Assisti aos melhores momentos da vitória do Palmeiras sobre o São Paulo e percebi a renovação da equipe de Parque Antartica. Corrijam-me se estiver errado, pois não costumo acompanhar esses times, mas creio que Michel Bastos, Guerra, Keno, Borja, além de Tchê Tchê são jogadores contratados recentemente e já são titulares ou ao menos estão sendo lançados regularmente na equipe. Por outro lado, no Santos, que neste domingo enfrenta o São Bernardo, às 18h30, não vemos nenhum dos novos contratados como titular ou próximo de conseguir essa condição. Por que?

Alguns dirão que é porque a panelinha não deixa os contratados se estabelecerem. Não posso entrar nessa viagem. Creio que se o jogador está mostrando qualidades nos treinamentos e nas poucas vezes em que pode jogar, não seria inteligente deixá-lo fora do time. Que técnico não gostaria de montar a melhor equipe possível?

Então, a conclusão mais plausível é a de que o clube dessa vez contratou mal. Digo dessa vez porque acho que no início dessa gestão as contratações foram boas e baratas. Lucas Lima, Ricardo Oliveira, Renato, Vitor Bueno deram padrão ao time e o tornaram um dos melhores do País. Agora, entretanto, em que havia dinheiro em caixa para negócios mais ousados, o departamento de futebol santista, ao menos pelo que se pode ver até agora, não foi nada bem.

A não ser o baixinho Vladimir Hernandez, não há nenhum contratado que parece ter alguma intimidade com a bola. Tanto o zagueiro Cleber, como o volante Leandro Donizete e os atacantes Bruno Henrique e Kayke não demonstraram nenhuma facilidade para jogar. Quanto ao lateral Matheus Ribeiro, o pobre ainda nem teve uma chance real de jogar.
Uma pena que dessa vez a direção de futebol do Santos, que tinha ido tão bem em 2015, tenha contratado tão mal para a temporada 2017.

Continuaremos torcendo para o sucesso desses rapazes, mas até agora o sentimento de muitos santistas é o de desânimo. Ao ver Tchê Tchê e Keno no Palmeiras fiquei com uma certa dorzinha de cotovelo. Ambos não tinham passes caros e cairiam muito bem no Santos. Porém, como sempre, torcerei para queimar a língua.

E você, o que acha disso?

E não se esqueça: terça-feira estou esperando você lá:
Convite - Lições de jornalismo

Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos

Liquidação Total dos livros em 60 dias de aniversário!

Como prometi, este blog comemorará o aniversário de 105 anos do nosso amado Santos Futebol Clube nos meses de março e abril. E nessa comemoração, para tornar a rica história santista mais acessível a todos, reduzi ainda mais os preços dos livros oferecidos na livraria do blog e ainda mantive o frete grátis e a dedicatória, claro.

Confira os novos preços e entre na livraria para comprar para você ou para os amigos santistas, ou quase. Divulgar a história é uma forma de manter o carisma, a cultura e a visibilidade do Santos.

Veja só como os livros ficaram baratos (e todos com frete grátis)

Dossiê Unificação dos títulos brasileiros
Por 39 reais um exemplar, ou 69 reais dois exemplares

Time dos Sonhos
Por 39 reais um exemplar, ou 69 reais dois exemplares

Sonhos mais que possíveis
Por 14 reais o exemplar

Dinheiro, é possível ser feliz sem ele
Por 23 reais um exemplar, ou 35 reais dois exemplares

OS PREÇOS FINAIS SÃO ESSES AÍ, NENHUM CENTAVO A MAIS. O FRETE É POR CONTA DO BLOG. APROVEITA QUE NUNCA ESTEVE TÃO BARATO.

A PROMOÇÃO VAI ATÉ 30 DE ABRIL OU ATÉ ACABAR O ESTOQUE

—— Para entrar na livraria, tecle aqui ——
ou entre na sala Comprar Livros, anunciada no alto desta página.

E você, que tal comprar um livro meu?