O presidente Modesto Roma e a diretoria do Santos têm tido problemas para marcar jogos em São Paulo devido ao veto da Polícia Militar, que, por motivo de segurança, não aprova duas partidas no mesmo dia para a Capital Paulista.

Como é uma tarefa muito difícil olhar a tabela do Campeonato Brasileiro e descobrir quais os dias em que não há jogos de times grandes em São Paulo, este blog contratou uma equipe de especialistas e depois de muitos dias de pesquisa finalmente descobriu três jogos que o Santos pode marcar para o Pacaembu sem o perigo do veto da PM.

Como o Pacaembu comporta 40 mil pessoas, tenho a certeza absoluta de que, caso a diretoria faça as mesmas promoções e dê aos sócios e aos santistas da Grande São Paulo as mesmas facilidades que têm dado aos freqüentadores da Vila Belmiro, o público médio nessas partidas na Capital ultrapassará 20 mil pessoas, portando superará a capacidade máxima do Urbano Caldeira.

Atenção para os três jogos que o Santos pode fazer no Pacaembu com o consentimento da PM, pois nesses dias não há nenhum outro jogo marcado para a Capital:

Santos x Avaí
Dia 22 de agosto
Sábado, às 18h30

Santos x Chapecoense
Dia 3 de setembro
Quinta-feira, às 19h30

Santos x Atlético Mineiro
Dia 16 de setembro
Quarta-feira, às 22 horas

Bem, a liberação já existe. Agora é com a diretoria.

Questão de interpretação

Os torcedores e mesmo parte da imprensa brasileira não entenderam a nova regra do pênalti que é gerado pelo contato da bola com a mão dentro da área. Como se sabe, a orientação veio da International Football Association Board e depende da interpretação que é dada a ela em cada país filiado.

No Brasil, depois de uma reunião entre as empresas patrocinadoras, a tevê e as autoridades que se servem do futebol, ficou estabelecida uma determinação muito clara, que só não entende quem não quer. A regra brasileira diz o seguinte:

Todo contato da bola com a mão de um jogador dentro da grande área deverá ser punido com pênalti se este favorecer, direta ou indiretamente, o Corinthians. Mas não será pênalti se este desfavorecer, direta ou indiretamente, o Corinthians.

Um Time dos Sonhos com novidades

O livro Time dos Sonhos que será relançado por meio da campanha de crowdfunding da Kickante trata do mesmo período do anterior – da fundação do Santos até o título brasileiro de 2002 -, mas suas Estatísticas avançam até os dias atuais e ele traz outros informações novas. Mesmo quem já leu Time dos Sonhos encontrará muitas novidades na versão que será lançada agora. Não deixe de participar

Clique aqui para participar da reimpressão do livro Time dos Sonhos!

E você, quer ver ao menos esses três jogos no Pacaembu?