Este blog tinha prometido a alguns leitores que, como é tradicional ao final das temproadas, faria uma enquete nesses dias para saber do santista quem ele quer que continue, ou saia do Santos. Porém, pelas notícias que temos, o clube está sem dinheiro para contratações, o que obriga o torcedor a ser menos exigente: será que valeria a pena mandar embora o Miralles e ter no seu lugar o Roger, da Ponte Preta?

Por isso, não dá simplesmente para fazermos uma lista de dispensa sem saber das reais possibilidades financeiras do Santos, que, ou consegue patrocinadores suficientes para pagar o astro Neymar, ou terá de usar boa parte de seus recursos para isso, comprometendo as contratações.

É necessário ouvir alguém da diretoria

Desde ontem iniciei os contatos para obter uma entrevista com um membro importante do comando do Santos. Creio que não haverá problema, pois imagino que a direção do clube saberá respeitar a vontade e o interesse dos mais de 40 mil santistas que frequentam este blog.

Sem sabermos quais as reais possibilidades, ou conhecermos a estratégia do clube na área das contratações e reforço de elenco, tudo o que dissermos ou sugerirmos aqui poderá ser em vão.

Minha ideia é a de que logo que a entrevista seja marcada, os leitores do blog sejam consultados sobre as perguntas que deverão ser feitas ao dirigente santista. Seria uma forma de darmos voz ao torcedor. Também tenho as minhas questões, claro, mas gostaria de transformar essa entrevista em uma forma livre e direta de participação do santista nos destinos do clube.

Tudo, evidentemente, com o respeito que as pessoas que dirigem o clube merecem. Não podemos julgar o que não entendemos. Por isso, antes de mais nada, ouçamos o que eles têm a dizer.

Você não acha que está na hora de ouvir alguém da direção do clube?