O que mais podemos desejar para 2013, além de harmonia? Harmonia entre as pessoas, mesmo as de credo, costumes, línguas e times diferentes. Nem direi de raças, pois somos todos da raça humana, com o DNA igualzinho, só um pouquinho diferente do DNA de um chimpanzé. Sim, somos todos chimpanzés melhorados. Uns mais, outros menos, mas hoje as diferenças não interessam.

Estamos todos querendo desesperadamente ser felizes e fazer alguma coisa de útil. Quanto a este último objetivo, não creio que baste criar um filho, plantar uma árvore e escrever um livro. Já cumpri essa trilogia, mas percebo que ainda falta tanto…

E não falta só fazer, mas sentir. Talvez sentir seja até mais importante, pois só os sentimentos podem nos colocar no lugar dos outros e descobrir porque devemos ser justos e generosos com aqueles que dividem esse cantinho do Universo conosco.

Um cantinho tão frágil, uma lâmina de vida restrita a esta faixa azul que concentra o oxigênio e a água de que precisamos para manter nossos corpos e nossos sonhos vivos.

Neste último dia do ano eu já tinha um post engatilhado sobre o Santos e as competições de 2013, mas o deixei de lado. É certo que o futebol faz parte de nossas vidas, que quase todos os leitores deste blog se identificam com a alma e a cultura do nosso querido Santos, mas hoje é dia de dirigir o pensamento para algo ainda mais sublime.

Impossível não desejar decididamente a paz – que traz a verdadeira felicidade – em uma noite de reflexão como a de hoje. E, repito, não há paz sem harmonia, assim como não há harmonia sem respeito.

Por isso, como presente aos freqüentadores deste blog – em média mais inteligentes e elegantes do que o blogueiro – escolhi uma música composta por uma dupla digna de Pelé e Coutinho, que fala da harmonia entre as pessoas e, sintomaticamente, da união entre o branco e o negro.

Feliz 2013! Posso contar com você no ano novo?

Ebony And Ivory

De Paul Mccartney e Stevie Wonder

Ebony and ivory live together in perfect harmony. Side by side on my piano keyboard, oh lord, why don’t we? We all know that people are the same where ever we go.

There is good and bad in ev’ryone. We learn to live, we learn to give each other. What we need to survive together alive?

Ebony and ivory live together in perfect harmony. Side by side on my piano keyboard, oh lord why don’t we?

Ebony, ivory living in perfect harmony. Ebony, ivory, ooh…

We all know that people are the same where ever we go.
There is good and bad in ev’ryone. We learn to live, we learn to give each other what we need to survive together alive.

Ebony and ivory live together in perfect harmony.
Side by side on my piano keyboard, oh lord why don’t we?

Ebony, ivory living in perfect harmony (repeat and fade).

Ébano e Marfim

Ébano e marfim vivem juntos em perfeita harmonia. Lado a lado no teclado do meu piano, Oh, Senhor, por quê nós não? Nós todos sabemos que as pessoas são iguais onde quer que você vá. Existe o bem e o mal em todos.

Nós aprendemos a viver, aprendemos a dar um ao outro.
O que precisamos para sobreviver juntos, vivos?

Ébano, Marfim, vivendo em perfeita harmonia. Lado a lado no teclado do meu piano, Oh Senhor, por quê nós não?

Ébano, Marfim, vivendo em perfeita harmonia. Ébano, marfim, ohh…

Nós todos sabemos que as pessoas são iguais onde quer que você vá. Existe o bem e o mal em todos. Nós aprendemos a viver, aprendemos a dar um ao outro. O que precisamos para sobreviver juntos, vivos?

Ébano, Marfim, vivendo em perfeita harmonia. Lado a lado no teclado do meu piano. Oh Senhor, por quê nós não?

Ébano, Marfim, vivendo em perfeita harmonia…