Como se sabe, Seedorf acaba de renovar com o Milan. Antes disso, porém, muitos aqui no Brasil deram como certa sua contratação do pelo alvinegro da capital paulista.

O caso nos dá uma oportunidade de analisar o que é certo e errado no jornalismo esportivo. O correto seria divulgar a notícia como ela realmente é e deixar claro a diferença entre o interesse do clube e a confirmação da contratação do jogador.

Será que este caso Seedord reflete apenas a ânsia pelo furo que acomete os profissionais inexperientes, ou os não profissionais? Ou é mais um episódio de forçação de barra para manter o clube em questão em evidência? Nunca se saberá…

Veja, ouça e tire suas próprias conclusões:

O QUE UM JORNALISTA NÃO PODE FAZER

AGORA, A ATITUDE CORRETA

http://youtu.be/sueCTNcCQOE

Como hoje muitos veículos de comunicação não exigem qualquer formação específica de seus “comentaristas”, ao menos deveriam inscreve-los em um curso de Português e de técnicas e ética jornalísticas. O público seria bem melhor informado. Concorda?