O Santos finalmente assinou com o Esporte Interativo. Ótimo. Mas o contrato só vai valer a partir de 2019. Até lá teremos três anos de boicote da Globo. Os santistas têm de estar unidos para enfrentar esse período e a diretoria do clube tem de se abrir mais para os torcedores do planalto. O clube não poderá perder oportunidades de faturar, pois a grana será curta. Bem, isso posto, concordo com quem sugere as escalações de Victor Bueno e Ronaldo Mendes para o jogo deste sábado, às 21 horas, contra o Novo Horizontino.

Parece que depois de se apaixonar pelo Nilson, o homem que perdeu o gol feito da Copa do Brasil, Dorival Junior está caído de amores pelo Patito, aquele que quer fazer gol da bandeirinha de escanteio. Torço para que o professor esteja certo, mas gostaria mesmo é de ver o garoto Victor Bueno começando uma partida. Algo me diz que o rapaz vai emplacar.

No ataque, como o Campeonato Paulista serve também para experiências, eu escalaria o Ronaldo Mendes no lugar de Ricardo Oliveira. Nosso veterano artilheiro não está sendo insinuando que está desgastado? Pois então que ceda o lugar ao rapaz que veio do ABC. Não fosse a vontade desse moço e o Santos não teria vencido o Ituano. Mas não descartaria colocar o Joel, que também me pareceu bem disposto quando entrou.

O Santos deve jogar com Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Gabriel, Patito Rodríguez e Ricardo Oliveira. O Novo Horizontino deve ser escalado pelo técnico Guilherme Alves com Anderson, Éder Sciola, Domingues, Jéci e Paulinho; Adriano, Fahel (Richarlyson), Pereira e Pedro Carmona; Rayllan e Cléo Silva.

Não creio que será um jogo tranqüilo. O Novo Horizontino tem apenas dois pontos, mas só perdeu uma partida – 1 a 0 para o São Bento, fora de casa. Curiosidades: o estádio tem capacidade para 12.398 pessoas e sua construção custou 42 milhões de reais.

Victor Ferraz escala os melhores jogadores brasileiros de cada posição:

E você, o que espera do Santos em Novo Horizonte?