Diversos Livros em Promoção na Livraria do Odir

Rivalidade X Intolerância

Em um de seus últimos programas no Sportv, Armando Nogueira me entrevistou sobre o livro “Heróis da América”, que escrevi e a Editora Planeta lançou pouco antes dos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro, em 2007. Era para o Paulo César Vasconcelos participar do bate-papo, mas ele não pôde e ficamos, Armando e eu, conversando por uma hora sobre o Pan e as perspectivas dos atletas brasileiros. O grande cronista estava um tanto deprimido, percebi, e logo soube as razões.

Eu já sabia que ele andava meio adoentado, e que a coisa era grave. Três anos depois ele morreria, vítima de câncer no cérebro, diagnosticado naquele mesmo ano de 2007, pouco antes do nosso encontro. Mas no dia do nosso bate-papo ele continuava espirituoso, aos 80 anos. No intervalo das gravações conversamos sobre o Santos de Pelé e o Botafogo de Garrincha, nossos times do coração, protagonistas de duelos inesquecíveis, nos quais preponderava a arte e o respeito.

Levei uns livros para ele autografar. Para quem trabalhou na equipe de esportes do Jornal da Tarde, Armando Nogueira era indubitavelmente o melhor texto do jornalismo esportivo brasileiro. Sensível, artístico, amante do futebol e de seus personagens, um cronista de verdade. Em determinado momento, porém, revelou-me algo que o magoava:

“Hoje os leitores reagem muito agressivamente. Você não pode escrever nada que eles xingam. Está ficando chato escrever sobre futebol…”.

Entendi perfeitamente o que ele queria dizer. Antes as respostas dos leitores vinham através de cartas, de quem, presumivelmente, apreciava ler e escrever e tinha o mínimo conhecimento das palavras e dos efeitos que elas provocam. Hoje as reações chegam pelo mundo difuso da Internet, que tanto pode abranger pessoas educadas e esclarecidas, como sórdidos bandos abrutalhados sedentos de ódio.

Lembrei-me num relance dos tempos em que comecei a ser encantado pelo futebol. Tempos em que a TV Record, a mais poderosa da época, transmitia jogos do Santos quase todos os finais de semana. Era o melhor time, o campeão, o que tinha muitos craques e entre eles o Rei Pelé. Como transmitir outra partida?

Não me lembro de nenhum outro torcedor ter reclamado da preferência da TV Record. Pois era óbvia e condizia com a cultura da época, que valorizava o espetáculo mais bonito e interessante. Ponto. Ninguém citava pesquisas de torcida, mesmo porque elas não significariam nada. A qualidade, o mérito, suplantavam tudo.

Havia rivalidade, mas não intolerância. Era possível assistir a um jogo no estádio sentado ao lado do torcedor contrário. Ambos podiam comemorar os gols de seus times diferentes sem correr risco de vida. Ainda não se sabia o que era torcida organizada, agrupamentos que só surgiram no final dos anos 60.

Os jornalistas, alguns tão parciais como os de hoje, eram, entretanto, mais respeitados. Ninguém seria maluco ou selvagem a ponto de ameaçar fisicamente um homem da comunicação. Estes, por sua vez, costumavam tratar os times com a devida consideração. Se a Portuguesa ganhasse um clássico, ela seria a capa do jornal, e não uma outra equipe que apenas contasse com um número maior de torcedores.

Enfim, a mensagem que chegava ao público era a de que o mérito servia de parâmetro para a cobertura da imprensa, e os torcedores aceitavam essa premissa numa boa. Hoje, ao contrário, os veículos de comunicação tentam empurrar goela abaixo a filosofia de que ter mais torcida é mais relevante do que ter um time melhor. É claro que uma imposição tão antinatural não pode provocar boas reações…

Escrevo sobre isso porque no trágico episódio do garoto boliviano morto, os torcedores do Corinthians querem apenas que o time se safe da punição da Conmebol, os que torcem para outros times querem que a punição seja a mais dura possível, e só mesmo os familiares e amigos choram a morte de Kevin, a única vítima real dessa história. Ficou faltando empatia e humanismo, propriedades que distinguem o homem dos animais; ficou faltando aquele espírito dos bons tempos do jornalismo esportivo brasileiro; ficou faltando um cronista como Armando Nogueira para contar esse caso para a história.

E para você, por que a intolerância superou a rivalidade no futebol?

Deixe um comentário

138 Comentários.

  1. O que precisamos é de renovação incluindo o Técnico.
    Chega de medalhões.

  2. não satisfeitos das manobras encontradas para tentar inocentar os criminosos dos Gambas a Globo coloca no ar seu plano B…( NEYMAR ) novamente o jovem passa ser a noticia para tentar desviar o foco,,,isso mesmo aquilo q HITLER fazia usando as rádios e divulgando falsos dados,mentiras transformados em verdades…
    Tudo isso usando a midia….é Odir sua profissão não é mais uma profissão de moral e respeito pelo contrario esta se tornando uma filiada ao crime organizado por uma minoria é claro mas uma minoria com poder e o poder da ultima palavra e tb do microfone….quem tem acesso a este instrumento tem o poder.

  3. Olá Odir! Sem querer nem um pouco minorar a importância dos acontecimentos trágicos de Oruro, a nova bomba do dia parece ser a escolha de um novo técnico, assunto de importância fundamental. Não seria recomendável lançar um post com este tema, para discutir os candidatos potenciais?

    Sim. Amanhã será o post.

    • Caro Tana duas bombas…essa que a imprensa esta ajudando a apagar e essa no Santos …esse treinador q se especula-se é nada mais q um Osvaldo de Oliveira melhorado…ou seja outra podaria…..Pra mim Dorival seria o melhor indicado era com ele q o Santos jogava e dava espetáculo até o ocorrido portanto,,,,,

  4. Odir, boa tarde!!!
    Está na página inicial no site do msn informando que o alvinegro itaquerense cogita em não permitir nem a imprensa no Pacaembu amanhã.
    O que vc. acha disto:
    1 – Será uma bofetada e cuspir no prato em que come (globo e fox)?;
    2 – O mais plausível, está chantageando as duas em particular, e as demais, como forma de, acreditando na força e influência da ditas cujas, no sentido de elas pressionarem a conmebol a reverter a decisão.
    Qual é a sua opinião?
    Abraços …
    Elcio Jorge

  5. Até o Zico resolveu aparecer nas costas do Neymar,,,sabedor q o moleque não tem nenhum tipo de proteção que seu clube não faz nada com aqueles q ganham em cima da imagem do moleque mesmo sabendo q não tem poder nenhum com o mesmo….pensou vou usa-lo tb…..fui desmoralizado no meu próprio Flamengo agora volto em cima de um moleque,,,e esse é Neymar….
    Zico vc é um merda vai treinar o Iraque q vc ganha mais…ou então vai até a Bolívia levar cotidiana para os criminosos do seu presidente.

  6. É dose q essa nossa revolta poucos tem acesso,,,,somente aqueles q possuem um micro ,,,enfim diferente desses meliantes q com a ajuda da mídia falada,escrita e televisiva podem entrar a qualquer momento e fazer suas ações…
    Um ex. Claro somos nós torcedores santistas se fossemos pelo menos ouvidos MURYCI já não estava mais no Santos e estaríamos disputando essa libertadores..

  7. Odir, a coluna sensacional do Mauro Beting envolve esse mesmo assunto, focado no caso do garoto boliviano. Recomendo a todos: http://blogs.lancenet.com.br/maurobeting/2013/02/25/despachando-kevin/

  8. Anticurica dos Santos Futebol Clube

    Nobre Odir, o senhor é o antídoto mais eficaz contra a calhordice comum dos pseudo jornalistas de alma vendida. Sua postura dignifica sua profissão. Hoje em dia, matérias iguais a essa merecem ser enquadradas para, no futuro, provar que um dia existiram jornalistas cuja dignidade e compromisso ético eram inegociáveis. Esse é um dos mais belos textos que li ultimamente.

  9. Com muricy fora do Santos, o Santos poderá ter um time melhor treinado vão jogar os melhores e os que falharem em jogos e mais jogos não vão ter mais costas quentes, e o Santos vai sair ganhando com isso, mas é motivo de felicidade mas quem podemos contratar acho que devemos contratar um técnico mais humilde que chegue e trabalhe sem estrelismos.

  10. Caso o Muricy realmente esteja ameaçado para perder o cargo, eu sugiro 3 nomes pela sequencia: Jorginho, ex-auxiliar do Dunga, que fez um ótimo trabalho no Figueirense, aproveitando muito bem o jogador Weliton Nem, dispensado pelo Fluminense a pedido do prorio Muricy. O segundo nome seria de Sergio Guedes, atual tecnico do XV. E por ultimo Enderson Moreira, atual tecnico do Goias. São nomes de pouca expressao, mas têm mostrado bons trabalhos e suas equipes mostram esquemas modernos e sabem trabalhar com jogadores jovens com “defeitos de fabrica”.

  11. Boa noite belo texto Odir, “os veículos de comunicação tentam empurrar goela abaixo a filosofia de que ter mais torcida é mais relevante do que ter um time melhor. É claro que uma imposição tão antinatural não pode provocar boas reações…”.

    E não provoca tudo que esta acontecendo a espanholização em curso e tudo ajudado pelo homem que ia matar a fome do povo canalha mentiroso só queria chegar ao poder para fazer o que bem entende-se estadio com dinheiro publico patrocínio da caixa mensalão entre outras coisas, a globo tá de parabéns colocar aquela matéria no fantástico pena que não deu certo os 12 estão presos e o garoto deve ter ganho uma grana para falar tudo aquilo só o tempo dirá quem vai pagar por essa morte lamentável o de menor ou os 12 que estão presos lá na Bolívia esse cara com 17 anos é de maior na Bolívia deveria ir prestar esclarecimentos lá deviam ter sido mais espertos arrumar um mais novo para assumir.

  12. Boa Noite, Odir,

    Sou corinthiano, e isso não me impede de concordar com muitas coisas que você escreveu neste post. Porém, tenho que discordar de você em um ponto. Não podemos generalizar desta forma. São muitos corinthianos que, como eu, são a favor de uma punição exemplar ao Corinthians, assim como existem muitos torcedores de outras equipes que creem que o time não é responsável. É uma questão de debate de ideias que, infelizmente em nossos tempos, poucas pessoas estão dispostas a ouvir opiniões contrárias.
    Em vários dos comentários no seu blog, referem-se a todos corinthianos como assassinos. Isso não é correto também.
    Fui em jogos dos Santos com amigos santistas, eles foram comigo ver o Corinthians no Pacaembu. nem tudo está perdido. Mas todos temos que fazer nossa parte para não suscitar a intolerância…

    Sempre há exceções. Não concordo com os comentários que generalizam e sempre que os encontro, eu os excluo. É claro que todas as torcidas têm gente boa e gente ruim. O problema maior não creio que sejam os torcedores, mas a mídia, que os manipula e os faz odiar o adversário.

  13. Odir,
    Até a transmissão do Carnaval exclusiva da Globo está sendo espinafrada. Ela paga para não transmitir e não deixar ninguém transmitir.

    http://maciel1rj.blogspot.com.br/2013/02/somos-todos-palhacos-golobais-no.html
    http://maciel1rj.blogspot.com.br/2013/02/exclusividade-nociva.html

    Abs.

  14. Simey Lima - Simey Santista

    Tudo conspira a favor deste estado atual no comportamento humano, onde a individualidade e a ganância falam mais alto. Daí para o surgimento de grupos suspeitos é agregar esses indivíduos com duvidosa formação moral e cívica. Como você disse, a perda do garoto boliviano é insignificante. O que vale é saber se o clube vai ser punido ou não. Que mundo este de momento! Obrigado, Odir, pela palavra sempre polida que leva-nos a reflexão. Mudando um pouco, precisamos, urgentemente, mudarmos nossa Comissão Técnica.

  15. Odir, boa noite.
    Pouquíssimas vezes concordo com um post seu, temos opiniões diferentes sobre diversos assuntos, sou corintiano sim. Contudo, apesar de nunca ter me pronunciado neste espaço sou um leitor assíduo. Em relação ao seu post foi perfeito, tudo que eu teria vontade de escrever, somos todos muito hipócritas.
    abç.

  16. Que texto em Odir, todo o Brasil mereceria ver esse texto parabéns, um texto dígno do grande Armando nogueira. Agora falando sobre técnico, parece q tá surgindo uma lúz no fim do túnel, Muricy tá balançando, espero q saia sem problemas, mas q o Santos não traga técnico medalhão como estão anunciando. Odir, no Santos tem que ter uma LEI que quando se contrata um técnico ele déve passar alguns dias falando sobre tática e sobre o Santos com o Sr. PEPE e outros ídolos santistas, o Guardióla teve a humildade de lá nas arábias ficar hóras falando sobre o grande Santos com o PEPE, acho q esse técnicos nóvos não recusariam em ter bons papos com o PEPE e outros ídolos do Santos. Nomes que suriro; Sérgio Guedes, Giba, Jorginho q jogou no Santos e também Jorginho auxiliar do Dunga, tem também o do Goiás, e outros nomes emergentes bons. Mas qualquer um q vier, tem q passar por muitas conversa com nossos antigos jogadoes p/ conhecerem o DNA santista.

    Concordo com você, Leonel. Acho que antes o técnico tinha de ter um papo com o Pepe, sim. E também gosto de Sérgio Guedes, Giba e Jorginho.

    • Que tal um técnico estrangeiro? Jorge Sampaoli, Marcelo Bielsa, Richard(holandês)… Alguém como uma nova mentalidade, atualizado.
      Precisamos importar técnicos e não exportar jogadores. Depois de ver o jogo de Barcelona e Real Madrid. Na técnica e na habilidade ainda somos os melhores, agora na parte tática…
      É a pior geração de treinadores da história do futebol brasileiro.

  17. Belo texto, sem dúvida. Não tão rascante quanto o texto do Flávio, mas tão objetivo quanto. Gostei! Também concordo que generalizações são perigosas, no entanto, não há como negar que à partir de ações violentas, repetidas a exaustão, as torcidas organizadas criam uma identidade igualmente violenta, do tipo Hell’s Angels, contaminando os demais. Infelizmente, ainda há quem confunda adversários com inimigos e o desfecho, invariavelmente, é lamentável. Mudando de assunto, toma corpo a intenção da diretoria santista de promover a saída amigável do Muricy. Até aí, nada de mais. Mas, me preocupa muito a intenção de substituí-lo por Paulo Autuori, de curta e ineficaz passagem pela Vila Belmiro. Se o caixa do clube transborda de passivos e escasseia de ativos, por que não optar por uma solução mais barata? Eu gostaria de ver novamente Gallo, agora mais rodado e experiente, à frente do time. Mas, considerando que ele acaba de assumir o sub 20 da selenaique, uma boa alternativa seria apostar na seriedade do Sérgio Guedes. Serjão é um grande cara e um treinador que costuma dar aos times que dirige um estilo próprio! Acho que ele merece uma chance de mostrar do que é capaz dirigindo um grande clube e com elenco variado. Pessoalmente, acho que ele apostaria na prata da casa, seguindo nossa tradição de revelar bons times com atletas egressos das divisões de base.

  18. Minha maior crítica a esta diretoria, é não saber trabalhar com o futebol e nem tão pouco arrumar alguém que entenda. Pois na parte financeira e comercial, vão muito bem. O faturamento aumentou enormemente desde que assumiram o clube. Falta umdiretor de futebol assim tipo Clodoaldo Tavares Santana.

  19. Em resposta ao amigo antonio (fevereiro 26, 2013 às 3:28 pm) sobre a palavra de Muricy em relação a Giva:

    MURICY: “Ele não tem perfil de se entusiasmar, pois já está aqui com a gente faz um tempo. A única coisa é que ele ainda não havia jogado. Mas se trata de um menino muito tranquilo, que sabe que não dá para se entusiasmar, pois foi apenas o primeiro jogo. Às vezes é bom você dar uma retirada da equipe, para o garoto não se empolgar. Mas ele deu uma boa resposta (em campo), gostei. Vamos trabalhá-lo com calma”, concluiu.

    MINHA ANÁLISE, CONHECENDO ESTE DISTRIBUIDOR DE COLETES:
    “Às vezes é bom você dar uma retirada da equipe” + “Vamos trabalhá-lo com calma” = “Nunca mais ponho ele em campo!”

    Ora, vai que o moleque engrena? Como criticar os defeitos de fábrica? Como convencer a diretoria em entrar em outro “buraco” trazendo o seu Moreno?

    Na boa… Muricy recebe ou recebeu algum por fora das luvas e vencimentos de Bill, Gérson Magrão, Juan, Henrique, Ibson, etc?

  20. Olá Odir. Parabéns pelos Post. Sempre inteligente e esclarecedor
    Quando ao Muricy declarar que o Giva já esta a tempo no SFC prova mais uma vez sua desinformação com a base, pelo que consta o Giva esta no Santos apenas uns 06 meses.
    Espero que finalmente saiam com ele

  21. odir realmente vc e um dos ultimos moicanos,essa nova safra de jornalistas ou ex jogadores semi analfabetos de gravata e microfone na mao estao levando a nossa imprensa e futebol a idade da pedra ,hoje na televisao oque da ibope e a baixaria (ratinho,neto,chico lang,etc estao fazendo escola) o pior e que essa tropa faminta e alimenta por alguns empresarios de jogadores,diretores deste ou daquele clube,etc

  22. Odir e amigos santistas,

    Concordo com tudo. O Muricy está visivelmente desmotivado, e não é de hoje. Aquela goleada para o Barça deveria ter sido, para ele, uma oportunidade de reciclagem, mas não foi.
    Um ano depois os bons times da Europa (aplicados taticamente) aprenderam a anular o Barça, com jogadores piores do que os nossos.
    O Dorival seria o indicado, mas está empregado. Técnico estrangeiro não. Não conhecem o futebol brasileiro, particularmente o futebol santista, que privilegia (ava) a habilidade e a ofensividade. Talvez o Guardiola, mas, também, está empregado e é caríssimo.
    Suas sugestões são ótimas: Sérgio Guedes, Jorginho.
    Quem sabe o Seedorf não poderia ser procurado, como técnico? Ele reune todas as condições: é craque, conhece muito bem o futebol europeu e conhece, de dentro de campo, o nosso futebol.
    O Falcão é uma incógnita e não tem conseguido se encaixar com nenhum elenco. Certamente é melhor que o Autuori, outro “técnico cansado”.

  23. Oi Odir.
    LIGA na Bandeirantes!
    O programa do Neto esta mostrando a torcida do CORINTHIANS no pacaembu.
    O programa inteiro falando da FIEL!!!!!
    Arrepia ver estas imagens. Maior torcida do mundo!!!!! :lol: :lol:
    VAI CORINTHIANS

  24. O tecnico melhor para o santos no momento que so nao ganhou a libertadores de 2005 por causa do parreira que deu o tilo pro sao paulo levando cinco jogadores do santos para uma amistoso na semi final contra o lixo do atletico paranaense.
    Seria o ALEXANDRE GALO cara novo moderno e humilde que da oportunidade pros meninos da base .
    Foara muricy e facil ganhar libertadores na costa do neymar ,o muricy ta disperdicando o neymar com o seu esquema pifil de retranca e bunba meu boi la na frente para o neymar .
    E outra sera que se o neymar foce hoje da base muricy o promoveria a time profissional???Nao
    Nao podemos desperdicar o craque s da base e o futebol ofencivo que e o que o santos sempre foi…
    Vai pra cima deles santos e fora muricy :evil:

  25. Jorginho seria o mais indicado.
    Se fosse para inovar ( e ainda uma bela jogada de marketing ) o Zico tá aí dando sopa.

  26. Caro Odir,
    Sobre as transmissões que hj acontecem, o que os caras (tv – patrocinadores em geral) querem audiência, digo de forma geral (os big brother da vida).Não entendi na questão da morte do garoto em relação à punição para outros clubes.Tem que morrer alguém para o clube ser punido?

  27. Querido Odir,

    Como faz falta pessoas grandes como o Armando Nogueira…

    Olhá o absurdo que um tal Luiz Ceará falou na uol…

    http://luizceara.blogosfera.uol.com.br/2013/02/27/o-tamanho-do-corinthians/

    Resumo: Cada texto que sai dos gambas de itaquera, nego aumenta 10 milhoes de torcedores, vai faltar gente no brasil logo mais o cara já elevou a falsa quantia de 30 pra 40 milhoes(apesar de que nunca sairam de Sp e o cara ja falou em torcedores no mundo…brincadeira?). A isso somou a ridícula afirmaçao, o small tem grana e tem que ser impune mesmo e que a comembol nao aguenta o tranco (minhas palavras vulgares sao para que expressar bem o tom do cara)

    Dá pra acreditar nisso???

    Só pode ter errado nos comprimidos, né?

    abraçao amigos santásticos,

  28. Belo texto caro Odir!

    A intolerância que permeia os nossos dias vai muito além das quatro linhas. Eu acompanho um blog muito interessante: http://www.blogdosakamoto.com.br.

    Trata-se de um jornalista especializado em meio ambiente, melhores condições de trabalho e cidadania. Há cerva de quase um mês, ele denunciou a libertação de trabalhadores bolivianos bolivianos que viviam em regime de semi-escravidão em uma oficina de costura clandestina na região da Bela Vista – Centro de SP.

    Agora vem a parte que mais me entristeceu: os comentários de algus leitores, segue abaixo:

    “O governo deveria expulsar essa raça daqui”

    Porque ao invés de oferecer moradia a polícia não prende esa gente”.

    O Sakamoto, muitas vezes, libera esse tipo de comentário para que vejamos até onde vai a intAbraços Odir!olerância. E olhe Odir, são pessoas com bom grau de instrução e geralmente de classe média.

    Bom, rezo por essas pobres almas e tento fazer a minha parte.

    E domingo morumba, rumo a uma grande vitória!!!

    Abraços Odir !!!!!!

  29. Belo e fantástico texto sobre o que a mídia esta fazendo com o futebol. O futebol esta perdendo a gaça e sinceramentenão dá para acreditar em ninguem que trabalha com o futebol,esta perdendo ou já perdeu o romantismo e a graciosidade. Só o amor pelo Santosfc é que resiste em meu coração.

  30. Belo e fantástico texto sobre o que a mídia esta fazendo com o futebol. O futebol esta perdendo a graça e sinceramente não dá para acreditar em ninguém que trabalha com o futebol, esta perdendo ou já perdeu o romantismo e a graciosidade. Só o amor pelo Santosfc é que resiste em meu coração.

Comente à vontade. Sua opinião é importante mesmo. Mas não ofenda, não escreva palavrões, não use apenas letras maiúsculas. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>