FALTAM 12 DIAS! VOCÊ NÂO PODE PERDER!
Pague 1, leve 2 exemplares do livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, com dedicatória exclusiva, e ainda ganhe o e-book do livro Donos da Terra. Receba em casa sem custo de correio. Tudo por apenas 68 reais. Mas só até 31 de julho. Aproveite antes que acabe!
Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos
A promoção continua até 31 de julho. Clique aqui para comprar o livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, e ganhar mais um exemplar de graça, além da versão eletrônica do livro Donos da Terra, frete pago e dedicatória exclusiva. Tudo isso só por R$ 68,00 e ainda dá pra parcelar. Clique já!

FALTAM MAIS SEIS!

Em um bom jogo, o Santos ganhou da Ponte Preta por 3 a 1 e passou para o quarto lugar no Campeonato Brasileiro, três pontos atrás do líder Palmeiras, que neste domingo enfrenta o Internacional no Rio Grande do Sul. Após essa vitória, faltam mais seis consecutivas – todas perfeitamente possíveis – para o Alvinegro Praiano assumir de vez a luta pelo seu nono título brasileiro.

Emissários do Barcelona e do Borussia Dortmund foram à Vila Belmiro assistir à partida, de olho em Lucas Lima e Gabriel. Um bom público, para o estádio, de quase 12 mil pagantes viu o jogo. Mesmo desfalcada, a Ponte foi um adversário valente e criou boas chances. O Santos também criou e não seria surpreendente se goleasse, por exemplo, por 6 a 2.

Apesar da boa vitória, muitos santistas – entre eles alguns comentaristas deste blog – estranharam o fato de o técnico Dorival Junior não ter colocado Yuri e Copete no time, já que ambos são os prováveis substitutos de Thiago Maia e Gabriel, que fizeram sua última partida antes de se apresentarem à Seleção Olímpica. Dorival preferiu Elano e Vecchio.

De qualquer forma, o time tem elenco para assumir a primeira posição do campeonato nas próximas rodadas. Mesmo sem o trio olímpico, ainda restarão jogadores bons suficientes para fazer a equipe brigar pela liderança de uma competição que é nivelada por baixo.

Santos 3 X 1 Ponte Preta
Vila Belmiro, 16/07/2016, 18h30
Público: 11.979 pagantes. Renda: R$ 364.360,00.
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Thiago Maia, Vitor Bueno e Lucas Lima (Elano); Gabriel (Vecchio) e Ricardo Oliveira (Rodrigão).Técnico: Dorival Júnior.
Ponte Preta: João Carlos, Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira, Reinaldo; Wendel, Maycon, Matheus Jesus (Felipe Menezes); Rhayner, William Pottker (Roger), Clayson (Giva). Técnico: Eduardo Baptista.
Gols: Victor Ferraz aos 21 minutos do primeiro tempo; Vitor Bueno aos 10, Gabriel aos 26 e Roger aos 39 do segundo.
Arbitragem: Marielson Alves Silva (BA – ASP-FIFA), auxiliado por Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP – CBF) e Bruno Salgado Rizo (SP – ASP-FIFA).
Cartões amarelos: Zeca, Thiago Maia e Gabriel (Santos); Wendel e Willian Pottker (Ponte Preta).

Lançamento do livro do Guilherme Guarche
O historiador Guilherme Gomez Guarche, responsável pelo Departamento de Memória e Estatística do Santos – aqui ao lado do craque Negreiros – lançou o livro Memória Santista. Ainda não li, mas já gostei e recomendo (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC).

E você, o que acha disso?