robinho e oliveira
Como você, eu queria ver esta dupla hoje, mas talvez Ricardo Oliveira ainda não esteja em boa forma física (Foto: Ricardo Saibun/ Santos FC)

Na revanche da final do Campeonato Paulista, neste domingo, às 19h30, na Vila Belmiro (com transmissão do Sportv), tanto Santos como Ituano só terão, no máximo, cinco jogadores que fizeram a final do ano passado. Mas algo me diz que, desta vez, com uma equipe mais ágil e Robinho – talvez acompanhado de Ricardo Oliveira –, o Santos sairá vencedor.

Este palpite é algo temerário, pois não vi esses times jogarem e nem acompanhei seus treinamentos. Estou me baseando no currículo dos jogadores e no que se sabe de suas condições físicas. Mas, só por sua provável escalação dá para perceber que desta vez o Santos será um time mais ágil, mais incisivo, mais faminto de gols do que aquele pachorrento que jogou a decisão do Paulista do ano passado.

Digo provável escalação porque há uma dúvida no ataque. Algumas fontes asseguram que Ricardo Oliveira fará sua estreia, ao lado de Robinho. Thiago Ribeiro teria tido um problema estomacal e foi vetado. Mas também há versões de que Thiago jogará, formando o ataque com Geuvânio e Robinho. Acredito que Thiago começará jogando.

Mesmo sem Gabriel, que serve a Seleção Brasileira Sub-20, acho que este ataque santista poderá ser o diferencial do jogo, até porque o bom meia Lucas Lima terá liberdade para apóia-lo, pois Alison e Renato deverão atuar como volantes (não me surpreenderia, entretanto, se Renato fizer incursões ao ataque, já que o Ituano deverá entrar bem recuado). No ano passado, Geuvânio começou o Paulista arrebentando. Vamos ver como se sairá neste início de 2015.

No último treino o técnico Enderson Moreira escalou Elano no meio, mas depois o substituiu por Ricardo Oliveira. Não sei como Elano está, mas temo por sua condição física. Espero que ele se conscientize de que esta pode ser sua última oportunidade em um time de ponta do futebol brasileiro. Se não caprichar, e levar uma vida regrada, esta passagem pelo Santos pode representar o canto do cisne de sua carreira.

A defesa do Santos é uma incógnita. O goleiro Vanderlei ainda não poderá jogar. Continua Vladimir, que não tem a confiança da torcida. Victor Ferraz deverá atuar na lateral-direita, no lugar do ex-titular Cicinho e em vez do garoto Daniel Guedes, o preferido do torcedor santista, porém machucado. O recém-contratado Chiquinho entrará na lateral-esquerda, em uma posição que quase todos também pensavam ser do jovem Caju. De qualquer forma, é improvável que Chiquinho renda menos do que o inoperante chileno Mena, que já se foi.

A dupla de zagueiros terá Gustavo Henrique, que volta de longo afastamento, e o impetuoso David Braz. Pela primeira vez nos últimos cinco anos os zagueiros do Santos jogarão sem a sombra do capitão Edu Dracena. Vamos ver como se sairão.

O Ituano, que jogou tão bem nas mãos do técnico Doriva, mas agora é dirigido por Tarcísio Pugliese, só deverá contar com cinco jogadores campeões paulistas: o lateral-direito Dick, os volantes Josa e Jackson Caucaia e os meias Cristian e Marcelinho.

Agora compare os times que jogaram a final do Campeonato Paulista do ano passado e os que jogarão neste domingo, na estreia do Paulista de 2015, e me diga se o Santos está melhor ou pior:

Pacaembu, domingo, 13/04/2014
Santos 1 (6) x Ituano 0 (7)
Santos: Aranha, Cicinho, Neto, David Braz e Mena; Alison, Arouca e Cícero; Geuvânio (Alan Santos), Leandro Damião (Gabriel) e Thiago Ribeiro (Rildo). Técnico: Oswaldo de Oliveira.
Ituano: Vágner, Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa e Jackson Caucaia; Paulinho (Marcinho), Cristian (Marcelinho) e Esquerdinha; Rafael Silva (Jean Carlos). Técnico: Doriva.

Vila Belmiro, domingo, 01/02/2015
Santos: Vladimir, Victor Ferraz (Cicinho), Gustavo Henrique, David Braz e Chiquinho; Alison, Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro) e Robinho. Técnico: Enderson Moreira.
Ituano: Diego, Dick, Naylhor, Leonardo e Zé Carlos; Josa, Walfrido, Jackson Caucaia e Cristian (Marcelinho); Misael e Ronaldo. Técnico: Tarcísio Pugliese.

PARA VER COM OUTROS OLHOS
Reveja agora, de cabeça fria, os melhores lances da decisão do Campeonato Paulista de 2014 (sem os pênaltis), em que o Santos perdeu o título mas teve a melhor campanha. Detalhe: Foi o último jogo transmitido pelo grande narrador Luciano do Valle:

E então, este Santos é melhor do que o vice de 2014?