Em Campinas, Elano voltou a roubar a cena. Apesar das trapalhadas da defesa, que teve como zagueiros os Brunos Aguiar e Rodrigo, Elano fez um gol de falta e começou a jogada que resultou no gol de empate de Maikon Leite. O 2 a 2 foi bom, já que o time jogou 33 minutos no segundo tempo com um jogador a menos, devido à expulsão do goleiro Rafael (no lance do pênalti que gerou o segundo gol da Ponte Preta).

Mas, com o empate do Santos e a vitória do Palmeiras sobre o Mirassol, em Mirassol, por 1 a 0, a liderança do Campeonato Paulista, agora, é do Alviverde. O detalhe é que o Palmeiras jogou sem suas estrelas e foi melhor do que quando elas estão em campo.

Em Tolima, o vexame anunciado

Do jeito que o Corinthians tem jogado este ano, não se podia esperar outro resultado em Tolima, na Colômbia, do que uma vitória do time local. E 2 a 0 foi pouco, já que o alvinegro paulistano não mostrou absolutamente nada. O campo é péssimo? É. Mas é ruim pros dois lados. Assim, o Corinthians se supera e passa o seu maior vexame de todas as suas participações da Libertadores. Na verdade, nem foi Libertadores, foi Pré.

Não sei o que vai acontecer hoje, mas me arrisco a dizer que Tite não fica. Para mim, está na cara que o time não morre de amores por ele. E essa contusão do Roberto Carlos… Sei não, mas nunca vi um Corinthians tão desanimado em um jogo tão importante. Perdeu caminhando. Jogou sem sangue. De saco cheio, os corintianos que foram a Tolima, gritavam, ao final da partida: “Aqui tem um bando de idiotas”.

Ronaldinho contra o poderoso Nova Iguaçu

No Rio, 37 mil flamenguistas lotaram o Engenhão para ver a estréia de Ronaldinho Gaúcho contra o poderosíssimo Nova Iguaçu – que teve a maior chance de gol do primeiro tempo. A vitória rubro-negra só veio na segunda etapa, com o coadjuvante útil Wanderley.

Ronaldinho? Fez o que tem feito nos últimos cinco anos: muito pouco. Uma ciscada pra cá, uma cobrança de falta pra lá, nenhum drible pra frente, algumas metidas de bola, ou tentativas de. A esperança do Flamengo é que o departamento de marketing pedale e faça mais gols do que o dentuço.

Hoje, Neymar, o verdadeiro craque

Ontem, de craque mesmo, só vimos Elano. Ronaldo, cujo salário é um fenômeno, está naquela fase em que sair de campo sem dores já é lucro. Ronaldinho tem mais fôlego do que o corintiano, mas lhe falta inspiração. Dribles, gols, serviços, ginga, só mesmo no jogo das 0h10m desta sexta-feira, entre Brasil e Colômbia, pelo Sul-americano Sub-20. O problema é que Neymar já tem um amarelo e se levar outro ficará de fora do clássico contra a Argentina.

O que você achou dos jogos de ontem?