odir octa cunha
Sei que esta arte parece meio cabotina, pois é obra do RPN em minha homenagem pela unificação dos títulos brasileiros, trabalho que fiz com José Carlos Peres. Porém, é a única imagem que tenho que me mostra ao lado de um árvore de Natal, em um ambiente natalino. Pro ano que vem espero ter outra. Um abraço apertado em todos! Se possível, nesta ceia façam um brinde, mesmo silencioso, ao nosso Santos.

Sou daqueles que adora o Natal, pela sensação de paz e união que ele representa. Fico feliz e otimista nessa data. Não sei se o homem está evoluindo em busca da fraternidade universal que todos almejamos, mas nosso dever é continuar acreditando que sim e gosto dessa tarefa.

A profissão de jornalista me ensinou a respeitar todos os clubes e me colocar no lugar de torcedores de todos os times, a fim de entender-lhes as razões e paixões, mas amor mesmo só sinto por um, o nosso querido, valente e invejado Santos Futebol Clube – que, fosse de um país que respeita o esporte, seria tratado com toda a fidalguia e admiração que seu currículo merece.

É um prazer e uma honra manter esse espaço que dá voz a tantos santistas de nobreza de coração e força de caráter, que transformam o amor por um time de futebol em motivo para discussões mais amplas e para o enlaçamento de amizades que prosseguem além da Internet.

Considero amigos a todos que freqüentam este espaço (mesmo os não santistas que sabem proceder em casa alheia). O fato de se dedicarem a pensar sobre o Santos, a separarem um tempo de seus dias para buscarem soluções para o clube e o time que amamos, já é de uma generosidade tocante.

Espero, de coração, que vivam neste Natal uma felicidade plena, só possível na paz, no amor e na compreensão de que somos ínfimos e ao mesmo tempo incomensuráveis mortais buscando construir momentos de imortalidade ao lado de quem amamos. Feliz Natal a todos!