Está bem. Não direi que a Timemania mostra que a torcida do Santos cresce e já é, tranqüilamente, uma das quatro maiores do País. Não direi não porque não acredite nisso, mas porque não há como comprovar cientificamente. Porém, veja que a Timemania mede, no mínimo, o ânimo do torcedor. E o que faz uma torcida crescer ou diminuir, além do ânimo?

Entenda ânimo como entusiasmo, aquela motivação especial que o leva a fazer parte de um grupo, respeitar uma bandeira, cantar um hino com amor, sofrer ou se alegrar com os resultados de 11 marmanjos correndo atrás de uma bola.

Pois veja, meu amigo, como a Timemania ao menos mede, como nenhum outro instituto de pesquisa, o ânimo do torcedor brasileiro. O Palmeiras tem uma grande torcida? Sim, claro. Mas estou aqui com o resultado do último teste da Timemania, o de número 164, e ele mostra que o time da colônia italiano caiu para a oitava posição entre os mais apostados, uma posição à frente do time da colônia portuguesa do Rio.

Sim, o Palmeiras é o oitavo e o Vasco o novo. É o que eu digo: torcedor não é bobo. O Fluminense, campeão, pulou para sexto lugar em apostas, à frente de Internacional, Palmeiras, Vasco, Botafogo, Cruzeiro e Atlético Mineiro – clubes que os institutos dizem ter mais torcedores do que o tricolor carioca.

Os primeiros continuam sendo Flamengo seguido de Corinthians. Torcedores tipo mulher de malandro, flamenguistas e corintianos não se importam com os fracassos em campo. Eles, torcedores, se bastam. Na verdade, estes clubes, ao longo do tempo, fizeram seus maiores espetáculos nas arquibancadas.

O Santos, mesmo prosseguindo no terceiro lugar do acumulado do ano, com mais 46 mil votos a mais do que o São Paulo, ficou 1.200 votos atrás do time do Morumbi no último teste. O que isso quer dizer?

Não sei explicar o que fez os são-paulinos votarem mais do que os santistas no teste 164. Os dois times fizeram uma pálida figura nos últimos jogos do Brasileiro e o São Paulo nem ao menos conseguiu uma vaguinha para a pré-Libertadores. A Timemania virou uma opção tricolor.

Palmeirense ficou bem desanimado. Santista continua confiante

Mas o que intriga mesmo é a queda de apostas no Palmeiras como “o time do coração”. Se recentemente o Ailton, palmeirense que frequenta este blog, veio mostrar, todo orgulhoso, que o Palmeiras era o terceiro em apostas, superando o Santos, por que o time do Parque Antártica caiu tanto, se vinha lotando o Pacaembu nos jogos da Copa Sul-americana?

Olha, não tenho explicação para o fato, a não ser apelar para a sabedoria popular e defini-lo como “a melhora da morte”. Isso mesmo. Há muitas histórias do doente terminal que um dia tem uma melhora, levanta, faz a barba, toma café e… morre.

A Sul-americana representou o último esforço do Palmeiras e de sua esperançosa comunidade de conseguir um títulozinho para fechar esta década tão ingrata aos esmeraldinos. Com o retumbante fracasso representado pela derrota, de virada, para o rebaixado Goiás, em pleno Paulo Machado de Carvalho, adveio a prostração definitiva.

E, pergunto, o que aumenta ou diminui as torcidas, a não ser o ânimo? Quantos nunca mais irão a um estádio, ou ficarão anos sem fazê-lo, depois de uma desilusão dessas?

Quantos palestrinos, desde que amem mais a seus filhos do que ao Palmeiras, não permitirão e até incentivarão, veladamente, que seus rechonchudos rebentos tenham outras preferências futebolísticas? Afinal, que pai gosta de ver o filho sofrer?

“Olha o cabelo desse cara, que bonito, bambino!”, dirá um, mostrando Neymar para filho. “Olha como joga esse Ganso! Maestro!”, exclamará outro. “E esse Elano! Mama mia! gritará outro. E assim o pequeno ser verde descobrirá o caminho da verdade, do talento, da arte e da luz e nunca mais precisará abrir o berreiro em rede nacional.

Ranking do concurso nº 164

1º FLAMENGO RJ 51.412 5,83 %
2º CORINTHIANS SP 46.453 5,27 %
3º SAO PAULO SP 33.852 3,84 %
4º SANTOS SP 32.645 3,7 %
5º GREMIO RS 32.219 3,65 %
6º FLUMINENSE RJ 30.525 3,46 %
7º INTERNACIONAL RS 29.350 3,33 %
8º PALMEIRAS SP 29.321 3,33 %
9º VASCO DA GAMA RJ 26.814 3,04 %
10º BOTAFOGO RJ 24.717 2,8 %
11º CRUZEIRO MG 24.405 2,77 %
12º ATLETICO MG 20.278 2,3 %
13º BAHIA BA 19.269 2,19 %
14º GOIAS GO 15.195 1,72 %
15º JUVENTUDE RS 15.098 1,71 %
16º FORTALEZA CE 14.822 1,68 %
17º CORITIBA PR 14.177 1,61 %
18º VITORIA BA 13.643 1,55 %
19º CEARA CE 12.259 1,39 %
20º ABC RN 11.640 1,32 %
21º ATLETICO PR 10.462 1,19 %
22º GUARANI SP 10.378 1,18 %
23º AVAI SC 10.235 1,16 %
24º SPORT PE 10.040 1,14 %
25º SANTA CRUZ PE 9.215 1,05 %
26º TREZE PB 8.810 1 %
27º LONDRINA PR 8.593 0,97 %
28º JOINVILLE SC 8.243 0,94 %
29º NAUTICO PE 8.080 0,92 %
30º ATLETICO GO 7.825 0,89 %

Acumulado do ano

1º FLAMENGO RJ 3.490.951 6,52%
2º CORINTHIANS SP 2.889.931 5,40%
3º SANTOS SP 2.085.369 3,89%
4º SAO PAULO SP 2.039.266 3,81%
5º PALMEIRAS SP 2.027.963 3,79%
6º GREMIO RS 2.004.328 3,74%
7º INTERNACIONAL RS 1.785.764 3,34%
8º VASCO DA GAMA RJ 1.722.813 3,22%
9º BOTAFOGO RJ 1.511.714 2,82%
10º CRUZEIRO MG 1.449.520 2,71%
11º FLUMINENSE RJ 1.385.015 2,59%
12º ATLETICO MG 1.240.893 2,32%
13º BAHIA BA 1.141.347 2,13%
14º FORTALEZA CE 926.635 1,73%
15º VITORIA BA 836.611 1,56%
16º GOIAS GO 820.590 1,53%
17º CEARA CE 739.602 1,38%
18º ATLETICO PR 702.895 1,31%
19º ABC RN 674.845 1,26%
20º CORITIBA PR 668.459 1,25%
21º AVAI SC 655.006 1,22%
22º JUVENTUDE RS 648.872 1,21%
23º SPORT PE 606.455 1,13%
24º SANTA CRUZ PE 605.025 1,13%
25º GUARANI SP 557.583 1,04%
26º TREZE PB 535.516 1,00%
27º LONDRINA PR 509.924 0,95%
28º JOINVILLE SC 493.751 0,92%
29º NAUTICO PE 487.657 0,91%
30º PORT DESPORT SP 483.992 0,90%

Será que a Timemania, ao retratar o momento, não representa a tendência de aumento ou queda das torcidas?