Amigos e amigas, o futebol prega peças. Todo mundo se lembra do enjeitado Adriano Gabiru, herói do Internacional no título mundial de 2006. No ano anterior, a proeza de fazer o único gol do jogo, que deu o título ao São Paulo, foi do modestíssimo Mineiro. E agora, amigos e amigas, teremos Ibson no Mundial.

Para vocês terem uma idéia do que Ibson tem representado para o Alvinegro Praiano, eu direi que é o jogador de pior custo x benefício já contratado pelo Santos em toda a história do clube. Até Keirrison, Edmunso e Marcelinho Carioca deram mais retorno do que ele. Na verdade, creio que apenas Luizão, ex-Corinthians e Palmeiras, foi mais irritantemente nulo e caro do que Ibson.

Pois bem, mas vejam que o rapaz vai para o Mundial. Vai pro banco, na verdade, mas aí é que mora o perigo. Quem está no banco, pode entrar, principalmente se não tiver outro, ou se Muricy Ramalho não tiver coragem de fazer o óbvio, que é colocar Felipe Anderson no lugar de Paulo Henrique Ganso, caso haja algum problema (toc-toc-toc) com o maestro.

Só falta o Ibson entrar e jogar o que nunca jogou no Santos. Acho muito difícil, mas nunca se sabe. Só falta imitar o Gabiru e o Mineiro e fazer o gol do título. Aí eu entro em recesso! Mas feliz, claro.

Confira de novo a lista dos santistas que vão para o Japão: os goleiros Rafael, Aranha e Vladimir; os zagueiros Durval, Edu Dracena, Bruno Aguiar, Bruno Rodrigo e Vinicius Simon; os laterais Danilo, Léo e Pará; os volantes Arouca, Henrique e Anderson Carvalho; os meias Elano, Paulo Henrique Ganso, Felipe Anderson e Ibson, e os atacantes Neymar, Borges, Alan Kardec, Diogo e Rentería.

Só faltou o pobre do Rodrigo Possebon, um bom rapaz, mas outra contratação estapafúrdia. O coitado vem sendo tão esquecido, que nem na hora de receber a medalha de campeão da Libertadores se lembraram dele. Até o roupeiro ganhou medalha, mas o pobre Possebon, não.

A Fifa já avisou que só mandará 36 passagens para o Santos. Ué, mas não dá e sobra para time e comissão técnica? Sim, mas o Santos queria mais. Só espero que o clube não pague passagens para nenhum diretor ou conselheiro. Não é hora de tirar dinheiro do caixa para fazer turismo. Quem quer ir e não estiver trabalhando, que pague a sua.

A delegação embarca para o Japão segunda-feira à noite. A estréia, dia 14, será contra o Monterrey, do México, ou Auckland, da Nova Zelândia, ou ainda o campeão japonês. Acho que será o time mexicano e não haverá moleza. Eles têm um futebol bem similar ao brasileiro e são extremamente competitivos.

Atenção para quem vai ao Aeroporto de Guarulhos participar do Mar Branco e desejar boa sorte aos gerreiros do Santos: O embarque será dia 5, segunda-feira, às 19 horas. Pode levar bandeiras! É melhor chegar bem mais cedo. Vamos curtir o momento! #marbranconoaeroportocumbica

E aí, o que esperar de Ibson & Cia no Japão?