Desculpe o mau jeito deste post. Já estava indo pra cama quando fiquei sabendo que o vice-presidente Odílio Rodrigues disse que reinicará as negociações para contratar Kléber Gladiador. Li de novo para me certificar de que não estava sonhando, ou melhor, pesadelando. Não, é isso mesmo. Kléber Gladiador, um jogador que tem sofrido cirurgias, sofre de um problema grave no púbis e completará 30 anos daqui a um mês, pode ser anunciado como o novo “reforço” do Santos.

Espero que o dr. Odílio e os responsáveis pelo futebol do Santos encarem este post como um aviso, e quem avisa, amigo é. Lembrem-se de que fiz o mesmo título quando o clube pensava em contratar Bill. Mas ninguém deu bola ao meu “Bill não!!!” e jogaram fora, mais uma vez, o precioso dinheiro do Santos. Pior: preferiram o Bill a Romarinho, santista de coração que estava louco para ir para a Vila Belmiro, e por um valor menor do que se pagou pelo abominável Bill.

Agora, dr. Odílio e senhores designados para fazer as negociações futebolísticas do Santos, eu lhes peço encarecidamente e, acredito, em nome da maioria dos santistas: NÃO CONTRATEM KLÉBER GLADIADOR! O rapaz pouco tem jogado, vítima de contusões sucessivas. Ele não é, física nem tecnicamente, superior a Giva, nem mesmo a Willian José. Se é para trazer um centroavante, tragam um mais jovem e promissor.

Outra coisa: só porque tem algum nome, Kléber ainda é caro e deve exigir um salário alto, o que é impraticável pelo que ele está jogando e pela situação financeira do Santos. É o tipo do negócio que será mal visto, pois o torcedor se lembrará de outros jogadores contratados na mesma situação que só sugaram o clube, sem dar nada, ou muito pouco em troca. Não repitam esse erro, please.

Essa mania de trazer atacantes meia-boca do Grêmio não dá para entender. Primeiro, Miralles, depois Willian José, agora Kléber Gladiador?! Ora, senhores, mostrem competência, visão, conhecimento do futebol. Busquem um jovem prestes a explodir, cavoquem um talento por esse Brasil afora, ou invistam em alguém que já seja uma realidade, mas que esteja cem por cento nas suas condições físicas.

A paciência do torcedor santista, assim como a do brasileiro comum que hoje desfila seu inconformismo por estradas e avenidas, está se esgotando. A venda de Ganso deixou perguntas no ar; a de Neymar mais ainda; as idas de Rafael e Felipe Anderson nem foram totalmente digeridas; a tentativa frustrada de trazer Robinho deixou sequelas na história santista e agora os senhores querem investir um bom dinheiro no encostado Kléber Gladiador? Quem aconselhou essa contratação?

Quem dará entrevista e baterá no peito dizendo: “Eu me responsabilizo por KLéber Gladiador!?” Por favor, senhores, não machuquem mais esse pobre coração. Façam alguma coisa da qual o santista possa se orgulhar. Ouçam a voz das arquibancadas antes de contratar alguém. Chega de brincar com a paixão de milhões de brasileiros. O Santos pode e exige mais, senhores.

Vá prestigiar o professor Guilherme Nascimento amanhã no Memofut

Caríssimo Odir,

amanhã pela manhã teremos uma nova reunião do MEMOFUT, grupo de
preservação e divulgação da memória do futebol.

Teremos uma apresentação de Gustavo Longhi de Carvalho sobre a Copa
do Mundo de 1978, realizada na Argentina, com muitos fatos, dados curiosos
e outras informações importantes sobre o evento.

Teremos o relato de “Um Jogo Inesquecível”, com nosso colega Alexandre
Andolpho e uma pílula rápida sobre o “Corinthians Jundiahyense, a lenda e os fatos”,
por José Roberto Fornazza.

Para finalizar, “A História e as estórias do Almanaque do Santos” com o seu autor,
o Professor Guilherme Nascimento.

O evento, como sempre, será realizado no Auditório do Museu do Futebol, no estádio
do Pacaembu, no próximo sábado (amanhã), pela manhã, a partir das 8h45.
Entrada FRANCA !!! Compareça e divulgue para os amigos!!!

Abraço grande,
Vida Longa e Próspera

Wanderley Frare Junior

Bem, eu acho isso. E você? Acha que o Gladiador ainda dá caldo?