Caro Odir,

Copio ao Arnaldo Hase, nosso assessor de imprensa, e ao Paulo Schiff, nosso diretor nesta área.

O SFC não pretende negociar o primeiro contrato profissional de mais um de seus promissores talentos pela imprensa, mas julga importante registrar que:

· Nesta quinta-feira, 24, foi realizada uma reunião para apresentarmos a contra-proposta do SFC, que não foi aceita;

· Fomos informados pelo pai do atleta de que no sábado, dia 26, ele estaria seguindo para a Europa, tratar da negociação de transferência do Jean, e que só esperaria por uma nova contra-proposta do SFC até 18:00 de sexta-feira, dia 25.

· Ponderamos que o clube precisaria de mais alguns dias, até mesmo porque o presidente Luis Alvaro encontrava-se ausente, realizando exames médicos de rotina.

· O pai do atleta manteve-se irredutível, reiterando que só esperaria até 18:00 desta sexta-feira, 25, para avaliar uma nova contra-proposta do clube.

· Acuados pela pressão do prazo, capitulamos, aceitando apresentar uma nova contra-proposta no prazo exigido e, assim, a reunião foi encerrada.

· Para surpresa geral, às 23:30 de quinta-feira, dia 24, por telefone, o pai do atleta comunicou que a decisão de deixar o clube era irreversível, sem aguardar pela apresentação na nova contra-proposta, conforme combinado.

· Lembrando que a data para a celebração do primeiro contrato profissional será no dia 12 de maio, quando o atleta completará 16 anos, reiteramos que o clube continuará aguardando que o pai do atleta reflita melhor sobre esta decisão intempestiva, acreditando, também, que o compromisso assumido de que o jogador não irá para nenhum outro clube do Brasil seja cumprido.

Abs,

Pedro