Plantar notícias de que os craques do Santos serão contratados por seus rivais, como já vimos em posts anteriores deste blog, é coisa velha.

Em 1969 boa parte dos veículos de comunicação do país noticiaram que Pelé iria para o Flamengo em troca de dois bilhões de cruzeiros.

Especulava-se que o clube carioca tivesse obtido apoio do Governo Militar – interessado usar o futebol para seduzir as massas – para conseguir a verba. O certo é que testemunhas comprovam que havia mesmo este valor disponível para a maior contratação da história do futebol.

Era tanto dinheiro, que muitos jornalistas já davam a negociação como certa. Como o Santos poderia recusar tanto dinheiro?

Foi preciso que Athié Jorge Cury, presidente do Alvinegro Praiano, desse uma entrevista – curta e grossa – sobre o assunto.

Reveja, neste filme histórico da antiga TV Tupi, o grande presidente santista respondendo às especulações da imprensa esportiva da época:

http://youtu.be/c4bVSD4XFvo

Percebeu como colocar jogadores do Santos nos rivais não é de hoje?