Um é ídolo de muitos brasileiros. Foi campeão mundial em 2002 e é o recordista de gols em Copas do Mundo. Tudo bem que dos 15 gols, só marcou dois contra uma seleção campeã do mundo (Alemanha). No mais, fez dois contra a Turquia, dois contra a Costa Rica; dois contra o Chile, dois contra o Japão. um contra a China, um contra Gana…

Mesmo assim, como eu disse, é um ídolo para muitos. E ao parar de jogar, depois de se arrastar em campo nas duas últimas temporadas, o que faz? Promete que vai ajudar o futebol brasileiro. Como? Ora, levando nossos jovens craques para a Europa.

E com esse objetivo foi para a Copa América e ficou horas enchendo o saco do Neymar, tentando fazer a cabeça do garoto para ir para o Real Madrid, em troca de uma gorda… comissão.

O outro é o empresário Wagner Ribeiro, um conhecido mercador de talentos do futebol nacional. Bem, este ao menos não esconde o jogo. Reconhece que trabalha o tempo todo para tirar o pouco que resta de beleza e esperança em nossos campos em troca de dinheiro.

Como agente de Neymar, Ribeiro assinou um contrato paralelo com o Real Madrid e espalhou para os jornalistas amigos que o Menino de Ouro já tinha sido contratado pelo clube espanhol.

Ambos, Ronaldo e Wagner Ribeiro, agiram o tempo todo contra os interesses do nosso futebol e, não resta dúvida, continuarão agindo. É profissional? Bem, pode-se dar o nome que quiser a qualquer atividade.

Ribeiro, um ex-funcionário administrativo, faz o que descobriu ser uma mina de ouro. Não tem escrúpulos moralistas. Ronaldo, um ex-garoto pobre revelado por São Cristóvão e depois Cruzeiro, poderia contribuir para que o país não precise mais se desfazer de seus meninos bons de bola da mesma forma que mães solteiras dão os filhos para serem adotados por estrangeiros.

Mas Ronaldo só quer ficar mais rico. Uma pena. E o pior é que ainda alega que quer ajudar o futebol brasileiro. Bahhh… Que ao menos siga o exemplo de seu sócio e fale a verdade.

E você, o que diria para Ronaldo e Wagner Ribeiro para consolá-los por terem perdido o grande negócio com o Real Madrid?