O clima de guerra anunciado se comprovou e o Santos foi recebido com hostilidade pela torcida de Cascavel, ontem à noite, pelo jogo de volta das quartas-de-final da Liga Futsal. Porém, na quadra, a maior categoria do Alvinegro Praiano superou a garra do time paranaense e com o empate de 2 a 2 o Santos – que havia goleado na Arena Santos por 6 a 1 – se classificou para a semifinal da Liga e agora decidirá uma vaga na decisão com a forte equipe do Florianópolis.

Apesar da larga contagem no primeiro jogo, o Santos seria obrigado a jogar a prorrogação caso perdesse pela diferença mínima. Por isso, tratou de impor sua superioridade e terminou o primeiro tempo com a vantagem de 2 a 0, gols de Jé, encobrindo o goleiro, e Jackson, concluindo bela jogada de Valdin.

Mas o Cascavel não desistiu. Hugo marcou o primeiro gol do time paranaense logo no início do segundo tempo e Caça empatou quando faltava um minuto e meio para o final da partida. Os últimos segundos foram eletrizantes, mas o Santos segurou o empate e agora, em datas a serem definidas, enfrentará o Florianópolis, que eliminou Marechal Rondon.

Atual campeão da Copa Libertadores no futebol profissional, o Santos é bicampeão da Libertadores no futebol feminino e está perto do título da Liga Nacional de futsal, ou o título brasileiro do futebol de salão. Com isso, como era o plano do marketing do clube no início do ano, o Santos poderá fechar o ano como um dos mais destacados praticantes de futebol no planeta.

Como o time de futebol de campo dificilmente brigará pelo título brasileiro, prevejo que o futsal concentrará as atenções do santista nas próximas semanas – principalmente se a devisão da Liga for contra o rival Corinthians, que jogará a outra semifinal. Gostaria de saber se você está disposto a empurrar o time de Falcão & Cia na busca deste título inédito…