Hoje Muricy Ramalho confirmou que será o novo técnico do Santos. E o Jean carlos Chera resolveu não ir embora. Ótimo, depois falamos sobre isso. Porque neste momento, o assunto que interessa mesmo é a Libertadores, e amanhã às 19h30m, duas horas antes de Santos e Colo Colo, haverá outro jogo importante, em que o santista será Deportivo Táchira desde criancinha.

Por que torcer pelo Táchira? Ora, porque o Cerro Porteño, seu adversário, tem cinco pontos ganhos e três gols de saldo. Se vencer, fora de casa, o Cerro ficará em uma situação privilegiada para conquistar uma das duas vagas do grupo. Porém, se perder, poderá até ser ultrapassado pelo Santos nesta rodada.

Não é tão simples, mas possível. Vejamos. Caso perca por uma diferença de dois gols, o Cerro continuará com os mesmo cinco pontos e verá seu saldo diminuir para apenas um gol. Como tem um gol de déficit, o Santos poderá ir a cinco pontos e dois gols de saldo, caso vença o Colo Colo, amanhã, por uma diferença de três gols.

Um empate já será ótimo para o Santos

Mas um empate entre Táchira e Cerro já será bastante benéfico para o Santos, que deixaria de precisar de três vitórias para se classificar. Neste caso, ganhando os dois jogos na Vila (Colo Colo e Deportivo Táchira) e empatando em Assunção (Cerro), o Alvinegro Praiano se garantiria nas oitavas.

Portanto, a torcida santista na Libertadores também estará na Venezuela, com Deportivo Táchira e Cerro Porteño. Em Assunção, o Táchira obteve um ótimo empate em 1 a 1. Amanhã poderá até vencer, desde que não se empolgue muito, pois contra o Colo Colo foi à frente e acabou perdendo por 4 a 2.

Reveja o golaço de Sergio Herrera, colombiano do Deportivo Táchira, que empatou o jogo com o Cerro Porteño em Assunção. Que isso se repita…

E você, o que acha que dará amanhã entre Deportivo Táchira e Cerro Porteño?