Geuvânio
Geuvânio treinando a pontaria (Ivan Storti/ Santos FC).

Logo mais, às 18h30, na Vila Belmiro, o Santos enfrentará o São Bento, que não tem maiores pretensões no Campeonato Paulista. A vitória é importante, pois dará ao time a oportunidade de brigar pelo primeiro lugar na classificação geral no confronto direto com o Corinthians, no Itaquerão, próximo domingo. Porém, para não correr o risco de entrar para o jogo mais importante desta fase sem dois de seus principais jogadores, eu pouparia Lucas Lima e Geuvânio – ambos pendurados com dois cartões amarelos – do jogo contra o São Bento.

Há jogadores no elenco que não foram devidamente testados pelo técnico Marcelo Fernandes no Paulista. Lucas Crispim e Leandrinho são dois deles. Creio que Thiago Ribeiro também poderia entrar no ataque, no lugar de Geuvânio. Então, meu time para o jogo de hoje seria Vladimir, Victor Ferraz, David Braz, Werley e Zeca; Lucas Otávio, Renato e Lucas Crispim; Gabriel, Ricardo Oliveira e Thiago Ribeiro.

Você poderá me perguntar: mas por que não o Elano? Eu direi: preocupa-me muito a forma física do Elano, que contra a Ponte Preta, mesmo entrando apenas nos 15 minutos finais, demonstrou não ter fôlego ou velocidade para acompanhar os adversários e em alguns casos apelou para a violência para parar a jogada. Temo que se iniciar a partida contra o São Bento, Elano poderá ser expulso. E também não vejo motivos para lhe dar a titularidade, já que vem jogando muito mal.

Para ser sincero, preocupo-me também com a escalação de Ricardo Oliveira. Acho que o experiente atacante poderia ser preservado para o grande jogo do próximo domingo, quando o Itaquerão receberá o confronto da maior rivalidade alvinegra do mundo. Alguns podem fingir que não, mas sabem que enquanto o novo estádio construído com nosso dinheiro não receber o Santos, não estará devidamente batizado.

Assim como previ que Santos e Palmeiras dariam a maior audiência de tevê do Campeonato Paulista, adianto desde já que Corinthians e Santos, no próximo domingo, às 16 horas, baterá todos os recordes. O Santos de Robinho no Itaquerão garantirá um interesse pelo espetáculo que nenhum outro time chegou perto. Esperem e verão.

Mas, voltando ao jogo de hoje, eu acrescento que não considero ausências as faltas de Cicinho e Valencia, excluídos do jogo por serem expulsos contra a Ponte. São dois jogadores com problemas técnicos evidentes. Cicinho tem outro agravante: é desequilibrado emocionalmente, a ponto de ser o jogador mais vezes suspenso do elenco do Santos. Enfim, é ruim e não tem espírito de equipe. Para mim, não estaria no elenco para o próximo Campeonato Brasileiro.

No último confronto, eles venceram

Sem chance de se classificar para a fase final, o São Bento só precisa de um ou dois pontos, em três jogos, para escapar do rebaixamento. Creio que conseguirá. O que poucos sabem, entretanto, é que no último confronto entre os dois times, pelo Campeonato Paulista de 2007, em 17 de fevereiro, o São Bento venceu o Santos em plena Vila Belmiro. Com dois gols no finzinho da partida (Roberto Santos aos 43 e Sérgio Júnior aos 47 minutos do segundo tempo), o time de Sorocaba ganhou por 2 a 0 e quebrou a então invencibilidade santista no campeonato. O resultado, porém, não impediu que o Santos fosse campeão e o São Bento rebaixado.

Veja os gols dessa surpreendente vitória do São Bento na Vila:

Veja agora uma vitória do Santos no ano campeão de 1984:

Para dizer como vão as coisas pelos lados do São bento eu recorro ao texto do repórter Eric Mantuan, que escreve para o jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba. Diz o Eric:

Com aplicação tática do meio campo para trás, a equipe de Sorocaba espera conquistar pelo menos um dos dois pontos que faltam para garantir a permanência na Série A1. Por isso, o técnico do Azulão deve promover o retorno do volante Renan, que estava no departamento médico, para fortalecer o poder de marcação. Na última rodada, o desempenho do Azulão nesse aspecto foi reprovado pelo técnico. “Vamos enfrentar uma equipe que tem apresentado, ao lado do Corinthians, a melhor qualidade técnica. Passamos isso para o grupo: são leves e rápidos, costumam sufocar na Vila. Contra o Bragantino, tivemos uma queda de produção na maioria dos atletas e vamos ter que retomar o bom nível para enfrentar um time perigoso como o Santos”, avisa.

O desfalque do Azulão é o meia Éder Loko, que continua tratando um pequeno estiramento. Diego Barboza pode ser mantido no time titular ou ceder espaço a Renan Mota, retomando o condicionamento físico após algumas rodadas machucado. Nas laterais, os titulares estão garantidos: Alex Reinaldo, que machucou o joelho e foi substituído no intervalo contra o Bragantino, faz dupla com Marcelo Cordeiro, de volta após cumprir suspensão na última rodada. E na zaga, a missão de Wanderson e João Paulo será a de marcar Ricardo Oliveira, que tem cinco gols no Paulistão. Robinho não joga”.

Times prováveis

Santos: Vladimir, Victor Ferraz, David Braz, Werley e Zeca; Lucas Otávio, Renato (Elano) e Lucas Lima (marquinhos Gabriel); Geuvânio (Thiago Ribeiro), Ricardo Oliveira e Gabriel. Técnico: Marcelo Fernandes.

São Bento; Henal, Alex Reinaldo, Wanderson, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Renan e Serginho Catarinense; Éder, Giovanni e Diego Barboza (Renan Mota); Romário. Técnico: Paulo Roberto Santos.

Árbitro: Flávio Roberto Santos. Auxiliado por Vicente Romano Neto e Fausto Augusto Viana Moretti.

Despesas Diversas

O trabalho da Comissão Fiscal sobre “Despesas Diversas” em jogos do Santos apresentado na última reunião do Conselho Deliberativo, baseou-se no jogo Santos x Ituano, na Vila Belmiro, na abertura do Campeonato. Seria interessante saber também como são essas despesas nos jogos que o Santos transfere para o Pacaembu. Provavelmente entram nesse quesito transporte, hospedagem, alimentação… Porém, nem esses outros custos justificariam um montante de 173 mil reais em “Despesas Diversas’, como ocorreu na partida contra o Linense.

Portanto, não são apenas os ingressos distribuídos gratuitamente que provocam esses valores absurdos. O total de ingressos distribuídos às torcidas organizadas é estabelecido pelo estatuto do Santos. A questão é que, também por estatuto, não podem ser negociados. Se estão sendo, isso preciso ser investigado. No conjunto da obra, porém, a questão não é proibir as organizadas, mas chegar a um ponto de equilíbrio que seja bom para o cube e para elas.

Ao menos a discussão nesse sentido começou. Como Regis Almeida, presidente da pioneira Torcida Jovem, também é conselheiro do Santos, teremos oportunidade de conversar com calma e chegar a um consenso que mantenha a vibração e o entusiasmo das organizadas e ao mesmo tempo reverta essa participação em maior faturamento e maior segurança para o torcedor do Santos que vai aos jogos. A ideia nunca poderá ser desunir, desagregar, mas sempre unir os santistas.

Jogo de hoje, só na Vila ou no Premiere…

Nenhum canal de TV, nem mesmo por assinatura, está anunciando o jogo do Santos nesta tarde. Para quem faz questão de assistir a todos os jogos do Alvinegro Praiano e não poderá estar na Vila Belmiro logo mais, sobram as opções do canal Premiere (pay per view), ou alguma outra solução criativa… Após a partida, convido a todos para comentar o jogo aqui. Por volta de 21 horas o novo post estará no ar. Até mais.

Que Santos você escalaria para enfrentar o São Bento?