O Santos já vencia por 2 a 0 e, como o brilhante conselheiro e cineasta Rachid mostrou em seu filme, as filas de santistas interessados em entrar no Pacaembu continuavam imensas. O clube não facilitou em nada o ingresso dos seus torcedores ao tradicional estádio paulistano. Até idosos e portadores de deficiência tiveram de pegar fila.

Depois, apesar de o público ser o maior do Santos neste ano – 30.700 pessoas no total – e a renda líquida somar 600 mil reais, o equivalente a seis jogos na Vila Belmiro, o presidente Modesto Roma disse que não gostou do público e nem da renda e que não mandaria mais jogos no Pacaembu. Isso porque, soube-se depois, o camarote de vossa excelência não tinha o conforto e os privilégios esperados pelo mandatário do Santos.

Ora, pense no clube, senhor presidente. Deixe de ser individualista! Como se pode ver no vídeo abaixo, os jogadores do Santos aceitam jogar no Pacaembu numa boa. Quem não quer sair da Vila Belmiro é o senhor e sua diretoria. Pense grande, senhor presidente Modesto Roma!

E você, o que acha disso?