O futebol é cíclico.

Pague 1, leve 2 Time dos Sonhos, com dedicatória exclusiva, e ainda ganhe o e-book do livro Donos da Terra. Receba em casa sem custo de correio. Tudo por apenas 68 reais. Mas só até 31 de julho. Aproveite antes que acabe!
Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos
A promoção continua até 31 de julho. Clique aqui para comprar o livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, e ganhar mais um exemplar de graça, além da versão eletrônica do livro Donos da Terra, frete pago e dedicatória exclusiva. Tudo isso só por R$ 68,00 e ainda dá pra parcelar. Clique já!

Aos que adquirem os livros, pedimos que, se possível, enviem comentários sobre o atendimento, a agilidade no recebimento e a qualidade das obras. Obrigado.

No jogão do ano, ganhará quem tiver mais coração e cabeça

Pela venda antecipada de ingressos, o jogão desta terça-feira, no Allianz Parque, pode bater o recorde de público da bela e moderna arena palmeirense. Até agora, dos três jogos que superaram a marca de 39 mil pessoas no estádio, dois foram contra o Santos, e a maior arrecadação em uma partida entre clubes também foi a que decidiu a Copa do Brasil de 2015, que alcançou R$ 5. 336 .631,25. Algo me diz que o público poderá ultrapassar 40 mil pessoas.

Além de representar uma briga direta pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, o duelo reunirá o clube que mais tem investido em busca do título e aquele que tem mais jogadores nas Seleções Brasileiras principal e olímpica. Gabriel Jesus fará falta ao Palmeiras, mas Gabriel, o Gabigol, é presença confirmada. Os atrativos do clássico são muitos e fazem o brasileiro reviver o clima dos jogos históricos, dos bons tempos do nosso futebol.

Com tudo isso, a Rede Globo tem preferido transmitir o Chapecoense. É como dizia minha avó: alguns gostam dos olhos, outros da remela. Enfim, é por isso que o futebol brasileiro vai de mal a pior. Parece brincadeira, mas o grande jogo deste Campeonato Brasileiro será realizado em uma terça-feira e sem tevê direta. Acho que a Globo, que detém os direitos da competição, deveria se explicar aos seus telespectadores e anunciantes. Mas, enquanto o Brasil não for totalmente passado a limpo, muita coisa permanecerá sem explicação.

Quanto ao jogo, deverá ser muito equilibrado. Comparei jogador por jogador e fiquei no empate. A força da torcida também conta. Então, teoricamente, seria 51% para o Palmeiras, 49% para o Santos. Porém, sabemos que a atitude, a disciplina e a ousadia – como mostrou Portugal diante da França – podem inverter radicalmente esses números.

Veja se concorda com a comparação que eu fiz:

Vanderlei x Fernando Prass – Ambos são bons goleiros e têm jogado bem. O palmeirense está numa fase um pouco melhor.
Victor Ferraz x Jean – O santista tem um pouco mais de recursos.
Luiz Felipe x Yerry Mina (ou Edu Dracena) – Não há vantagem clara para nenhum lado. Empate.
Gustavo Henrique x Vitor Hugo – Empate.
Zeca x Zé Roberto – Os dois são bons jogadores, o palmeirense é mais experiente, mas o santista é mais jovem e ousado – Empate.
Renato x Matheus Sales – Renato tem mais experiência, mas menos vitalidade – Empate.
Thiago Maia x Arouca (ou Moisés) – Empate.
Lucas Lima x Dudu – Os dois melhores jogadores de cada time. Dudu é mais ofensivo, Lucas Lima coordena melhor – Empate.
Vitor Bueno (ou Copete) x Cleiton Xavier – Se for o Vitor Bueno, empate, se for o Copete, melhor para o santista.
Gabriel x Erick – Vantagem para o santista.
Rodrigão x Barrios – O palmeirense tem um pouco mais de experiência.
Dorival Junior x Cuca – Dorival está há mais tempo no Santos do que Cuca no Palmeiras, mas Cuca é mais atrevido, principalmente quando joga em casa, enquanto Dorival tem sido mais conservador – Empate.

A arbitragem será de Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO), auxiliado por Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). Que não seja caseiro.

E você, o que espera do jogão desta terça-feira?