Bruno Rodrigo comemora o gol da vitória do Santos (Ricardo Saibun, Santos FC)

Com Neymar em grande tarde, coadjuvado por André, que marcou dois gols, o Santos não só bateu o alvinegro paulistano por 3 a 2, em jogo bem movimentado, como exorcizou a inhaca que tomou conta do time depois da eliminação da Copa Libertadores para o mesmo rival.

Além dos gols, o Alvinegro Praiano teve mais duas chances claras de gol – uma com André, outra com Arouca. Mesmo sem estar totalmente azeitado, o tricampeão paulista procurou mais a vitória e por isso o resultado foi justo, apesar de o segundo gol, de André, ter sido marcado em impedimento (o Santos tem crédito, pois já foi prejudicado inúmeras vezes contra o alvinegro da zona leste paulistana).

O técnico Muricy Ramalho demonstrou um pequeno avanço na sua retrancabilidade ao escalar o meio de campo com dois volantes (Adriano e Arouca) e dois meias (Patito Rodríguez e Paulo Henrique Ganso). Depois colocou Felipe Anderson no lugar de Patito, mantendo a característica ofensiva do setor.

Para a imprensa, Neymar e André foram os destaques do jogo, mas não se pode esquecer o gol decisivo de Bruno Rodrigo, que – reparem bem no filme com os melhores momentos do jogo – saltou em uma área na qual estavam dez jogadores da equipe adversária e acertou uma cabeçada certeira no canto direito do goleiro Cássio, que voltou para São Paulo com três gols no balaio.

No final, os 12 mil santistas na Vila cantavam que “o campeão voltou!”. Acho que ainda é cedo para ser tão otimista. Mas a verdade é que desde a volta de Neymar da Seleção o Santos já soma duas vitórias consecutivas e com três gols marcados em cada uma delas.

O futebol da equipe ainda está longe de ser primoroso, mas foi só lutar um pouquinho mais, entrar com mais determinação, e duas boas vitórias já foram obtidas. Agora a equipe tem 23 pontos e está a 11 do G4, sete acima da zona de rebaixamento.

Reveja os melhores lances da vitória do Santos:

http://youtu.be/CyGyAwiovQI

O que você achou de Santos 3, alvinegro paulistano 2?