Para quem imaginava uma goleada, o Santos decepcionou. Mas para quem sabe como a Copa Libertadores é traiçoeira, a vitória por 2 a 0 sobre o The Strongest, do jeito que foi, mostrou que o time está determinado e se mantém tranquilo mesmo diante de uma situação complicada.

Mais uma vez Alan kardec entrou e fez o que Borges tem tentado em vão, que é o gol. Neymar também perdeu boas oportunidades, mas acabou deixando o seu. Agora faltam apenas dois gols para o Menino de Ouro chegar a 100 com a camisa do Santos. Vale uma contagem regressiva!

Com o resultado o Santos pegará outro time boliviano nas oitavas de final: o Bolivar, que tem como maior arma jogar a primeira partida na altitude. Se for bem na Bolívia, o Santos garante a classificação no Pacaembu sem maiores problemas.

Com 13 pontos ganhos, o Santos foi o terceiro melhor da fase inicial da Libertadores. Os pontos não são cumulativos, como no Paulista. Portanto, ele só terá a vantagem de jogar o segundo jogo da final em casa se não enfrentar nenhum dos dois times que se classificaram na sua frente.

O primeiro foi o Fluminense, que agora pegará o Internacional. O time gaúcho, jogando muito mal, perdeu para o Juan Aurich por 1 a 0 e teria ficado de fora da Libertadores caso o The Strongest vencesse o Santos ontem. O Colorado ficou devendo essa para o Alvinegro Praiano.

O segundo mais bem classificado desta fase, o alvinegro da capital, pegará o Emelec, que está cheio de moral depois de conseguir uma classificação heróica, eliminando o Flamengo.

E você, o que achou do jogo de ontem e dos confrontos das oitavas?