A enquete sobre quem fica e quem sai do Santos terminou. Como você deve ter percebido, não votei e nem dei minha opinião sobre os jogadores. Procurei não influenciar na decisão dos leitores deste blog. E confesso que me surpreendi com alguns resultados, como a quase total aprovação dos meninos Gustavo Henrique, Jubal, Alison e Alan Santos.

Basicamente percebe-se que desta vez a diretoria acompanhou o pensamento do torcedor, pois da lista anunciada de jogadores que não estarão no time em 2014, os leitores deste blog concordam com todos. Dos que devem sair, tiveram 100% de rejeição os jogadores Léo, Renato Abreu, Marcos Assunção, Durval, Galhardo e Everton Costa. Willian José também quase atingiu a unanimidade. 85% dos votantes não o querem mais no clube.

Mas há algumas surpresas, ao menos para mim: o garoto Lucas Otávio teve um índice de aprovação bem maior do que Arouca, e o zagueiro Neto, mesmo jogando pouco, também foi mais votado para ficar do que o capitão Edu Dracena.

Nos casos de Léo e Durval há um reconhecimento pelo que fizeram pelo time. Alguns sugerem uma despedida honrosa. Marcos Assunção foi indicado por alguns como olheiro, ou como alguém que pode trabalhar na comissão técnica.

Além destes, a maioria dos santistas também quer que o goleiro Vladimir (68%), o volante Renê Junior (64%) e o atacante Neilton (67%) deixem o clube, assim como os zagueiros reservas Rafael Caldeira (80%) e Wallace (75%) e o lateral Douglas (75%).

Com relação aos experientes Arouca e Edu Dracena, a questão parece mais relacionada à relação custo x benefício para o clube, pois não parecem mais justificar o alto salário que recebem. Arouca teve 50% de votos pedindo sua permanência no clube, enquanto o jovem Lucas Otávio atingiu 86%. Dracena teve 66% de votos para que fique, 10% a menos do que Neto, que mesmo citado como um jogador com crônicos problemas físicos, atingiu 76%.

No caso de Arouca, muitos lembraram que ele pode ser vendido ou trocado por jogadores de posições mais carentes para o Santos, pois o time já tem volantes mais jovens e tão bons tecnicamente quando ele. Quem não quer mais Edu Dracena no Santos geralmente também lembra que ele pode ser uma boa moeda de troca (parece que o São Paulo está interessado).

Tolerância e preferência pelos jovens

O santista tem mesmo maior tolerância – e esperança – com jogadores vindos da base do clube. Destes, além de Neilton, rejeitado mais pela sua atitude do que por seu futebol, um dos poucos que tem jogado, mas não foi aprovado para o elenco do ano que vem foi Pedro Castro, com 60% de votos pela sua saída.

Outros garotos que devem ficar no time em 2014, segundo a maioria dos opinantes: Geuvânio (87%), Gabriel (86%), Leandrinho (74%), Léo Cittadini (73%), Giva e Victor Andrade (66%), Misael (60%).

Os garotos mais votados foram Gustavo Henrique (100%), Jubal (90%), Alison (95%), Alan Santos (94%) e Gabriel Gasparotto (88%). Diogo Cardoso, ainda dos juvenis, foi citado seis vezes.

Titulares e reservas

Oito titulares do time conseguiram ampla aceitação, como o goleiro Aranha (95%), os laterais Cicinho (93%), Mena (88%) e Émerson Palmieri (91%), os meias Cícero (80%) e Montillo (88%) e os atacantes Thiago Ribeiro (88%) e Geuvânio (86%), o que prova que, apesar das críticas, o santista gostou da atuação da maioria dos jogadores do time em 2013, ou ao menos acredita que eles evoluam em 2014.

Levando-se em conta essa enquete, os times titular e reserva do Santos em 2014 seriam:

Aranha (95%) e o reserva Gabriel Gasparotto (88%).
Cicinho (93%) e Bruno Peres (por exclusão, já que 53% querem que saia do clube).
Gustavo Henrique (100%) e Edu Dracena (66%).
Jubal (90%) e Neto (76%).
Émerson Palmieri (91%) e Mena (88%).
Alison (95%) e Arouca (50%).
Alan Santos (94%) e Lucas Otávio (86%).
Cícero (80%) e Leandrinho (73%)..
Montillo (89%) e Léo Cittadini (73%).
Thiago Ribeiro (88%) e Giva (66%)
Geuvânio (86%) e Gabriel (86%).

Creio que Aranha, Cicinho, Gustavo Henrique, Jubal e Émerson Palmieri; Alison, Alan Santos , Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio é um bom time para ser utilizado nessas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Como o Santos, infelizmente, nada aspira na competição, O atrativo seria colocar em campo uma equipe em harmonia com a vontade do torcedor.

E você, o que achou das preferências do torcedor do Santos?