Estou ouvindo um zum-zum-zum de que talvez Santos e Corinthians joguem com times mistos domingo, já que terão compromissos pela Copa Libertadores no meio da semana. Posso ser antigo, mas me acostumei a ver os times completos no Grande Jogo e acho que o torcedor merece esse respeito.

Mas se o alvinegro da capital quiser colocar um time aspirante, ou até juvenil, que o faça. Seria uma delícia ver Neymar, Ganso & Cia jogando contra um bando de garotos assustados. Ah, como seria bom…

Se o santista se lembra bem, no ano passado o time também vivei uma maratona exaustiva tentando ganhar tanto o Paulista quanto a Libertadores. E ganhou os dois. Depois, quando teve mais folga para se preparar, não ganhou mais nada. Por que será?

O verdadeiro esportista tem um caráter afeito a desafios. Jogar no domingo e depois na quarta pode lhe cansar um pouco mais o corpo, mais lhe aguça o espírito, lhe dá mais ritmo e coordenação. E se um ou outro se machucar, paciência. Isso pode acontecer até em treino.

Me corrijam se eu estiver errado, mas Edu Dracena, Durval e Borges jogaram contra o Barcelona e depois entraram de férias, certo? E depois de um mês de férias voltaram ao clube machucado. Como se explica isso? Não era para ter descansado, se recuperado do desgaste físico do ano?

Bem, já deu pra ver que esse negócio de poupar não é comigo. Mas, se é tão importante poupar alguns jogadores, eu escalaria o Santos com Aranha, Fucile, Edu Dracena, Bruno Rodrigo e Juan; Arouca e Henrique; Paulo Henrique Ganso e Felipe Anderson; Neymar e Alan Kardec. Tá bom?

E você, pouparia os titulares domingo, ou escalaria o Santos completo?