Atenção santistas de Curitiba e região

O associado Adriano Riesemberg, um dos grandes santistas deste país fora do Estado de São Paulo, pede que os sócios do Santos de Curitiba e região entrem em contato com ele pelo e-mail ten.riesemberg@yahoo.com.br
O tema é o Santos e as eleições presidenciais do clube.

Santos vence e está na semifinal da Copa do Brasil Sub-20

Clique aqui para ver os melhores momentos de Santos 1 x Vasco 0, pelas quartas de final da Copa do Brasil Sub-20

Com um gol e Matheus Augusto, aproveitando ótimo passe de Daniel Guedes, o Santos bateu o Vasco por 1 a 0, na Vila Belmiro, e se classificou para a semifinal da Copa do Brasil Sub-20 (no Rio o Alvinegro Praiano tinha perdido por 2 a 1). Dos jogadores que já atuaram entre os profissionais, o melhor foi Daniel Guedes, que se continuar assim poderá disputar a posição com Cicinho. Léo Citadini, substituído por Matheus Augusto, e Stefano Yuri, decepcionaram. Zeca, lateral-esquerdo, foi regular. Dos mais jovens, destaque para Caio, um meia canhoto que lembra Lucas Lima. Caio foi o melhor do time no primeiro tempo, mas no segundo passou boa parte do tempo sumido. O atacante Matheus Augusto entrou muito bem. O Santos contou com a sorte para se classificar, pois o miolo de sua defesa bateu cabeça e o Vasco perdeu várias oportunidades na boca do gol. Ainda é cedo para se empolgar com qualquer um desses jogadores, mas pelo jogo de hoje, Daniel Guedes merecia mais oportunidades entre os profissionais.

Ser conselheiro do Santos, um sonho possível
O que angustia o santista é ver o time e o clube caminhando para um futuro que leva à decadência e ao apequenamento sem poder fazer nada. Mas isso tem cura. No dia 6 de dezembro o Santos terá eleições presidenciais e poderá também renovar o seu Conselho Deliberativo. Imagine um Conselho composto por gente crítica, atuante, preocupada em ver o Santos cada vez maior. Isso é bem possível, mas depende de que pessoas com essas características, e com o mínimo de cinco anos como associadas ao Santos, tomem a iniciativa de se candidatar a uma vaga no Conselho Deliberativo. E a chapa de José Carlos Peres, apoiada pela Ong Santos Vivo, ainda tem vagas para o Conselho. Se você, um parente, ou um amigo de confiança, pretendem atuar mais diretamente na vida do Santos e sempre sonharam em ser conselheiros do clube, a oportunidade chegou. Enviem e-mail a mim – odir.cunha@uol.com.br – e iniciem o processo para se tornarem conselheiros do Santos Futebol Clube, com a possibilidade de entender e discutir as grandes questões que envolvem o nosso clube.

Decisões incompreensíveis diminuem o Santos

Somando-se os lucros líquidos dos jogos, na Vila Belmiro, contra Fluminense e Internacional, dois times que estão no G4 do Campeonato Brasileiro, o Santos arrecadou cerca de 50 mil reais. Esse valor representa 10% do salário mensal de Robinho. Aí eu pergunto: dá para manter um time profissional entre os melhores do País com faturamentos tão irrisórios?

E não pergunto isso para nenhum Phd em economia ou administração de empresas. Pergunto para o senhor que tem um carrinho de pipoca, ou para a senhora, dona de casa, que sabe que é preciso gastar apenas o que se ganha, ou a vaca vai pro brejo. Estou quase sugerindo que um pipoqueiro, ou uma dona de casa, vá dar uma palestra lá na Vila, pois as pessoas que dirigem o Santos não sabem essa regra elementar da subsistência.

Não sei se é porque o Santos é cercado por muita gente interessada em seguir carreira política na cidade, como o sr. Odílio, que já foi secretário de saúde, ou o s. Rolando Rollo, candidato a vereador, só sei que é mais fácil o filhote de canguru sair da bolsa da mãe, do que o Santos mandar jogos fora do seu velho e supersticioso “Alçapão”.

1 – Domingo não havia jogo na capital. 2 – Robinho ainda não jogou no Pacaembu com mando do Santos. Agora ligue 1 + 2. Qual é a conclusão lógica? Santos x Internacional no Pacaembu, com público de, no mínimo, 15 mil pessoas. Mas não…

Bem, o problema de onde jogar é apenas um desta diretoria, que montou um elenco caríssimo e medíocre; não aumentou em 1% o patrimônio do clube, nem mesmo construiu o CT da base; não conseguiu aumentar a cota de tevê; não obteve patrocínio máster; não manteve nem os 50 mil sócios, pois já caíram pela metade; não melhorou a média de público nos estádios, ao contrário, tornou-a a pior da Série A e, finalmente, fez crescer, e muito, a dúvida do clube, a ponto de atrasar salários de jogadores e funcionários.

Você ainda pode ser conselheiro. Não fique em cima do muro

Apesar disso tudo, há candidatos à presidência do Santos que parecem usar óculos cor de rosa e defendem que o problema estará solucionado com a ampliação da Vila Belmiro. Ora, se o estádio comporta 16 mil pessoas e a média de comparecimento é de sete mil, por que investir tempo e dinheiro na ampliação do Urbano Caldeira, se há um estádio pronto, com capacidade para 38 mil pessoas, na cidade mais rica e com mais santistas do Brasil?

Para você ver, amigo leitor e amiga leitora, como é difícil para algumas pessoas enxergar o óbvio. E o perigo é que essas pessoas, que não conhecem e nem conseguem enxergar a verdadeira dimensão do Santos, querem assumir o comando do clube nas eleições de 6 de dezembro. Não podemos permitir que isso aconteça.

Dos outros quatro, há três candidatos da situação – Rollo, Nabil e Fernando Silva – e apenas um da oposição, Modesto Roma, apoiado por Marcelo Teixeira, que dominou o clube por mais de uma década. Na verdade, o único que não tem rabo preso com ninguém e nem propôs ou quis coligação com outras chapas, é José Carlos Peres. Quando não se está disposto a conchavos, tudo fica mais difícil. Mas a luta vale mais a pena.

Recebo uma mensagem do leitor Sérgio Pacheco Santos, dizendo que “em Santos, os adversários contam a nossa dificuldade em reunir fichas. Eles observam como abutres”. Ele quer dizer que algumas pessoas, ligadas a chapas adversárias, torcem para que a Ong Santos Vivo, que apoia José Carlos Peres, não alcance o número de 238 conselheiros e, com isso, não possa concorrer às eleições.

Ora, primeiro, querer ganhar por wo é covardia. E, segundo, caso se preocupassem realmente com o Santos, jamais torceriam contra uma pessoa como José Carlos Peres, que não é carreirista político, não é falador, oportunista e nunca se envolveu em falcatruas. Um homem digno para liderar o Santos com dignidade e eficiência. Não sei porque alguns podem torcer contra isso, a não ser que não sejam santistas de verdade, ou tenham interesses maiores do que a sagrada santistidade.

E em terceiro lugar, o número de conselheiros necessários para registrar a chapa está quase sendo alcançado. Alegro-me em dizer que só este blog já preencheu as 20 vagas a que teve direito. Entre eses 20 conselheiros, destaco o professor Guilherme Nascimento, autor do Almanaque do Santos, notável historiador do futebol em geral e do Santos em particular. Com o Peres, a cultura e a arte ligadas ao Santos terão um grande incentivo.

Informo ainda que nesta manhã de segunda-feira consegui a autorização de José Carlos Peres e dos amigos da Ong Santos Vivo para preencher as 20 vagas restantes, suficientes para completar a chapa, com mais leitores assíduos deste blog.

Desta forma, abro novamente a possibilidade de que você, leitor atuante deste blog, que tem ao menos cinco anos como sócio do clube, se candidate ao cargo de conselheiro do Santos pela chapa que apoia José Carlos Peres a presidente. O cargo de conselheiro está aberto a homens e mulheres, jovens e idosos. Vamos transformar o Santos em uma verdadeira democracia. Vamos dar voz aos santistas, hoje deixados à margem das decisões do clube.

Lembro que além dos conselheiros efetivos, a chapa precisa apresentar mais 20 conselheiros suplentes, que não terão necessidade de participar das reuniões, a cada dois meses, em Santos. Portanto, mesmo que você sinta que não terá possibilidade de ir às reuniões do Conselho, há a possibilidade de se candidatar como suplente, o que seria de grande força para a chapa do Peres.

Temos de estancar essa sangria desatada de amadorismos e prejuízos em que se transformou o nosso Santos. Não se contente em reclamar, ou dar sugestões, pela Internet. Candidate-se ao Conselho do Santos pela chapa Ong Santos Vivo e dê a José Carlos Peres e sua diretoria a chance de construir “O Santos que a gente quer”.

Então, criou coragem e se decidiu? Envie e-mail para mim – odir.cunha@uol.com.br e vamos, juntos, trabalhar para salvar o Santos do apequenamento anunciado e colocá-lo, de novo, no caminho da grandeza que ele merece.

E então, vamos apoiar José Carlos Peres para presidente do Santos?

Evento em São Bernardo do Campo nesta quinta-feira

Alô amigos do ABCD: atendendo a pedidos, José Carlos Peres e a Ong Santos Vivo estarão na próxima quinta-feira, dia 6 de novembro, às 19 horas, na sede do São Bernardo Tênis Clube – Rua Tietê, 255, Vila Vivaldi, São Bernardo, falando de suas propostas para uma administração eficaz, transparante e eficiente do nosso Santos e recebendo inscrições para o Conselho Deliberativo.

O site do São Bernardo Tênis Clube é São Bernardo Tênis Clube e o telefone, (11) 4366-2929. Você sócio e torcedor do Santos, não deixe de comparecer a este encontro com José Carlos Peres, o candidato que vai transformar o clube n’ “O Santos que a gente quer”. Até lá!

convite Peres ABC

Já se decidiu pelo Peres? De qualquer forma, vá ouvir suas propostas.