Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Month: fevereiro 2018 (page 1 of 3)

Estreia na Libertadores

O Santos estreia na Copa Libertadores da América nesta quinta-feira, às 19h15, em Cuzco, contra o Real Garcilaso. O jogo será realizado a 3.400 metros de altitude, o que pode fazer com que alguns atletas sofram com a falta de oxigênio.

O Santos está no Grupo 6, com o próprio Real Garcilaso, Estudiantes, da Argentina, e Nacional, do Uruguai.

O técnico Jair Ventura relacionou 23 jogadores para a partida:

Goleiros: Vanderlei, Vladimir e João Paulo.
Laterais: Daniel Guedes e Caju.
Zagueiros: David Braz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Robson Bambu.
Volantes: Alison, Renato e Matheus Jesus.
Meias: Vecchio, Léo Cittadini, Jean Mota e Vitor Bueno.
Atacantes: Eduardo Sasha, Copete, Gabigol, Arthur Gomes, Rodrygo e Yuri Alberto.


Este é o nosso adversário


Agora é Sasha e mais dez

O atacante Sasha foi o melhor jogador do Santos na vitória de 2 a 0 sobre o Santo André. Fez um gol, participou do outro, se mexeu mais do que rabo de vaca. Com o cartão amarelo de Gabriel, autor do primeiro gol, Sasha será o principal atacante do Santos no clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, no Pacaembu.

Como se sabe, há poucos dias o Santo André venceu o atual campeão brasileiro. Contra o Santos, porém, o time do ABC pouco fez. Mais entrosado, focado e rápido, o Alvinegro Praiano criou mais chances e até poderia ter feito mais gols não fosse a ótima atuação do goleiro Neneca.

No meio da semana o Santos estreia na Copa Libertadores enfrentando o Real Garcilaso, no Peru. A Libertadores é a competição mais importante para o Santos, mas o duelo de domingo é o de mais rivalidade para a equipe. A semana promete.

Clique aqui para se tornar sócio do Santos


Suzana agora é Sócia

Recordo com gratidão do dia em que me associei ao Santos. Como podia um santista tão ferrenho, autor de livros sobre a história do clube, ainda não ser sócio? Acho que eu mesmo me incomodava com isso, pois fiquei muito feliz e grato por poder ajudar o time que amo quando recebi minha primeira carteirinha, datada de 29 de abril de 2006.

O responsável por minha associação foi José Carlos Peres, coordenador da subsede do Santos na Capital, próxima à avenida Pacaembu, em um imóvel de sua propriedade. Como sempre morei em São Paulo, a subsede facilitou a minha filiação, como a de muitos outros que permanecem sócios até agora.

Como torcedor eu era atuante, mas ser sócio fez com que me sentisse um santista completo. Optei por pagar a anuidade, pois assim seria mais fácil e prático manter minhas obrigações em dia, o que faço até hoje. Mas de uns tempos para cá, senti que faltava mais alguma coisa…

Minha mulher, Suzana Silva, também santista convicta, ainda não era sócia. Tratava-se de um presente que eu deveria lhe dar, mas, por essas negligências da vida, segui procrastinando… até que na manhã dessa sexta-feira, 23 de fevereiro, pude torná-la uma torcedora oficial do Santos.

Mônica, a paciente funcionária do clube, me ajudou no processo, mais fácil do que eu imaginava. E mais barato também, já que mulheres pagam metade do valor cobrado aos homens. Aproveitei e já comprei ingressos para o grande jogo contra o Corinthians, no Pacaembu.

Poucos presentes fazem um torcedor tão feliz como uma carteirinha de sócio de seu clube. A alegria no rosto de minha mulher comprovou que fiz a coisa certa. E não desembolsei nenhuma fortuna. As duas anuidades, somadas, não chegam à metade do valor de uma taxa mensal de condomínio no meu prédio.

Como tenho dito, alcançar a marca de 100 mil sócios é uma questão de honra e desencadeará um círculo virtuoso que colocará o nosso Santos em outro patamar. Se você ainda não é, fique sócio. Se já é, dê essa alegria à sua mulher e aos seus filhos. Eles também merecem se sentir santistas completos.

E se você era sócio, tornou-se inadimplente e agora quer fazer um acordo e regularizar sua situação, envie e-mail para social@santosfc.com.br

A equipe de Sylvio Novelli o ajudará a voltar a ser sócio do Santos.


O Santos acima de tudo


Chegou o lateral Dodô, a terceira contratação da gestão Peres.

A demissão do executivo de futebol Gustavo Vieira provocou muitas críticas, até de quem pedia insistentemente a demissão do dito cujo. Vai entender… Alguns frequentadores saíram do blog e criaram um grupo opositor a esta gestão. E alguns desses usam o espaço dos comentários deste blog para atrair mais correligionários ao seu grupo. Ou seja: entram aqui para tirar as pessoas daqui. E falam de ética… Realmente, tudo indica que a campanha eleitoral para 2020 já começou… Mas nada disso é importante para o Santos. O essencial é ajudar o Santos, e a melhor maneira de fazer isso é se tornar sócio do clube.

Alguns comentários do post anterior diziam coisas do tipo: “É, Odir, vai ser difícil fazer uma campanha de sócios depois da demissão do Gustavo Vieira, pois isso mostra que não há transparência nesta gestão”. Pois eu gostaria de saber o que uma coisa tem a ver com a outra. Você não ficará sócio do Santos para ajudar uma gestão, para ajudar o Peres, o Rollo, a mim ou a qualquer outro. Você ficará sócio para ajudar o Santos a crescer, a sair da enrascada em que está após décadas de gestões temerárias.

Diz um ditado: “Em casa que não tem pão, irmão briga com irmão e ninguém tem razão”. Pois qualquer santista mais perspicaz perceberá que os males atuais do clube derivam dessa escassez do vil metal. Sairemos dessa? Sim, tenho absoluta fé. Mas sairemos melhor e com mais força caso cada um de nós faça a sua parte e se associe, ou associe um filho, filha, esposa, ou ainda convença outros santistas a se associarem.

Sei que uma campanha de sócios bem articulada precisa de planejamento, benefícios, recompensas e muitas ações mais. Isso será feito pelo departamento comandado pelo dedicado Sylvio Novelli, que atende pelo e-mail social@santosfc.com.br Meu apelo não é o oficial do clube, não é a voz da gestão, é apenas o apelo de um santista que após décadas de interesse pela história do Santos, chegou à conclusão de que só o sócio salva.

A meta de 100 mil sócios, ao ser alcançada, descortinará um mundo novo de oportunidades à frente do nosso Glorioso Alvinegro Praiano. Iniciaremos um círculo virtuoso que levará nosso time e nosso clube a uma outra dimensão do futebol. Haverá saúde financeira, não faltará verba para as contratações necessárias e os críticos se calarão, ou chiarão baixinho, pelos cantos.

A perseguição cega que alguns estão empreendendo contra esta diretoria não lhes deixa ver, por exemplo, que depois de décadas o clube gastará menos do que arrecada e, no caso do futebol, já contratou os titulares Sasha e Gabigol, enquanto a última gestão trouxe jogadores à beça em 2017 e deles só Bruno Henrique virou titular. Sem contar o esquema reprovável montado nas categorias de base, nas quais só o sub-15 contava com 73 atletas, a maioria sem a mínima condição de ser jogador de futebol.

Bem, como já disse antes, respeito as críticas, principalmente as ponderadas e bem embasadas, mas percebo de longe quando querem usar esse espaço para perseguir pessoas, sem o mínimo interesse de contribuir para o crescimento do Santos. Quem age assim, obviamente, não é bem-vindo aqui. Que saia, junte-se com os seus e destile o seu veneno diariamente onde quiser e para quem se dispor a envenenar-se. Esses movimentos, porém, são interessantes e podem se tornar purificadores. Prefiro que o blog seja frequentado por quem coloque o Santos acima de tudo, nos bons e nos maus momentos, e não apenas pelos torcedores só de vitórias.

Quanto a mim, continuo o mesmo. Desde que este blog foi criado mantenho a mesma filosofia e acredito nas mesmas pessoas, entre elas aquela que hoje preside o nosso Santos. Não há comparação entre José Carlos Peres e os presidentes que o antecederam, e o tempo mostrará isso. Os árabes dizem que se a caravana parar a cada cão que ladra, não chegará a lugar algum. E queremos levar o Santos a um oásis que ele ainda não conheceu. Faço um convite apenas aos que estão dispostos a enfrentar os rigores dessa jornada.

Clique aqui para se tornar sócio do Santos


Gostou? Então jogue junto!

A vitória de 1 a 0 sobre o São Paulo, domingo, mostrou que o técnico Jair Ventura está começando a tirar o máximo do elenco. As virtudes já saltam aos olhos. O time da casa teve o chamado domínio estéril, mas o Santos jogou com mais inteligência e não só fez um gol, como até poderia fazer outros, no bendito contra-ataque.

Perceba, leitor e leitora, que Sasha e Gabigol começam a se ente nder como se fossem criados juntos. Nossa dupla de zaga é sempre um esteio, e a do clássico, Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique, foi praticamente perfeita, assim como o indefectível goleiro Vanderlei. Nas laterais, Daniel Guedes e Jean Mota deram conta do recado. Alison foi bem, assim como Vecchio. Copete lutou e Renato errou pouco.

Talvez este seja o time na Copa Libertadores, com os reforços de Bruno Henrique, Victor Ferraz e Vitor Bueno. É o que temos e para quem devemos torcer. Afinal, acima de tudo, não nos esqueçamos, somos torcedores.

Mas podemos ser mais do que isso, claro. Podemos ser sócios e ajudar o Santos a tornar-se saudável financeiramente e mergulhar em uma era de maior prosperidade. A maioria das pessoas que me cerca já se associou. Associe-se você também e convença outros santistas a fazer o mesmo.

Sócios, o caminho para a maior grandeza

Sim, o Santos pode chegar a 100, 200, 300 mil sócios e, se conseguir isso, todas as portas da fortuna e da felicidade se abrirão. Teremos estádios lotados em Santos ou São Paulo, cotas maiores de patrocínio e da tevê, com isso contrataremos mais jogadores gabaritados, testemunharemos o aumento de nossa torcida e, enfim, mergulharemos o Santos em um círculo virtuoso que não mais retornará ao passado de dívidas, carências e estádios vazios.

O bom desse plano é que só depende de nós, ou melhor, só depende de cada santista. Se em cada 30 torcedores do Santos, apenas um se associar ao clube, daremos o passo definitivo para um futuro irreversível. E não se preocupe porque desta vez você terá recompensas e benefícios, além de poder atuar diretamente na vida do Santos de qualquer lugar do planeta.

Associe-se e cobre o clube com mais força, faça valer a sua voz. Como eu disse certa vez, o santista precisa se conscientizar de que o verdadeiro torcedor é aquele que NASCE, CRESCE, FICA SÓCIO E MORRE.

Clique aqui para se tornar sócio do Santos


Older posts

© 2018 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑