dossie na saraiva

Atenção torcedores de Santos, Palmeiras, Cruzeiro, Fluminense, Botafogo e Bahia:

Até o Natal o blog manterá a promoção do Dossiê que unificou os títulos brasileiros!

Apenas R$ 10,00! Aproveite porque a promoção só vai até o dia 25 deste mês messsmo.

Conselheiros eleitos pela chapa Santos Vivo, em ordem de registro. Os efetivos vão até o número 64. A partir do número 65 são suplentes.

1 – JOSÉ CARLOS PERES

2 – ANTONIO CARLOS CAVACO

3 – NELI APARECIDA DE FARIA

4 – URUBATAN HELOU

5 – FABIO JOSÉ CAVANHA GAIA

6 – EUGENIO DA MOTTA SINGER

7 – FLAVIO BENATTI

8 – MARCELLO BITTENCOURT MONTEIRO FILHO

9 – NILTON MASCH

10 – ILIUCHA GARCIA VALLE

11 – ALBERTO PFEIFER FILHO

12 – NILTON RAMALHO JUNIOR

13 – MARCELO COVAS LISBOA

14 – DANIEL FERREIRA BYKOFF

15 – ALESSANDRO RODRIGUES PINTO

16 – HELIO VASCONCELLOS LOPES

17 – CLOVIS EDUARDO RUIZ CIMINO

18 – JAIRTON FLAVIO SEIXAS

19 – GILSON MARCOS TAVARES BARROS

20 – MAURICIO BARROS

21 – MARCELO MUOIO

22 – SYLVIO NOVELLI

23 – ALEX SANDRO FRANÇA BESSA

24 – ALLAN CLAUDIUS MACIEL

25 – JOSÉ LUCIANO CARVALHO

26 – OSCAR CESAR LEITE JUNIOR

27 – RACHID YOUSSEF BOURDOUKAN

28 – ANTONIO ALFREDO GLASHAN

29 – GUILHERME COELHO DE SOUZA DO NASCIMENTO

30 – NELSON JAFET

31 – ANILTON LUIZ PERÃO

32 – LEONARDO DIAS DE CARVALHO JUNIOR

33 – JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA

34 – ANDRÉ FERREIRA DE ABREU

35 – ANDREI SILVA

36 – MARCELLO FRANCISCO COELHO PAGLIUSO

37 – RICARDO GUISADO

38 – JAYME GARCIA DOS SANTOS

39 – ANDRE LUIS MOURA CURVO

40 – ANTONIO LUIS GALLI DOS SANTOS

41 – ARMANDO TADEU RODRIGUES DE OLIVEIRA

42 – CLAUDIO LUIZ CALDAS

43 – GERALDO ANTONIO DIAS BERNO

44 – EDILSON APARECIDO DE OLIVEIRA

45 – FRANCISCO SÉRGIO BOCAMINO RODRIGUES

46 – JOSÉ BRUNO CARBONE

47 – LUIZ FERNANDO DE PALMA

48 – LUIZ LOUZADA DE CASTRO

49 – MILTON BARBIERI

50 – ODIR CUNHA

51 – RICARDO FEIJO

52 – SERGIO FIGUEIREDO

53 – THIAGO OLIVEIRA GOMES BARBOSA

54 – VICTOR JOSÉ ZORZENON REBOUÇAS

55 – GABRIEL RIBEIRO DOS SANTOS

56 – ESLI JULIANO PEDROSO DA SILVA

57 – ANTÔNIO CARLOS TERCI

58 – EDUARDO VARJÃO DE LIMA

59 – PAULO CESAR DE OLIVEIRA COELHO

60 – PAULO DIAS GONÇALVES

61 – VITOR LUIZ PAIVA PEREIRA

62 – FABIO MARCIO TAVARES BARROS

63 – CARLOS EDUARDO GONÇALVES DA CUNHA

64 – DAVID DA SILVA REGO JUNIOR

65 – DOMINGOS PENSO SARRAF

66 – EDUARDO AUGUSTO AYRES FIGUEIREDO

67 – FERNANDO TURIANI FERNANDES

68 – SERGIO EDUARDO CORREA DE OLIVEIRA RAMOS

69 – SILVIO CAPELÃO

70 – JOÃO AMÉRICO CORREA DE OLIVEIRA RAMOS

71 – REYNALDO CUNHA JUNIOR

72 – LUIS FELIPE ROSSI

73 – IVAM JARDIM ARIENTI

74 – CELSO LUIZ COLOMBINI

75 – GUSTAVO HENRIQUE DOS SANTOS FIGUEIREDO

76 – LUCAS HENRIQUE BARROS

77 – ALEXANDRE RIBEIRO BARROS

78 – NILSON ROBERTO DE BARROS CARNEIRO

79 – RONALDO TAVARES BARROS

80 – ADRIANO LUIZ CENI RIESEMBERG

A posse dos conselheiros se dará dia 22 deste mês, próxima segunda-feira, às 20 horas, no Salão Nobre do Conselho Deliberativo do Santos Futebol Clube.

Aproveito para parabenizar os conselheiros eleitos pela chapa Santos Vivo – assim como aos eleitos pelas chapas Santos Gigante e Mar Branco – e agradecer a todos pela participação nesta eleição presidencial do Santos. Deste blog saíram 53 inscrições de conselheiros, essenciais para fortalecer a chapa Santos Vivo e a candidatura de José Carlos Peres, que por muito pouco não mudou os rumos do nosso clube.

Agora uma nova luta nos aguarda, neste blog e no Conselho do Santos – em que estaremos fiscalizando, sugerindo, trabalhando para ajudar o Santos a ultrapassar essa fase difícil em que se encontra, resultado da irresponsabilidade das últimas gestões.

Carta aberta ao presidente Modesto Roma Junior

Prezado Modesto Roma Junior. Em primeiro lugar, parabéns! Imagino como você deve estar feliz por repetir o feito de seu pai e ter a honra de presidir o nosso querido Santos Futebol Clube. Você sabe que não votei e nem não pedi votos para você, e sim para José Carlos Peres, a quem considero mais capaz para dirigir o Santos, principalmente neste momento delicado que o clube atravessa. Porém, acima de tudo, sou santista, e agora, para o bem de nosso clube, todos nós devemos colaborar, ao menos com ideias, para que você faça a melhor administração possível.

Este blog é crítico, fiscalizador, e seria assim mesmo que meu amigo José Carlos Peres tivesse sido eleito. Então, não espere afagos, mesuras e bajulações. Mas pode esperar, sim, opiniões sinceras e muitas ideias que poderão ajuda-lo a entender melhor a alma do santista e tomar as decisões certas para cada momento da vida do clube.

Aqui eu e a maioria dos leitores do blog tentamos dissuadir a diretoria de fazer aquele amistoso suicida contra o Barcelona; aqui, quando o negócio já estava sendo encaminhado, pregamos que a contratação de Leandro Damião deveria ser cancelada. Nessas duas oportunidades não fomos ouvidos, e deu no que deu. Espero que você seja mais democrático, pois, pelo que lembro de nossas conversas, é uma de suas características mais nobres.

Peço-lhe que analise as propostas dos outros candidatos e, humildemente, adote as melhores. Peres, por exemplo, defende que o sócio do Santos pague menos à medida que more mais distante de Santos e São Paulo. Isso é óbvio. Como um associado que resida a milhares de quilômetros da Vila Belmiro, ou do Pacaembu, poderá usar o maior benefício que o clube lhe proporciona, que é pagar meia entrada em um jogo do Santos?

Portanto, adote, como o Internacional já faz com grande sucesso, o preço escalonado para os títulos do Santos. Isso aumentará sobremaneira o número de sócios e o faturamento do clube. Outro detalhe essencial é a aproximação com os sócios de São Paulo e de outras regiões. Não é porque você foi eleito com os votos dos santistas de Santos, que vai administrar o clube pensando apenas na sua cidade. Isso seria um erro que diminuiria as possibilidades do clube em todos as áreas, a começar pelo marketing. Isso será a fórmula ideal para o Santos Anão que ninguém quer.

Sem uma boa média de público não se consegue atrair grandes patrocinadores e muito menos criar condições para um bom acordo com a TV. Por falar nisso, acerque-se de dados e informações precisas para quando for negociar com a Globo. Ponha um verdadeiro dossiê embaixo do braço, comprovando a força da torcida nacional do Santos, seu poder aquisitivo e a audiência que ela tem proporcionado. Não confie na sua oratória, ou em sua capacidade de improvisação, evite cometer os mesmos erros da administração que o antecedeu.

Não falei ainda com José Carlos Peres depois da eleição, apenas trocamos e-mails, mas tomo a liberdade de sugerir a você, Roma, que converse com o Peres sobre o melhor caminho para a negociação da dívida do Santos e, principalmente, para os contatos com os presidentes dos outros clubes a fim de se criar a tão esperada Liga Nacional e alterar a Lei Pelé de forma que ela proteja mais o clube formador de jogadores. Isso é essencial para o crescimento do Santos.

Converse, também, sobre o plano de se criar uma rede de olheiros espalhada pelo Brasil, e de um grupo de inteligência para monitorar a carreira de milhares de jogadores, a fim de evitar, por exemplo, que se gaste dezenas de milhões na contratação de um atacante que bate de canela e tem um problema no quadril. Não dá mais para confiar nos contatos dos mesmos empresários de sempre, que gastam mais do que devem com jogadores que estão longe de serem considerados craques. Evite essa armadilha.

Não permita que o futebol seja dirigido pelos jogadores. Eles são funcionários do clube. Jamais podem decidir onde o Santos vai jogar, por exemplo. A insistência em jogar na Vila impediu que alguns milhões de reais entrassem nos cofres do Santos – dinheiro que neste momento seria vital para amenizar a crise financeira que aflige o Santos.

Tenha sabedoria para governar, meu caro Modesto, pois desta vez o Conselho não estará na mão do presidente. Ele será dividido entre a sua chapa, a de José Carlos Peres e a de Fernando Silva. Você não teve nem 30% dos votos. Portanto, a grande maioria dos santistas acompanhará suas primeiras decisões com precaução e pouca tolerância. Pense sempre no universo de torcedores santistas e não apenas naqueles que vivem na Vila Belmiro e adjacências. O Santos é universal, você sabe.

Enfim, você foi eleito, mas agora vem a parte mais difícil, que é governar. Pelo panorama atual, com grande poder para a oposição, se você não se abrir ao diálogo, ao entendimento, não chegará a lugar algum. Mais do que ninguém você sabe que o santista é exigente e, às vezes, cruel. Os últimos três presidentes – Marcelo Teixeira, Luis Álvaro Ribeiro e Odílio Rodrigues – deixaram o cargo enxotados, escorraçados. Estou certo de que você não quer entrar para a história do Santos como mais um líder que fez o clube andar para trás, ou marcou passo. Pense realmente gigante, meu caro.

Passados os calores e os debates eleitorais, estamos todos no mesmo barco. O seu sucesso como presidente será o sucesso do time, do clube, de todos nós. Por meios e fins de semana felizes, queremos que você acerte. A começar pela montagem de sua equipe de trabalho. Escolha pessoas que não vão comprometer a sua administração, acerque-se de gente honesta e competente que, efetivamente, trabalhe pelo clube e tenha seus atos movidos pela transparência. Não corra riscos desnecessários. O que seus comandados fizerem, respingará em você.

Por fim, tente transformar as críticas, mesmo aparentemente destrutivas, em conselhos úteis para construir um Santos do tamanho que a gente sabe que ele deve ter. Um Santos que não tenha limites geográficos para sua grandeza. Boa sorte, Modesto Roma!

E você, que sugestão pode dar ao novo presidente do Santos?