Mais precisão no ataque, mais atenção na defesa – o Santos terá de ir além do que mostrou contra o Palmeiras para passar pelo Mogi Mirim, nas semifinais, e se classificar para sua quinta final consecutiva do Paulistão, aquela que pode lhe dar o histórico tetracampeonato do Estado.

Pelo irregular desempenho santista contra o Palmeiras, e pela incrível performance do Mogi na goleada de 6 a 0 sobre o Botafogo, já se pode prever um duelo equilibrado em Mogi. Mesmo com Neymar e outros jogadores de destaque, o Alvinegro Praiano terá de ser um time aplicado e determinado para alcançar a vaga na decisão.

Esse Mogi não é um time que se encolhe na defesa. Ao contrário. E essa ousadia faz dele o dono do ataque mais positivo da competição, um título, aliás, que costuma pertencer ao Santos.

Na fase de classificação o Mogi aproveitou alguns descuidos do lado esquerdo da defesa santista para empatar em 2 a 2 na Vila Belmiro, com o segundo gol no finzinho do jogo. Essas bobeadas não poderão ocorrer na semifinal.

Uma coisa é certa: não dá para ir para esse jogo decisivo sem estudar a fundo o adversário. Para dar uma humilde contribuição ao técnico Muricy Ramalho e à comissão técnica do Santos, o blog traz os melhores momentos de Santos 2, Mogi 2, na Vila Belmiro, e de Mogi 6, Botafogo 0, domingo, em Mogi. Veja você também e tire suas conclusões:

Santos 2 x 2 Mogi Mirim:
http://youtu.be/xvwqPFF-2N0

Mogi Mirim 6 x 0 Botafogo RP:
http://youtu.be/_8q01IepWD8

E pra você, como o Santos deve se preparar para enfrentar o Mogi?