arouca, cicero e marcos assuncao
Cícero, Assunção e Arouca no treino desta terça-feira (Foto: Ricardo Saibun/ Divulgação Santos FC).

Esta frase do título foi dita pelo técnico Dorival Junior em sua preleção antes de o Santos fazer o jogo decisivo contra o Vitória/BA e conquistar a Copa do Brasil de 2010, garantindo vaga para disputar a Copa Libertadores de 2011. Veja e ouça como o treinador motivou o time para a decisão:

A volta por cima na Libertadores

No ano seguinte, o Santos vinha mal na competição sul-americana, com apenas dois pontos em três jogos. Poucos acreditavam que pudesse dar a volta por cima. Na quarta partida, porém, contra o Colo Colo, na Vila Belmiro, a sinergia entre o time e a torcida mostrou que naquela noite iria começar uma nova história. Reveja o momento mágico da mudança:

Você acha que a motivação dos jogadores e o apoio da torcida podem decidir o tetra domingo?