunila a competição sempre sobram equipes tradicionais, digamos, “macacos velhos”.
    mesmo com essa opinião sobre o torneio, acho que o Santos não pode deixar de montar um time técnico e ofensivo para a disputa. o Adilson tem que “martelar” na cabeça da garotada p/ ter maturidade p/ superar as futuras “catimbas” dos adversários.Entre as catimbas dos sulamericanos e a caimba do Neymar, fico com a do Neymar, claro. Pelo enos não é anti-jogo.
    enfim, acredito muito na terceira conquista, mas no momento minha ansiedade é para ver qual time será montado p/ 2011.
    grande abraço

  7. Victor Abreu Diniz

    Primeiramente, bom dia!!!

    Há tempos acompanho esse blog, possivelmente porque é o que mais acompanha minha opnião sobre meu time de coração e de alma.

    Pois bem, Odir, me sinto cada vez mais a vontade de participar (essa é a primeira vez que escrevo aqui), com relação a essa questão, sim temos um grupo muito mais fácil. Mas já conseguimos ter uma idéia de que times pegaremos na próxima fase, caso passamos em primeiro (algo bem provável)????

    Ainda não se sabe da próxima fase, Victor.

  8. Bom dia Odir, não entendo esse Ranking da CBF Gremio com 2 brasileiros está em 1º lugar, Atletico/MG com aquele unico titulo de sua história em 1971 esta em 6º e o Santos com os dois (2002- 2004) e 4 vices (1983-1995-2003 e 2007) está em 10º. Atletico/MG foi vice em 1977, 1980 e 1999. Alguem me explica! Isso ainda sem considerar a unificação.

    Não tente entender o ranking da CBF. É completamente maluco. O campeão só ganha um ponto a mais do que o segundo colocado, mesmo diferença do décimo para o de´cimo-primeiro, por exemplo. Em nenhum lugar do mundo se deve fazer um ranking assim.

  9. Luiz Tomaz - Santista de corpo e alma!

    Meu caro Odir, voltei.

    Sinceramente, não foi para criticá-lo, ainda que com elegância, como diz você, que escrevi o que escrevi.

    Eu entendi suas palavras, ou seja, quando disse que o passado não entra em campo, foi justamente para constatar que os jogadores, principalmente, os que não têm identidade com o clube e com a torcida não encarnam seu espírito, sem sua história, nem seu passado.

    Sei que aquela não era a sua opinião, mas sim, a constatação que faz, quanto aos jogadores de hoje, que trocam de camisa, como quem troca de cueca.

    Sua consciência quanto à necessidade de que o passado esteja sempre em campo, meu caro amigo, é tão intensa que você é hoje, o grande ELO entre o nosso passado glorioso e nosso futuro tão promissor.

    Sabemos, você e eu, que ninguém está acima do bem e do mal, de modo a ser intocável, assim como, para sermos amigos, e admiradores um do outro, não precisamos comungar de todas as idéias e opiniões, pelo contrário, a diferença proporciona a oportunidade comparações e, muitas vezes, crescimento.

    Entretanto, caro amigo, não foi minha intenção criticá-lo, de modo algum, porque sei qual sua opinião.

    Digamos que, como você se referiu outro dia, aquela sua fala foi por mim captada, não como sua opinião, mas sim, constatação sobre o que acontece.

    E eu, hoje, concordando com ela, quanto à realidade vivida, exponho o que, se me permite, na NOSSA VISÃO SONHADORA, temos como ideal!

    Daí, eu ter dito que é verdade o que você constatou, de que o passado não entra em campo, mas que, pra nós, Santistas, deveria…

    Mas, a forma como você recebe minha pretensa crítica, ainda que, sinceramente, ela jamais me tenha passado pela cabeça, só faz aumentar o respeito e a admiração.

    Como sei que você, pelo exemplo prático, muito mais que eu que me mantenho nas palavras, pensa exatamente como expressei, que o passado deveria entrar em campo, gostaria de merecer um novo comentário, sobre minhas palavras anteriores, desta feita com a verdadeira mensagem que enviei, pode ser?

    Grande abraço, caro amigo Odir.

    Luiz Tomaz

  10. Odir, vi que o Forlan esta querendo jogar na America do Sul, o empresario dele inclusive ja se encontrou com o Flamengo. Nao seria hora da diretoria do Santos conversar com tal empresario? Imagine um ataque com Neymar e Forlan, abastecido por Ganso e Elano! Fale com o pessoal do Santos Odir, essa e uma chance de ouro!!!

  11. OC e galera, bom dia!
    Na teoria é um grupo fácil, mas futebol tem que sempre ser levado a sério, pois o peixe já tem históricos negativos, contra o CSA na famigerada CB em 2009 quando foi eliminado em plena VB e o Grêmio Prudente neste BR quando entrou de salto alto, perdeu na VB vergonhosamente de virada e jogando contra 10 dando adeus ao BR.
    Nunca vou mudar meu pensamento, o BR é o melhor e mais forte campeonato nacional do mundo, não me importa o tal do ranking da “Confederação da Bagunça do Futebol”.
    Todo cuidado é pouco na Libertadores e espero que agora os jogadores levem mais a sério os jogos “fáceis” e entren com sangue nos olhos em todas os jogos.
    É claro que contratações serão necessárias para dar mais força e equilíbrio ao time e não podemos contar com Brum, Marquinhos, Dracena, Pará, Marcel, Léo (obrigado por tudo), Zezinho, senão será difícil até na primeira fase.
    Se realmente o presidente LAOR fez o comentário sobre o SFC ter ficado “num grupo tranquilo”, considero um erro ele ter se manifestado dessa maneira,deve ter sido um momento de empolgação, imagina os outros times do grupo como se sentiram?
    Sds Peixeiras!

  12. Olá Odir.

    E como vamos falar de coerênica com Ricardo Teixeira e CBF?

    O Santos vai ter vida fácil no começo dessa Libertadores. Mas tomara que isso não amoleça o time, porque depois vem pedreira.

    E que golaço esse segundo contra o boca. Os caras só batendo e sendo humilhados na bola!

    Santos!

    abs!

  13. Levando-se em conta a primeira fase, o sorteio foi benéfico. Porém, após esta fase entramos no mata-mata ou, como acho mais correto chamar, no mata-morre, quando poderemos constatar se o planejamento e as possíveis contratações darão resultado.

    Como a base do time de hoje não nos dá muita perspectiva, aguardemos os reforços prometidos.

  14. Realmente concordo Odir, mas sabemos que critérios nunca são bem aplicados com a CBF, já fomos prejudicados e raramente beneficiados, acho até que não é um grupo tão facil assim, o grupo do Inter ficou evidente que será mais facil.

    Agora Odir mudando de assunto, hoje de manhã resolvi colocar aquela camiseta lançada pelo nosso marketing no começo do ano com a chegada do robinho (vOLtEi)para ir trabalhar, e tive uma idéia não sei se já foi aplicada mas como estamos em FINAL de DÉCADA, poderiamos criar ou passar para algum site de grande peso a votação do “LANCE DA DÉCADA”, com certeza aquele lance da ETERNA PEDALADA foi e sempre será inesquecivel, digo ate que não só da década mas dos ultimos 20 anos, pelo peso de ser uma final e da mágia do lance ele realmente merecia ganhar um premio e reconhecimento como este.

    Sei lá Odir, mas acho que a idéia seria legal( como votamos para o gol do Neymar ser o mais bonito do ano) ti falo por voce ser uma pessoa que tem um acesso a mídia(mais que nos) e a informação(como todos).

    Abraço.

  15. Victor Abreu Diniz

    Forlan, seria uma contratação única, oportunidade de ouro (ele foi oferecido para o flamengo, mas ja disse que gostaria de jogar no são paulo…mas nada que não se possa fazer com um grupo bom de investidores). Apesar, que “grupos de investidores”, me dão calafrios, só de pensar se esse dinheiro todo, sai deles mesmo, ou do nosso Santos….

    Importante é que estamos na libertadores, e teremos um elenco forte, disso não tenho duvidas.

  16. “O Santos vai tentar viabilizar a contratação do atacante Ricardo Oliveira, atualmente no São Paulo, logo após a disputa do Brasileirão.”

    Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/noticia/2010/11/peixe-sonha-com-ricardo-oliveira-ao-lado-de-neymar-na-taca-libertadores.html

    Opa! Indicação minha aqui no blog? Ou eu só falei o óbvio mesmo, e a nossa diretoria não está tão no mundo da Lua como parece estar? Hehe.

    De qualquer forma, seria uma GRANDE contratação para a Libertadores! Espero de verdade que consigamos trazer o Ricardo Oliveira. Mais até do que o Elano, para ser honesto!

  17. ODIR, LAOR DISSE A SPORTV QUE TERIAMOS COM RELAÇÃO AS CONTRATAÇÕES E AS MESMAS SERIAM DE GRANDE IMPACTO, O LANCE PUBLICOU QUE O DIEGO FORLAN ESTARIA QUERENDO VOLTAR PARA A AMERICA DO SUL POIS ESTARIA COM UM GRANDE PROBLEMA PARTICULAR E GOSTARIA DE FICAR MAIS PRÓXIMO DA SUA FAMILIA E O FLAMENGO DISSE QUE NÃO SERIA INVIÁVEL A CONTRATAÇÃO DO JOGADOR POIS ELE ACEITARIA DIMINUIR O SEUS VENCIMENTOS. SERÁ QUE EXISTE ALGUMA POSSIBILIDADE DO SANTOS ENTRARNA DISPUTA OU PELO MENOS CONSULTAR SEU EMPRESÁRIA FABIANO FARAH???
    SERIA UMA BAITA DE UMA CONTRATAÇÃO O QUE VC ACHA???

  18. Pelé quase nem provocava ein heheheh
    Logo no primeiro lance já deu um Fatality no jogador argentino, esse sim era craque abusado.

  19. Olá Odir

    sinceramente não acho o critério justo . Sou saintista mas não é por isso que só por causa dessa vez muderei de opinião só pq o nosso time foi beneficiado. O critério é errado , pra mim o Brasileirão vale mais que a Copa do Brasil e eu acho que pra ser mais justo com todos a ordem dos cabeças de chave deveria seguir um ranking dos 3 últimos anos levando em conta as competições nacionais de maior destaque e internacionais que o clube participou. Seguindo essa lógica até poderia ser que o Santos fosse um cabeça de chave mas não seria por estas razões atuais.

    enfim independente de grupo forte ou fraco como bem lembrado teremos o mata-mata e o Santos tem que estar bem preparado.

    abraçoo

    SANTOS SEMPRE SANTOS

  20. o santos vai atropela na primeira fase soh queria fazer uma obs sobre o video
    acho que eh o melhor jeito de se retribuir alguma coisa em campo eh com gols
    adversario batendo, juiz robando, torcida gritando ole, o que diabos for
    no futebolzinho com os amigos falo a mesma coisa
    como ja dizia robinho “sigo metendo goles”

  21. Caramba Odir…Que saudades dos bons tempos do nosso Peixe..Pele pra Coutinho e ele pra Pele…Com todas aquelas botinadas e ignorancia dos argentinos e mesmo assim o Peixe dava baile neste povo…Abracos…

  22. segundo a minha vidente,o Santos começará mal e depois engrenará e será campeão da Libertadores…

    Espero que este começo ruim seja nos amistosos. Aliás, só no primeiro amistoso… Rsss

  23. Victor Abreu Diniz

    Pelo visto amigos, de uma coisa nós temos certeza

    perderemos o baixinho Madson

    Tambem vi que a diretoria tenta Ricardo Oliveira, e Amaral, volante do Goias (como alternativa na vinda ou não do Elano)

    Minha opnião??

    Madson, deveria ser mais utilizado nesse ano, e no ano que vem, é um jogador importante, e é um guerreiro em campo, mesmo jogando mal.

    Amaral??? se for pra investir com a troca do Madson (ou do Breitner) que seja no Willian do Flamengo, que é muito bom volante.

    Ai conseguiriamos, quem sabe, montar um meio campo com Arouca, willian, ganso e Elano???

    Cada vez que ouço especulações sobre contratações de jogadores, meu coração gela. De repente se desfazem de alguém promissor e trazem um bonde… O que se passa com o Madson?

  24. Essa primeira fase, um time mediano brasileiro sempre consegue passar, agora quando chega no mata mata ai a coisa pega, e ai meu irmão, e que entra a frieza e capacidade do conjunto tecnico/jogadores, e o felipão levaria grande vantagem nessa hora, mas temos que acreditar no ab e torcer pra que a terceira estrela brilhe naquele manto sagrado SANTISTA.

  25. Victor Abreu Diniz

    Há algo de podre nessa história do Madson???

    eu sou fã do futebol dele, e não consigo entender por que não é utilizado

    Não vejo problemas em armar um time, mesmo para esse brasileiro, que perdemos, com alan patrick, madson pela esquerda, neymar pela direita e keirrison (ou zé love) Aroca e Brum, ou Arouca e Rodriguinho, ou Arouca e…. e mais qualquer um.

    Campanha fica Madson!!!! Jogador útil, que ainda vai ser muito útil ao Santos!!! e de vez de trocarem ele, emprestarem, lembre-se que a torcida se identifica com o jogador, e pode ser muito mais util do que Moisés, Zezinhos, ou Vitor Hugos, pois esse já mostrou sua utilidade por diversas vezes!!

    Fica Madson!!!

    E mais uma Odir… Acha que o Maikon Leite tem lugar nesse time???

  26. prezado Odir , esta história da negociação do Madson, também me está deixando perplexo. Já manifestei aqui minha opinião anteriormente que admiro sua garra e seu futebol. Acabo de acessar o site oficial do SFC , e vi que lá tem um link para uma OUVIDORIA. Estou aproveitando o seu espaço para que todo aquele santista que admira o futebol do Madson acesse o site do Santos e mande mensagens de PROTESTO com essa possivel negociação( antes dele tem muitos para sairem e o time precisa ter otimo elenco para a Libertadores) . E que alguèm apareça para esclarecer por que motivo o jogador não vem sendo utilizado. V. como nosso ombudsman quando esteve lá não conseguiu alguma explicação ? Apoio totalmente a campanha do santista Vitor . FICA MADSON !!!! O link está em INTERATIVIDADE –> OUVIDORIA. Obrigado

    Só falei sobre o Madson com o ganso e ele, educadamente, só disse que ele “ainda voltará a mostrar tudo o que sabe”. Espero que volte a mostrar no Santos. Verei o que descubro… Abração.

  27. Odir, não sei se você já foi avisado, mas o link “Leia matéria deste blog sobre a liderança do Santos no ranking da CBF” neste post na verdade está apontando para a capa de um de seus livros:

    http://blogdoodir.com.br/wp-content/uploads/2010/02/livro02.jpg

    Ué, obrigado Pedro. Verei isso.

  28. Boa noite, Odir,

    Ontem havia achado estranho a formação dos grupos, principalmente o grupo do futuro campeão brasileiro, que convenhamos é uma chave de porta de cadeia, como dizem…

    Depois não lembro se foi numa das emissoras de tv paga ou se foi em um site que falaram que os países menos tradicionais haviam se rebelado e, estratégica e politicamente, o Sr. Nícolas Leon havia definido que neste ano os cabeças de chave não seriam apenas brasileiros e argentinos, que tradicionalmente são os melhores tecnicamente…

    Na hora não questionei o fato de o Santos ser escolhido um dos cabeças de chave, achei que fosse em função de sua História na competição (tudo bem que Cruzeiro e Grêmio, se este ficar com a quarta colocação, também são bicampeões do campeonato, mas ainda estes não estão com sua colocação definida ou garantida no caso dos gaúchos), agora lendo seu post no blog entendi o real motivo…

    Acho que está tudo errado, a começar por colocar clubes de países de menor capacidade técnica como cabeças de chave, a definição dos clubes que ocupariam essa posição faz parte do bolo, está errado, sim, mas é só a ponta do iceberg…

    Agora não sei se a chave é sinal de sorte ou não, afinal, um grupo teoricamente mais fraco pode garantir uma classificação sem muitos esforços, fazendo o elenco relaxar e na hora das fases eliminatórias pode enfrentar dificuldades, e todo mundo sabe que dificuldades nos campos sul-americanos pode significar desclassificação, espero estar totalmente errado, mas um retrospecto nos últimos torneios mostra bem isso, desde que o próprio Santos foi finalista contra o Boca em 2003, NENHUM time que se classificou em primeiro lugar (melhor campanha) nas fases de grupo chegou às finais…

    Mudando de assunto, você viu ontem o jogo entre Indepiendente e LDU? Achei o time argentino limitado tecnicamente, mas o meia deles Fredes, ou enganche, como o Mauro Cezar se refere em seu blog na ESPN Brasil, tem um futebol interessante, poderia fazer a função que o Marquinhos fazia no primeiro semestre com mais eficiência e criatividade, podendo ser uma boa dupla com o Ganso, se bem que o comentarista do SPORTV falou que o volante Battion é a esperança do clube e o melhor jogador do meio campo rojo, este último jogador tem apenas 19 anos, poderia ser sondada a possibilidade de contratação de um deles para reforçar o meio campo do nosso Santos…

    Sobre o Ricardo Oliveira, é um bom jogador, enquanto esteve no Santos em 2003 jogou com profissionalismo, mas não gostaria de ve-lo novamente com a camisa gloriosa, nas duas passagens pelo São Paulo ele fez diversas declarações que evidenciam que ele se identificou mais com o time tricolor do que com o nosso, ele pode até ser profissional e jogar muito pelo Santos, mas para mim vai ficar sempre a suspeita de suas apresentações, sei também que a torcida em geral começará a pegar no pé dele depois de duas ou três más apresentações, se houverem, não sei se seria uma boa contratação…

    Resta a pergunta, qual Amaral, o do Goiás, ou outro que jogou no Vasco (acho que são jogadores diferentes), se for o do Goiás, prefiro que tentem o Rafael Tolói, que é um zagueiro mais veloz que o Edu Dracena e pode acrescentar mais ao sistema defensivo…

    Para finalizar, Maicon Leite, foi divulgado que outros clubes tem interesse no futebol dele, entre eles o Corinthians, que, segundo a reportagem do Terra, já teria tido uma reunião com o empresário do jogador, se isso for verdade o Santos pode entrar na Justiça (esqueci o nome do órgão da FIFA para causas jurídicas) contra o time da Capital, pois o jogador ainda não está dentro do prazo de seis meses para encerramento de contrato e está caracterizada a tentativa de aliciamento, com certeza a causa seria ganha e o time da Capital receberia algum tipo de punição…

    Abraço,

    Adildo…

    Adildo, grato pela explicação sobre a divisão dos grupos da Libertadores. Não vi o Fredes jogar, mas prefiro não discutir nomes. Parece que o Santos fará um esforço pelo Elano e talvez ainda pelo Lucas, o que tornaria o meio-campo maravilhoso. Também não sei que Amaral é este. Acho que o Ricardo Oliveira pode ser uma boa, se bem que se machuque bastante. Quanto ao Maicon Leite, não sei ao certo se o santos o quer de volta ou pretendo usá-lo como moeda de troca para conseguir um jogador em uma posição mais carente. Abraço.

  29. Sensacional esse video, Pelé apanhou bastante só nesse resumo imagina a partida toda.

    Fora o drible que ele aplicou no zagueiro antes de marcar o gol.

  30. Acabou de sair no site oficial do Santos que, à pedido do técnico Adilson Batista, o Peixe utilizará essas ultimas duas partidas para testes, tanto que contra o Avaí Felipe Anderson, Bruno Aguiar e Rodrigo Possebom serão TITULARES ao invés de EDU DRACENA,BRUM e MARQUINHOS.
    http://www.santosfc.com.br/noticias/conteudo.asp?id=23383

    ALELUIA IRMÃOS SANTISTAS!

    Sim, serão titulares. Ainda bem.

  31. Odir. É verdade que até 1980 o campeonato paulista era mais importante que brasileiro/liberta/mundial?

    Um amigo meu me falou isso hj …

    Falou que quase nem saía matérias nos jornais sobre esses campeonaots. Que so falavam do paulista …

    Confere ?

    Reconheço que os estaduais tinham muito mais importância do que hoje, mas o Campeonato Paulista nunca foi mais importante do que o Brasileiro, com todos os nomes que ele teve desde 1959. Porém, como boa parte dos times de grande torcida não participavam da Taça Brasil e não tinham chance de ganhar o Roberto Gomes Pedrosa, ou o Campeonato Nacional, a imprensa dava mais espaço aos regionais.

  32. Victor Abreu Diniz

    Também já ouvi interesse de outros clubes no Maikon Leite, Adildo, mas também vi em uma reportagem no lance, que o a diretoria quer o jogador de volta na vila ano que vem. ele tem contrato até o meio do ano que vem, se não estou enganado.

    E o Amaral, é o do Goiás mesmo

    Eu postei a ouvidoria do site oficial sobre o Madson

    Acho que foi feito uma injustiça com o baixinho guerreiro, menino da vila Madson!

  33. Odir, nesse vídeo sem os recursos de hoje, não é possível ver os detalhes da jogada, mas, o Pelé da uma aula de futebol, não existe nada similar no mundo, ele enfrenta uma zaga disposta a dar pontapé de forma explícita, ele encara vai pra cima do zagueiro, devolve as pancadas também quando pode, ele enfia a bola debaixo das pernas, do lado, sempre em direção ao gol. Só você mesmo para definir com palavras o que Rei fazia, não é a toa que ele transformou o futebol no esporte mais popular do mundo. O Segundo gol do jogo, dele, foi uma enterrada na raça a la basquete.

    Rsss. Isso mesmo, Ernesto. E no segundo gol sabe quem levou a bola entre as pernas? Orlando Peçanha, brasileiro campeão do mundo em 1958, que depois dessa Libertadores seria contratado pelo Santos.

  34. Odir, bom dia. Vale a pena dar uma olhado no blog do Torero,em http://bit.ly/gDiS32 . Há um post interessante sobre os Campeonatos Brasileiros pré 1971. Abraço.

    Claro que lerei o grande Torero. Estou indo lá. Obrigado Ailton.

  35. Odir e ai, tudo na paz, elano ja esta certo, concordas? porque seria uma loucura fazer uma viagem dessa sem ter um sinal verde, quanto ao amaral do goias, não tem futuro, ainda se fosse o toloi zagueiro, poderia dar uma bôa troca pelo madson, mas amaral/brum/adriano ta tudo no mesmo nivel, quer dizer e trocar 6 por meia duzia, a não ser que o madson ta danto muito trabalho.

    Foram para acertar o negócio. Esperemos…

  36. Bom dia! Como é bom chegar aqui no blog do Odir e saber que os santistas daqui são bem mais lúcidos e inteligentes do que em outros blogs santistas. Nesses, qualquer opinião emitida já vem um sabichão e diz que ou você é marcelete ou laorete. Fica uma briga interminável de disputa entre presidentes do Santos, quem foi melhor, isso e aquilo! Cansa! Creio que alguns daqui sabem do que estou falando! Repetição cansativa das mesmas ladainhas, nada de inovador, diferente ou soluções para o Santos, somente disputa política. Bom fim de semana a todos!

    Aqui todos são Santos.

Deixe um Comentário


NOTA - Você pode usar estesHTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>