Reveja os melhores momentos do jogo e constate que só deu Santos.

O Santos criou chances para ganhar por dois ou três gols de diferença, mas parou nas boas defesas do goleiro Denis. O gol santista só saiu no começo do segundo tempo, em ótima jogada de Joel, que girou em cima do zagueiro e bateu forte, de esquerda, entre a trave e o goleiro.

O mesmo Joel, entretanto, atrapalhou Gustavo Henrique na marcação de um escanteio, e isso permitiu que Alan Kardec subisse primeiro que os santistas para cabecear para o chão e empatar a partida, a menos de 10 minutos para o final.

Com o empate, o Santos foi a 23 pontos e o São Paulo a 18. Só que, por saldo de gols, o Alvinegro Praiano perdeu a primeira posição do Grupo A para o São Bento. Agora o Santos volta a jogar na quinta-feira, contra a Ferroviária, às 21h30, na Vila Belmiro.

O destaque negativo do Sansão foi o público, de apenas 6.239 espectadores. Ou seja, apesar dos ingressos mais baratos, apenas 1/3 da Vila Belmiro foi ocupado. Nem vou lembrar que a partida poderia ter sido realizada no Pacaembu, pois não havia jogos na Capital.

Santos 1 x 1 São Paulo

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Caju;
Renato (Alison), Vitor Bueno (Neto Berola), Léo Cittadini (Serginho) e Rafael Longuine; Paulinho e Joel.
Técnico: Dorival Júnior.

São Paulo: Denis, Bruno, Lugano, Maicon e Carlinhos; Hudson, João Schmidt, Thiago Mendes (Kelvin) e Daniel (Alan Kardec); Centurión (Lucas Fernandes) e Calleri.
Técnico: Edgardo Bauza.

Gols: Joel aos 13 e Alan Kardec aos 37, ambos no segundo tempo.

Arbitragem: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira.

E você, achou esse empate bom?