Campeão das Taças, há 67 anos, no Pacaembu

Hoje, 12 de maio de 2015, completam-se 67 anos que o Santos se tornou o Campeão das Taças, vencendo o Corinthians, no Pacaembu, por 2 a 1, diante de um público aproximado de 10 mil pessoas. A matéria está no site oficial do Santos. Veja o link abaixo.

Clique aqui para ler sobre o título do Santos, com vitória sobre o Corinthians, no Pacaembu, há 67 anos.

Robinho rescindiu contrato com o Milan. Agora o papo é só com o Santos


Roma e Robinho. Agora vai? (Ivan Storti/ Santos FC)

Por telefone, Robinho acertou sua rescisão de contrato com Milan. A informação foi confirmada pela advogada e representante de Robinho, Marisa Alija. Agora, o jogador, que está emprestado ao Santos até 30 de junho, estará livre para negociar com qualquer clube , a partir de 1º de julho. Para continuar no Santos, ele primeiro quer receber os atrasados, que, segundo algumas fontes, já chega a cinco milhões de reais.

Esta notícia nos pega de surpresa, porque a última que tivemos sobre o imbróglio era a de que o presidente Modesto Roma tinha viajado para a Itália nesta segunda-feira, a fim de convencer os milaneses a deixar Robinho no Santos, nem que para isso o Alvinegro Praiano tivesse de se desfazer de jogadores jovens e de potencial, como Gustavo Henrique e Gabriel.

Se o Milan poderia ter dois jogadores em troca de Robinho, por que rescindiria seu contrato sem receber nada? Ou recebeu e não estamos sabendo? Os mais maldosos dizem que o presidente do Santos viajou sem marcar reunião e sem telefonar antes, e por isso embarcou sem saber que o jogador já estava liberado pelo Milan. Não dá para acreditar que algo assim tenha acontecido. O mínimo que se espera, em um caso desses, é que Roma, ou algum de seus assessores, ligasse antes para o Milan a fim de confirmar a reunião e o assunto a ser tratado.

Será que o Milan rescindiu depois da proposta do Santos, ou Robinho prometeu pagar alguma coisa ao clube italiano para ter o passe livre, já contando com o que vai receber do Santos ou, talvez, de algum outro interessado? Não sei. Esta novela só será esclarecida nos próximos dias.

Porém, creio que não se pode analisar apenas se é bom ter Robinho e se Robinho quer ficar no Santos, mas quanto isso custará aos combalidos cofres santistas e qual será a engenharia financeira para tê-lo sem endividar ainda mais o clube. Sem um patrocinador que banque os seus salários, Robinho não poderá ganhar 500 mil reais por mês. Isso é fato. A não ser que…

… o Santos programe seus jogos para estádios maiores, e trabalhe cada partida como um grande evento, a fim de atrair mais público e, consequentemente, mais renda. A não ser, também, que a presença de Robinho seja aproveitada para se lançar uma grande campanha de associados, o que traria um dinheiro rápido ao clube. Porém, pelo que estamos vendo em quatro meses e meio dessa administração, fazer com que o time jogue mais vezes fora da Vila Belmiro e atrair mais sócios de outras cidades não estão nos planos.

Se não conseguiu pagar Robinho até aqui, a ponto de ter com ele uma dívida milionária, o que mudará para que agora os pagamentos sejam feitos em dia? Adiantar mais verbas da tevê e comprometer mais ainda o futuro do clube? Pedir empréstimos bancários ou a Marcelo Teixeira? Dar passes de jogadores jovens em troca de manter o veterano por mais uma ou duas temporadas? É preciso ser frio e calculista nessas horas. Robinho é um ídolo, mas está em fim de carreira. É preciso pensar no clube a médio e longo prazos.

Só espero, por enquanto, que o presidente Modesto Roma explique bem essa história. Se realmente viajou para a Itália sem confirmar a reunião, pisou tremendamente na bola. E perdeu tempo e dinheiro do clube. Italiano è una lingua piu facile da parlare. E un uomo che si fa chiamare Roma ha l’obbligo di conoscere almeno parlare di base. Che cosa, presidente. Non ci posso credere!

Veja o Sub-20 em ação e tente descobrir moleques de futuro:

Veja os batidores do empate com o Avaí:

E pra você, Robinho vale todo o esforço do Santos?