Elano e Gabriel Gasparotto
No treino, Elano mata a bola no peito diante do goleiro Gabriel Gasparotto (Ivan Storti/Santos FC)

Depois do jogo, que será transmitido pelo Sportv, venha discutir a atuação do Santos contra o Marília aqui no blog.

Como o Santos joga na terça-feira com o Londrina, no norte do Paraná, pela Copa do Brasil, o técnico Marcelo Fernandes resolveu poupar alguns jogadores no jogo deste sábado, às 18h30m, no estádio Bento de Abreu Sampaio, em Marília, contra o Marília, o time de pior retrospecto no Campeonato Paulista até aqui.

Sem ainda ter convencido os santistas nesta sua segunda volta ao clube, o meia Elano terá oportunidade de iniciar a partida, formando o meio-campo ao lado de Valencia e Lucas Otávio. Há alguma temeridade nessa formação, já que Lucas Lima tem tido desempenhos excelentes, com grande mobilidade e disposição física. Saberemos logo mais se Elano tem capacidade para substituir o titular com a mesma eficiência.

No mais, creio que o meio-campo se sairá razoavelmente bem, pois Valencia e Lucas Otávio são bons marcadores e têm tido oportunidades no time de cima. A maior incógnita, entretanto, está no ataque, que será totalmente remodelado na partida deste sábado.

Geuvânio, Ricardo Oliveira e Robinho descansarão para as entradas de Marquinhos Gabriel, Thiago Ribeiro e Gabriel. Espero que os reservas vejam essa oportunidade como uma chance de ouro de se firmarem no elenco. O teste pode ser decisivo para Marquinhos Gabriel e Thiago Ribeiro, principalmente.

A defesa não mudará muito, a não ser com a entrada de Zeca na lateral-esquerda, no lugar de Victor Ferraz, que vinha jogando bem.

Apesar da fragilidade do Marília, último colocado na classificação geral e defesa mais vazada da competição, espero que o Santos jogue com a seriedade que três pontos merecem. Não se pode esquecer que a briga, neste momento, não é apenas pela classificação para a próxima fase, mas para alcançar a liderança geral do campeonato, o que dará ao time a possibilidade de fazer os jogos decisivos em seu campo.

Marília x Santos (times prováveis)
Marília, 14/03/2015, 18h30, estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal
Marília: Rodrigo, Gil, Thiago Gomes, Braga e Deca; Juninho Ortega, Boquita, Vitor Cruz e Bruno Farias; Wellington Amorim e Leandro Costa. Técnico: Bruno Quadros.
Santos: Vanderlei, Cicinho, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Valencia, Lucas Otávio e Elano; Marquinhos Gabriel, Thiago Ribeiro e Gabriel. Técnico: Marcelo Fernandes.
Arbitragem: Adriano de Assis Miranda, auxiliado por Marco Antonio Junior e Maria Eliza Barbosa.

Veja o gol de Ávalos na vitória do Santos em 2007:

Veja o embarque do Santos para Marília:

Entrevista com o técnico Marcelo Fernandes:

E você, o que você espera do Santos em Marília?

CONTRATO COM A CSU EMPERRA CAMPANHA DE SÓCIOS

De que adianta ser Sócio-Rei e não conseguir ingressos para ver o Santos?

O interessado pode demorar até uma semana para se tornar sócio do Santos e alguém que more no Exterior não é aceito no quadro social do clube. O sistema não permite. Enfim, descobri que o Santos pouco pode fazer para implementar uma campanha nacional de sócios enquanto prevalecer o contrato com a CSU Cardsystem S.A., que tem mais dois anos de vigor.

“Nós tínhamos instalado um sistema que permitia ao clube fazer todo o processo de filiação do sócio, em pouco tempo. Resolveram terceirizar…”, diz Marcelo Teixeira, presidente do Santos até o final de 2009, quando foi substituído por Luis Álvaro Ribeiro.

Hoje, o sistema denominado “Sócio Rei” é totalmente controlado pela CSU. O clube pouco pode fazer a respeito, a não ser intervir junto à terceirizada para que o torcedor seja melhor atendido.

Para uma mudança radical no processo é preciso discutir as cláusulas do contrato com a CSU – o que já está sendo feito – e se pensar em alterações que agilizem e melhorem esse atendimento. Em última instância, a rescisão do contrato pode ser a única opção.

Afinal, todo contrato gera responsabilidades a ambas as partes, mas também lhes dá direitos. O Santos vem sendo muito prejudicado pela maneira negligente com que a CSU trata seus sócios e torcedores que, em suma, são os consumidores da marca SANTOS. Este mau atendimento gera um enorme prejuízo ao clube e também à imagem da CSU.

Neste blog já lemos inúmeras queixas contra a CSU Cardsystem. O mesmo ocorre em sites específicos para a reclamação de consumidores. No site “Reclame Aqui” é possível encontrar denúncias como esta:

Sócio Rei NÃO FUNCIONA

CSU CARDSYSTEM S.A. P
Santos – SP Terça-feira, 22 de Maio de 2012 – 20:16

A empresa CSU, responsável entre outras pela administração de contatos do Programa Sócio Rei do Santos F.C., presta um péssimo atendimento ao consumidor.

O único benefício que temos em relação aos jogos do Santos é o desconto e a prioridade de compras de ingressos, ou melhor ERA, pois com a CSU esse benefício não vale.

Não conseguimos comprar ingressos, não conseguimos reservar ingressos, a carteirinha demora uma eternidade para chegar e quando chega precisamos falar com atendentes despreparados portando um sistema ruim.

O site é pior ainda, não funciona em horários de pico, onde deveria haver uma previsão de gargalo de visitas dos usuários.

Ou o Santos administra por sua própria conta os seus sócios ou encontra uma empresa qualificada para realização das tarefas administrativas que dizem respeito aos sócios, pois do jeito que essa empresa trabalha, nem o patrocínio no número da camisa ela merece!!!

Para conhecer outras reclamações contra a CSU Cardsystem click no link:
Reclame Aqui

E você, como define o trabalho que a CSU presta ao Santos?