Por Murillo Carneiro

Sou um leitor assíduo do blog e preciso confessar: Odir, suas análises e textos estão fazendo falta!
Dessa forma, em seu período de férias, me senti convidado a escrever sobre algo que já está me irritando há algum tempo.

Críticas, críticas e mais críticas. É apenas isto que tenho ouvido de Muricy Ramalho nesta temporada. É comum ouvirmos que o jogador Beltrano precisa adotar uma postura diferente, que o Fulano precisa se movimentar mais, que os jovens Ciclanos possuem defeitos de fábrica. Ora, eu jamais vi um treinador reclamar tanto ganhando tão bem e com um elenco que se não é o melhor do Brasil, está entre os cinco melhores.

Quando era criança, minha mãe me ensinou que era feio apontar para os defeitos das pessoas e que antes de o fazê-lo deveria olhar para os meus. Ouvia ainda que era importante fazermos críticas construtivas, mas que também era importante saber recebê-las. Finalmente, ela dizia que, apesar de tudo, todos também temos qualidades e que era importante percebê-las nas pessoas.

Logo, aproveito estes ensinamentos e o espaço deste blog para colocar algumas críticas (construtivas, obviamente) ao nosso querido Muricy, pois ao que parece, diante de resultados ruins, a culpa é sempre do Santos que não contrata jogadores, que possui elenco “limitados”, etc…. Aqui vão algumas sugestões meu caro treinador do Santos:

1) Pare de reclamar da falta de jogadores, pois o Santos possui bons jogadores. Além disso, você recebe muito dinheiro justamente para trabalhar. Pense um pouco: se o Santos tivesse todos esses jogadores que você pede, não precisaríamos de um técnico que ganhasse o quanto você ganha. Poderíamos convidar o João Bobão e ele certamente conseguiria resultados muito bons.

2) Não critique os jogadores na imprensa. Lembra aquela velha história de que roupa suja se lava em casa? Criticando os jogadores na imprensa você critica o clube que investe neles, desvaloriza o jogador no mercado e ainda critica o seu próprio trabalho, pois, em campo, o jogador faz o que o treinador manda (salvo alguns gênios que jogam por si só como Neymar!!!).

3) O Santos não é um time retranqueiro e jamais vai ser. Não nade contra a maré! Tenha bom senso. O torcedor sabe o que diz.

4) O Santos é o time que mais revela grandes jogadores para o futebol brasileiro. Se há um defeito de fábrica, este é o grande responsável por fazer os raios caírem sempre no mesmo lugar. Dê sequencia e confiança aos jovens e eles manterão o seu alto salário e o seu cargo.

É claro, há também aspectos positivos a se observar no treinador do Santos e eu gostaria de deixá-los aqui:

1) Muricy cobra da diretoria e da CBF. Diante de uma diretoria fraca, e repleta de gentilezas com tudo que é padaria de esquina, como a do Santos, alguém precisa defender os interesses do clube, e Muricy o faz! Gosto quando ele cobra a CBF por esse calendário amador (que os dirigentes dos clubes aprovam todo ano). Gosto quando ele crítica a seleção brasileira e seus amistosinhos que só servem pra mostrar o quanto Mano Menezes é incompetente e despreparado para comandar a seleção. E ainda, gosto quando ele faz aquilo que é óbvio mas que nenhum dos dirigentes santistas têm coragem de fazer: mostrar o quanto o Santos é prejudicado por todas essas lambanças que acontecem no futebol brasileiro.

2) Muricy entende de futebol. É um treinador correto, bastante profissional e que tem a confiança do grupo.

Esse é o meu olhar sobre o treinador do Santos. Realmente, estou cansado de tantas reclamações por parte dele. Além disso, todos os jogadores que aparecem no mercado, ele quer. Ora, isso é a mais pura falta de planejamento! Por fim, reitero: Muricy, você é competente e um bom treinador, não precisa aparecer tanto na impressa. Precisa sim, é trabalhar! Trabalhar para que o Santos seja mais ofensivo e menos neymardependente.

E vocês, também estão cansados de tanta reclamação por parte do treinador do Santos? Quais aspectos positivos e negativos vocês apontariam sobre ele?