Quem fica e quem sai do Santos? Hoje é o último dia para dar sua opinião.

A enquete está chegando ao fim. Amanhã faço um post com o resultado da enquete que quer saber quais jogadores do Santos ficam e quais devem sair do clube em 2014. Se ainda não opinou, ainda dá tempo. Sua opinião pode fazer a diferença.

Santos teve atitude contra o Flu. Agora é pensar em 2014

O Santos jogou melhor, teve mais oportunidades de gol e mesmo sem fazer uma partida vistosa, venceu o Fluminense por 1 a 0, em Presidente Prudente, e agora já pode usar os dois jogos restantes no Brasileiro para preparar o time para 2014. O público beirou os 4.500 pagantes. Com mais uma vitória o Santos igualará a campanha de 2010, quando tinha Neymar e Ganso. Veja o gol do triunfo santista:

Que tipo de jogo será Santos e Fluminense?

Depois do que vimos sábado, no Maracanã, quando o Cruzeiro entrou com o time reserva e parece ter evitado afundar o Vasco, não se pode saber o que esperar de Santos x Fluminense, neste domingo, às 17 horas, em Presidente Prudente. Time por time, a lógica seria apostar em uma vitória do Santos, ou no máximo, no empate. Porém, enquanto o desmotivado Santos só tem como meta se classificar para a Copa Sul-americana, o Fluminense de Dorival Júnior precisa desesperadamente da vitória para evitar o rebaixamento.
Como os santistas disseram que jogarão por Claudinei Oliveira, veremos até onde anda esse amor dos atletas pelo técnico. Com a volta dos laterais Cicinho e Mena, o Santos deverá jogar com Aranha, Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Eugenio Mena; Alison, Arouca, Cícero e Montillo; Geuvânio e Thiago Ribeiro. O Fluminense, que não terá Gum, suspenso, e os machucados Fred, Carlinhos, Brum, Diquinho e Marcos Junior, provavelmente jogará com Diego Cavalieri, Igor Julião, Leandro Euzébio (Valencia), Anderson e Digão; Edinho, Jean e Wagner; Rhayner, Samuel e Rafael Sobis.

E você, acha que teremos jogo de verdade, ou de compadres?

Bom título em final decepcionante

Sabemos que nas categorias de base os títulos são menos importantes do que revelar jogadores. O Santos foi campeão da Copa do Brasil sub-20 nesta quarta-feira e ganhou o direito de jogar a Copa Libertadores da categoria no ano que vem, mas não se pode dizer que ao menos um dos santistas que estiveram em campo está pronto para ser um bom jogador profissional. Quase todos se mostraram falhos, dispersos e inseguros.

Com um pouco de boa vontade eu destacaria o volante Lucas Otávio, o goleiro Gabriel Gasparotto e o volante Misael (apenas pela cobrança de falta que decidiu o título), mas no todo o time decepcionou pela negligência, erros de passe, falta de empenho na marcação e falta de objetividade.

Mesmo com oito jogadores do seu elenco profissional (o Criciúma só tinha um, Bruno Lopes), o Santos mostrou-se irreconhecível no primeiro tempo, como se acreditasse que pudesse ganhar o título andando em campo. Faltou tudo para a equipe na primeira etapa, que se mostrou um bando preguiçoso, sem qualquer formação tática visível. Com muita vontade o Criciúma fez 2 a 0 e poderia ter feito mais.

No segundo tempo o Santos voltou melhor, ao menos com mais vontade, e Misael acertou uma cobrança de falta esotérica que diminuiu o placar para 2 a 1 e obrigou o Criciúma a marcar mais dois gols para ser campeão. Por alguns minutos o Santos pareceu controlar a partida.

Depois o Criciúma ainda teve um jogador expulso e o Santos continuava a ter muito espaço nos contra-ataques para empatar e até ganhar o jogo. Mas os santistas, Pedro Castro principalmente, cansaram de desperdiçar chances de gol, e foi o Criciúma que ainda chegou ao terceiro, aproveitando um pênalti mal marcado pelo árbitro em cima da hora. Sorte que nem deu tempo para o time catarinense fazer outro ataque, ou não sei o que aconteceria.

Enfim, o Santos foi campeão, o que tem o seu valor, mas no que é mais importante, que é revelar jogadores para o profissional, ficou devendo. Léo Cittadini, Leandrinho e Pedro Castro, que teoricamente formam um meio-campo técnico e poderiam controlar o jogo por ali, se mostraram erráticos, lentos e previsíveis. Não fosse o pequeno Lucas Otávio, e a liberdade do adversário teria sido ainda maior por aquele setor.

Relembrando: o Criciúma, que venceu por 3 a 1, ficando a apenas um gol do título, escalou apenas um jogador que atua no time profissional: o atacante Bruno Lopes, por sinal o melhor em campo.

Analisemos quem deve ficar e quem deve sair do Santos

Como temos feito desde 2010, ao final da temporada os freqüentadores deste blog analisam o desempenho dos jogadores do Santos e opinam sobre quais devem permanecer e quais devem deixar o clube – negociados ou mesmo dispensados. Chegou a hora de fazermos isso.

Sabemos que não são apenas os jogadores os responsáveis pelo sucesso de um clube. Há tudo que cerca o time de futebol – capacidade e sistema de trabalho da comissão técnica, marketing, administração, comunicação, logística… Talvez tudo possa ser resumido em organização e planejamento, que têm faltado ao Santos nos últimos anos.

De qualquer forma, no momento vamos nos ater aos jogadores e suas performances em 2013. Demonstraram técnica, fibra, personalidade e profissionalismo para vestir a camisa do Santos? Preocuparam-se em manter o físico em dia? Foram responsáveis e deram mostras de amor ao clube?

Nas vezes anteriores dei minha opinião primeiro, porém, como isso pode influenciar o veredicto de meus queridos leitores, desta feita deixarei para dizer o que penso em um artigo posterior.

Agora, abrem-se as cortinas e começa o espetáculo da democracia, no qual a análise de cada um tem a mesma importância do que a minha. Essas contribuições individuais formarão a opinião geral, o consenso que também será defendido por este blog.

Atenção para a lista dos 38 jogadores profissionais do Santos, segundo o site oficial do clube:

Goleiros: Aranha, Vladimir e Gabriel Gasparotto.

Laterais: Bruno Peres, Cicinho, Douglas, Émerson, Mena e Rafael Galhardo.

Zagueiros: Durval, Edu Dracena, Gustavo Henrique, Jubal, Neto, Rafael Caldeira e Walace.

Volantes: Alan Santos, Alison, Arouca, Lucas Otávio, Marcos Assunção, Misael e Renê Júnior.

Meias: Cícero, Leandrinho, Léo Cittadini, Montillo, Pedro Castro, Renato Abreu e Léo.

Atacantes: Everton Costa, Gabriel, Geuvânio, Giva, Neilton, Thiago Ribeiro, Victor Andrade e Willian José.

Diga o que acha de cada um e se prefere que ele continue no Santos ou saia. No final, os resultados serão tabulados e saberemos qual é a vontade da maioria dos santistas que freqüentam este blog e que representam também a vontade da maioria dos torcedores do Santos.

Bem, e pra você, quem fica e quem sai do Santos?

Nossa segunda pátria virá ao Brasil

Emocionante a atuação da Seleção de Portugal e de Cristiano Ronaldo, que foram buscar na Suécia uma classificação dramática sobre o respeitável time do também craque Ibrahimovic. Percebam a alegria do locutor português com a classificação de seu país para vir para a Copa no “País do Futebol”.

Note ainda a objetividade de Cristiano Ronaldo, que usa seu físico da maneira mais eficiente possível. Ganha na corrida dos zagueiros e bate a gol na primeira oportunidade, com força e precisão. Atuação fantástica! Autor dos quatro gols portugueses nos dois jogos contra a Suécia! Exemplo de preparo físico e objetividade que deveria ser copiado pelos atacantes brasileiros.

Concordo com a frase do poeta Fernando Pessoa, de que a pátria é a nossa língua. Portugal, nossa segunda pátria, estará aqui em 2014. Virá se juntar aos grandes latinos que praticam o futebol, com exceção da Romênia, eliminada pela Grécia. Teremos Portugal, França, Itália, Espanha, Argentina, Uruguai, México… Uma Copa que reunirá o melhor que a última flor do Lácio poderia fazer com os pés.

Veja como os gols de Cristiano Ronaldo enlouqueceram o locutor português:

Show dos Meninos da Vila na Seleção Brasileira

Agora veja o show de Neymar e o gol de Robinho na vitória do Brasil sobre o Chile por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Toronto. Como é bom ver os eternos Meninos da Vila seguindo seu caminho de sucesso que começou no Alvinegro Praiano:

Agora, eu repito: e pra você, quem fica e quem deve sair do Santos?