Sérgio Gorni e Onofre Carvalho foram os sorteados com a camisa retrô do Santos no Encontro dos seis anos do Blog do Odir. O artilheiro Juary, eterno Menino da Vila, encantou a todos com sua simpatia e suas histórias impagáveis do mundo do futebol. Você não foi nesse? Não perca o próximo!

Juary - Sergio GorniJuary - Onofre CarvalhoJuary - OdirJuary - Juary

Ontem foi dia de festa. No agradável encontro de santistas no Murymarelo Bar, em comemoração aos seis anos deste blog, em meio a conselheiros do Santos e torcedores ilustres, o artilheiro Juary, eterno Menino da Vila, deu um show, com histórias alegres, emocionantes, e uma simplicidade e simpatia incomuns em jogadores de futebol. Sérgio Gorni e Onofre Carvalho foram sorteados com camisas retrô do Santos, uma oferta da loja do Museu Pelé. Quem não foi, perdeu um momento especial que só o convívio entre santistas pode proporcionar.

Hoje é dia de luta. Às 21h45 o Santos joga no Moisés Lucarelli contra a Ponte Preta, que tem sido um adversário fatídico nos últimos anos. Dorival Junior manterá o mesmo time que empatou sábado contra o São Bernardo: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia e Renato; Gabriel, Lucas Lima e Paulinho; Ricardo Oliveira.

Assim, Lucas Veríssimo e Paulinho, que não foram bem na estréia, terão nova oportunidade. O veterano Renato disse que o time tem de ter uma nova postura este ano em jogos fora de casa. Seria, realmente, providencial vencer a Ponte em Campinas, o que compensaria a má estréia no campeonato.

Ah, ia me esquecendo. Hoje Elano e Patito estarão no banco de reservas, de onde boa parte dos santistas espera que não saiam.

Como era previsto, a TV Globo não transmitirá o jogo do Santos. A aberta fará a partida do São Paulo pela Pré-Libertadores e o Sportv escolheu encontros entre equipes menores pelos campeonatos carioca e paulista. Tudo para continuar pressionando o Santos a não assinar com o Esporte Interativo. Jogo sujo que não deve e não pode mudar a determinação do clube de fugir do rabo da saia da manipuladora Globo. Mas a Bandeirantes tem anunciado a partida. Menos mal.

Internacional, Coritiba, Atlético Paranaense e Bahia, além de outros clubes que são dirigidos por quem tem culhão, deverão seguir a mesma orientação do Santos e assinar com o Esporte Interativo. Não há outro caminho para levar o futebol brasileiro à meritocracia e à competitividade. Outros dirigentes, sabe-se lá porquê, estão aceitando seus clubes ganharem menos para continuar atrelados à Globo. Vai entender…

E você, o que espera do Santos contra Ponte?